conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil representa por preventiva de autor de tentativa de feminicídio contra esposa e enteada

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Um homem acusado de tentativa de feminicídio contra a esposa e a enteada teve o mandado de prisão preventiva decretado pela Justiça, após representação da Polícia Civil de Juína (735 km a Noroeste). O suspeito foi preso pela Polícia Militar, na tarde de domingo (14), quando retornou a casa das vítimas.

Lenilson Alves da Cunha, 40, tentou matar mãe e filha (de 45 e 15 anos) com golpes de faca e efetuou disparos de arma de fogo dentro da residência das vítimas.

O crime ocorreu na noite de sábado (15.06), na residência dos envolvidos, no Setor Industrial em Juína. Na ocasião, o suspeito estava ingerindo bebida alcoólica e após uma discussão com a esposa pegou uma faca e tentou desferir golpes contra a sua enteada e companheira.

As vítimas se trancaram no quarto, momento em que o suspeito começou a municiar uma arma de fogo calibre 12, enquanto proferia ofensas contra mãe e filha. Temendo a ação do suspeito, as vítimas pularam a janela do quarto e enquanto fugiam ouviram três disparos de arma de fogo.

Leia Também:  Ex-sócio do governador aparece em operação "Céu Dourado" como operador de aeronave

Após ser acionada, a equipe da Polícia Militar esteve na residência, porém não conseguiu localizar o suspeito, que foragiu logo após o crime. No local, foi verificando que os três disparos foram efetuados contra a televisão que ficava na parede, outro no aquário e o terceiro contra um cadeado.

A prisão do suspeito foi realizada na tarde de domingo (14), quando ele retornou a residência das vítimas. Com ele, os policiais apreenderam uma espingarda artesanal municiada e uma faca com lâmina de aproximadamente 20 centímetros.

O suspeito foi conduzido a Delegacia, onde após ser interrogado pelo delegado Marco Bortolotto Remuzzi, foi lavrado o flagrante por posse ilegal de arma de fogo, além de responder em inquérito policial por crime de tentativa de feminicídio praticado contra mãe e filha. Diante da violência empregada contra as vítimas, o delegado representou pela prisão preventiva do acusado, a qual foi prontamente deferida pela Justiça.

O agressor possui passagem anterior por homicídio, será encaminhado a audiência de custódia e posteriormente ao Centro de Detenção Provisória, a disposição da Justiça.

Leia Também:  Operação das polícias Civil e Militar contra o tráfico prende seis pessoas e apreende fuzil no Distrito da Guia

 

 

Fonte: PJC MT
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Policial

Polícia Civil fecha boca de fumo pela quarta vez no ano no bairro Pedregal

Publicado

Assessoria | PJC-MT

A Polícia Judiciária Civil, através da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), fechou pela quarta vez este ano, uma boca de fumo instalada no bairro Pedregal em Cuiabá. A ação realizada na terça-feira (19.11) resultou em três pessoas presas em flagrante, além da apreensão de entorpecentes e apetrechos relacionados ao tráfico.

Entre os presos está a idosa, C.L., 62, e os suspeitos, J.G.S.S. 25 e J.L.,45, todos autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Os policiais da DRE iniciaram as diligências após receberem informações da possível mercancia de drogas no endereço no bairro Pedregal, onde já foram realizados flagrantes anteriores. Logo que chegaram ao local, os policiais flagraram a cena de um motociclista  que saiu da casa e entregou  algo para uma jovem com uma criança de colo, levantando a suspeita da mercancia de drogas.

Diante das evidências, os policiais decidiram realizar a abordagem no endereço, ocasião em que os suspeitos tentaram fugir, porém foram detidos. Em buscas na casa, os policiais localizaram uma porção grande maconha e oito porções médias da mesma droga, além de duas balanças de precisão e dinheiro trocado característico da atividade de tráfico.

Leia Também:  Polícia prende 22 pessoas; apreende armas, munição e R$ 40 mil durante operação

Os três suspeitos que localizados na residência, incluindo a idosa, foram conduzidos a DRE, onde após serem interrogados pelo delegado Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico.

“Durante a ação, ficou claro que a idosa é conivente com a mercancia de drogas em sua residência, associada aos demais suspeitos para o armazenamento das substâncias ilícitas”, disse o delegado.

 

Fonte: PJC MT
Continue lendo

Policial

Enciumado, ex-agride mulher e o namorado com golpes de marreta

Publicado

A Polícia Militar prendeu A.L.S. (37 anos) por ter agredido a ex-esposa e o atual namorado dela com uma marreta, no domingo (17.11), em Rondonópolis. Ele foi preso por lesão corporal, ameaça e dano

O suspeito foi preso em casa, no bairro Mathias Neves. Os policiais chegaram até o homem depois que a ex-mulher e o atual namorado contaram à PM que A.L.S. teria invadido a residência da vítima, no bairro Jardim Três Poderes.

Segundo a mulher, o suspeito deu tapas em seu rosto e vários golpes em seu namorado, usando uma marreta de ferro.

A vítima contou ainda que era agredida constantemente pelo suspeito, que chegou a quebrar a motocicleta dela sem motivo, cerca de 15 dias atrás.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Leia Também:  Homem preso pela PM é reconhecido como autor de sete assaltos na região do CPA

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana