conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil prende um dos executores das mortes de policial militar e do filho dele, em Cuiabá

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil, por meio das atividades investigativas da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), cumpriu na tarde desta segunda-feira (21.06) a prisão temporária de um homem de 36 anos investigado por dois homicídios, um deles o de um policial militar da reserva, ocorrido em agosto do ano passado.

Contra o homem de 36 anos há outra investigação em andamento na DHPP que apura a morte do filho do policial militar, ocorrida em março deste ano. O mandado de prisão referente a esse segundo homicídio também foi cumprido nesta segunda-feira.

A equipe de investigação da DHPP localizou o investigado no bairro João Baracat, na região do Capão Grande, em Várzea Grande.

Crimes  

O homicídio do policial militar ocorreu na noite de 22 de agosto, quando ele chegava a sua casa, no Jardim Colorado, na Capital. Noel Marques da Silva, 52 anos, foi abordado por dois homens que dispararam contra a vítima e depois fugiram do local.

Em março deste ano, o filho do policial, Noel Marques da Silva Júnior, de 33 anos, também foi morto, no bairro Novo Tempo, em Cuiabá. A vítima foi atingida por tiros quando estava na varada de casa. Segundo relato de uma testemunha, dois criminosos invadiram a casa, quando a vítima reagiu e entrou em luta corporal com os suspeitos, mas foi atingida pelos disparos da arma de fogo, vindo a óbito.

No primeiro inquérito, presidido pelo delegado Caio Fernando Albuquerque, foram apuradas informações que apontam para o homem preso como um dos responsáveis pela morte do policial da reserva.

O segundo inquérito, instaurado em março deste ano pelo delegado Anderson Veiga investigou o homicídio de Noel Junior e apurou que o mesmo executor estava ligado às duas mortes.

O delegado Caio Albuquerque destaca o trabalho da equipe de investigação, que esteve atenta à movimentação do investigado, que mudou constantemente de endereço na tentativa de escapar da Polícia Civil. A DHPP trabalha ainda com a linha investigativa de ter ocorrido um crime de mando, fato que está sob apuração.

O investigado foi ouvido em depoimento na DHPP e depois encaminhado para apresentação em audiência de custódia da justiça.

Fonte: PJC MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Policial

Dupla é presa em Cuiabá acusada de aplicar golpes de compra e venda pela internet

Publicado

Policiais da Companhia de Motopatrulhamento Raio prenderam na noite esta sexta-feira (23), um homem e uma mulher, por estelionato, no bairro Jardim Vitória, em Cuiabá.

A equipe tinha identificado a suspeita envolvida em golpes de compra e venda pela internet. Sua conta bancária foi rastreada o que facilitou sua localização.  Rendida, contou que foi persuadida por um amigo a emprestar sua conta bancária e receberia 5% de qualquer movimentação de valores despistados.

O comparsa foi preso em uma loja de produtos pets e apontou outro homem que seria o responsável pelos golpes. Ele assumiu ter convencido a colega a participar da ação criminosa. O terceiro suspeito não foi localizado. Três celulares foram apreendidos.

Continue lendo

Policial

Dono de distribuidora em bairro nobre é flagrado recebendo carga de bebidas sem nota fiscal e leva multa de R$ 345 mil

Publicado

Flagrante ocorreu no bairro Jardim Itália. Devido à situação, a mercadoria ficará retida até ser regularizada [Foto -PMMT]

Uma equipe da Rotam apreendeu na noite desta sexta-feira (23), uma carga de bebida sem nota fiscal, no bairro Jardim Itália, em Cuiabá. Pela irregularidade, o proprietário da distribuidora foi notificado e multado em R$ 345.123,00.

A denúncia apontava que um caminhão estaria transportando uma carga roubada. No local indicado, foram abordados o motorista e o dono do estabelecimento e os policiais perceberam que a carga da bebida já tinha sido descarregada.

Questionados sobre a nota fiscal, houve contradições entre os dois homens. Foi acionado um agente da Secretaria de Estado de Fazenda que realizou uma vistoria e confirmou a irregularidade. . Devido à situação, a mercadoria ficará retida até ser regularizada.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana