conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil recupera gado furtado, identifica os autores do crime e apreende armas de fogo

Publicado

Policiais civis da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), de Confresa (1.160 km a nordeste de Cuiabá), recuperaram na terça-feira (14.06), animais bovinos subtraídos na região e identificaram os autores do crime. Duas armas de fogo e várias munições também foram apreendidas.

Uma mulher de 33 anos foi autuada em flagrante por posse ou porte ilegal de arma de fogo e uso restrito ou proibido. A suspeita e mais dois envolvidos (o sogro e o companheiro da autuada) responderão por furto.

Na tarde de terça-feira (14), a Derf foi informada sobre uma ocorrência de furto de gado, ocorrido na zona rural de Confresa. Conforme informações prestadas pela vítima, os policiais civis inciaram as diligências preliminarmente.

Na ocasião foi identificada uma propriedade situada ao lado da fazenda da vítima, onde possivelmente estaria o gado subtraído.

Com base nos indícios, a equipe realizou a incursão na área e encontrou um animal com vida, e outro já abatido, porém foi ocalizado o couto jogado pela pastagem com a identificação indicando pertencer a vítima.

De acordo com o delegado Bruno Gomes Borges, ao verificar esse animal morto notou-se que este havia sido abatido através de arma de fogo.

“Imediatamente foi feita busca na residência rural e apreendidas duas armas de fogo tipo espingarda, além de diversas munições de calibre 22, 28, tudo ocultadas no interior da casa, sendo possivelmente usa delas utilizada para abater o animal”, destacou o delegado.

No local havia uma mulher, a qual também está envolvida no furto em investigação. A mesma foi conduzida para Derf interrogada e autuada em flagrante pela posse ilegal de arma de fogo, bem como responderá por furto.

Os demais envolvidos, sogro e o companheiro da autuada, que não foram localizados até o momento, serão indiciados no inquérito policial instaurado para apuração de furto. 

Após a confecção dos autos, a presa efetuou o pagamento da fiança e responderá aos crimes em liberdade.

Fonte: PJC MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Policial

Tio de 62 anos é preso pela Polícia Civil por estupro de vulnerável contra sobrinha

Publicado

Um homem investigado pela Polícia Civil pelo estupro de vulnerável contra a própria sobrinha foi preso nesta sexta-feira (01.07). O crime ocorreu na cidade de Denise e é investigado pela Delegacia de Barra do Bugres.

A Polícia Civil apurou que o investigado de 62 anos cometeu os abusos sexuais contra a vítima que atualmente está com 13 anos. Os abusos teriam iniciado quando ela tinha 10 anos.

A vítima procurou ajuda do Conselho Tutelar após assistir a uma palestra na escola sobre violência sexual, na cidade de Denise.

O fato foi registrado na Polícia Civil que deu início à investigação e apurou que, além do suspeito de 62 anos, outro tio da vítima também é investigado por cometer abusos contra a adolescente.

A partir das informações coletadas na investigação, a delegada Renata Evangelista representou pela prisão dos dois envolvidos. As buscas seguem para localizar o segundo envolvido.

O homem preso nesta sexta-feira respondeu anteriormente por outro crime de estupro.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Policial

Polícia Civil cumpre prisão preventiva de trio envolvido em diversos roubos em Várzea Grande

Publicado

Três criminosos envolvidos em diversos roubos em Várzea Grande tiveram mandados de prisão preventiva cumpridos pela Polícia Civil, nesta sexta-feira (01.07), dentro do trabalho investigativo realizado pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos do município (Derf-VG).

Os suspeitos foram identificados como autores de um roubo a residência em que uma família foi feita refém no bairro Nova Várzea Grande. O crime ocorreu no dia 22 de fevereiro, quando os criminosos invadiram a casa, rendendo o casal e as duas filhas de 03 e 07 anos, fazendo ameaças e subtraindo diversos bens.

Durante o roubo, enquanto um dos suspeitos ficou com as vítimas, as ameaçando e exigindo que fizessem transferências bancárias, os outros dois vasculhavam a casa subtraindo bens de valor, que foram colocados no veículo da vítima que também foi utilizado na fuga.

No dia 1º de março, o trio praticou um roubo a um hotel em Várzea Grande, ocasião em que foram presos em flagrante pelo crime. Na ocasião, um dos assaltantes estava em posse do celular roubado da vítima do roubo a residência.

Além dos dois roubos, os suspeitos possuem diversas passagens anteriores por crimes de roubos, furtos, associação criminosa e tráfico de drogas. Dois deles também foram identificados como autores de outro roubo a residência ocorrido no mês de janeiro em Várzea Grande.

Diante dos fatos, o delegado da Derf-VG, Maurício Maciel Pereira Junior, representou pela prisão preventiva dos suspeitos, em decorrência do envolvimento do roubo a residência em que a família foi feita refém. Os mandados foram expedidos pela Justiça e cumpridos pela equipe da Derf no presídio onde cumprem pena em decorrência dos outros crimes.

“Em virtude das investigações que apontaram o envolvimento dos investigados no roubo e de todo histórico dos suspeitos, foi representado por nova prisão preventiva, garantindo que eles permaneçam presos pela prática dos crimes”, concluiu o delegado.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana