conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil prende um dos principais alvos de investigação sobre furto e roubo de gado na região metropolitana

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Equipes da Delegacia de Roubos e Furtos de Cuiabá (Derf) cumpriram nesta terça-feira (27) a prisão preventiva contra um dos principais alvos da Operação Mahyas, deflagrada em agosto deste ano contra uma organização criminosa envolvida em roubo, furto e receptação de gado em municípios da Baixada Cuiabana.

O homem, de 46 anos, foi localizado na Capital pela equipe policial coordenada pelo delegado Ruy Guilherme Peral. Conforme investigações da Derf Cuiabá, o alvo foi identificado como o responsável pela logística de transporte, ocultação, abate e revenda da carne dos animais roubados e furtados.

A operação Mahyas foi deflagrada no início de agosto para cumprimento de 53 ordens judiciais, entre prisões, buscas, apreensões e sequestro de bens contra alvos da organização criminosa que teve atuação identificada em várias cidades da região metropolitana de Cuiabá. Durante a operação também foram suspensas as atividades comerciais de três açougues que vendiam carnes de animais provenientes de abatedouros clandestinos.

Os mandados referentes aos crimes de organização criminosa, roubo majorado e furto qualificado foram cumpridos nas cidades de Cuiabá, Várzea Grande, Nossa Senhora do Livramento, Acorizal, Jangada, Barra do Bugres e Nova Mutum. As ordens judiciais foram deferidas pela 7a Vara Criminal de Cuiabá.

As investigações da Derf Cuiabá iniciaram há aproximadamente um ano, devido à complexidade dos trabalhos na zona rural. De acordo com os levantamentos, a atuação da organização criminosa causou um prejuízo de mais de R$ 3 milhões para as vítimas.

Para praticar os crimes, o grupo criminoso rendia moradores e funcionários das propriedades, os mantendo em cárcere privado até realizarem o roubo dos animais, deixando o local somente após o gado ser desembarcado no local em que ficaria escondido.

A expressão ‘mahyas’ é uma das origens da palavra  máfia.

Fonte: PJC MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Policial

Suspeito é preso em flagrante durante operação de combate a crime ambiental em Comodoro

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Um homem suspeito da prática de crime ambiental foi preso em flagrante pela Polícia Civil junto a equipe do Corpo de Bombeiros Militar, na quarta-feira (27.10), durante ação em apoio à Operação Abafa, deflagrada na zona rural de Comodoro (644 km a oeste de Cuiabá).

Durante as diligências pela estrada do Porto Municipal, cerca de 80 quilômetros de Comodoro, os policiais avistaram uma máquina de esteira, em atividade de derrubada de vegetação sem as devidas autorizações ambientais.

As autoridades competentes já tinham conhecimento que todo o polígono do local estava sendo derrubado, sendo embargado judicialmente para recuperação vegetal. O operador da máquina foi abordado pelos policiais e não forneceu qualquer licença ambiental que autorizasse a conduta.

Questionado sobre os fatos, o suspeito disse que foi contratado por um senhor em Pontes e Lacerda para realizar a derrubada, porém que não lembrava o nome do contratante.

Diante dos fatos, o operador foi conduzido à Delegacia de Comodoro, onde após ser interrogado, foi autuado em flagrante pelo crime ambiental, Destruir ou danificar floresta considerada de preservação permanente, previsto no artigo 38 da Lei 9.605/98.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende suspeito de abusar sexualmente de filho da ex-companheira

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil em Campo Novo do Parecis, no noroeste do estado, prendeu nesta quarta-feira (27.10) um homem de 35 anos, suspeito de abusar sexualmente do filho de sua ex-companheira, uma criança de três anos de idade.

No início da semana, a avó da criança procurou a Delegacia de Campo Novo do Parecis, junto com o Conselho Tutelar, informando que a criança havia sofrido abusos. A família levou o menor de idade a um médico, que indicou indícios de crime sexual.

Imediatamente, o delegado Honório Gonçalves Neto instaurou inquérito e depois de ouvir a mãe e a avó da criança, representou à Justiça pela prisão do suspeito.

A mãe da criança terminou o relacionamento com o suspeito no último fim de semana e o abuso teria ocorrido no domingo. Na segunda-feira, o homem, que é pedagogo e foi professor em outra cidade do interior do estado, mudou de residência.

Após a decretação do mandado de prisão, os policiais civis realizaram diligências até que conseguiram localizar e prender o suspeito, que foi encaminhado à delegacia.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana