conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil prende suspeitos e esclarece série de furtos em Nova Xavantina

Publicado

Assessoria | PJC-MT

A Polícia Judiciária Civil de Nova Xavantina (645 km a Leste de Cuiabá) prendeu dois jovens, na tarde de quinta-feira (07.11), apontados como autores de uma série de furtos ocorridos na cidade. Com a prisão dos suspeitos, os policiais chegaram a um receptador dos produtos furtados e identificou outros.

O suspeito A.B.O., de 29 anos, proprietário do veículo utilizado nas ações criminosas, e W.B.T., natural de Goiânia (GO), foram identificados como autores dos furtos e autuados em flagrante pelos crimes. O terceiro detido, J.R.L., 54, é acusado de adquirir os produtos ilícitos e responderá por receptação.

As investigações iniciaram após uma onda de furtos na cidade, em que o principal alvo das ações eram botijões de gás, joias, aparelhos eletroeletrônicos, entre outros produtos. Nos trabalhos, os policiais levantaram informações para identificar os autores dos crimes, bem como para recuperar os bens subtraídos.

Durante as diligências, os policiais receberam informações que em vários furtos registrados havia a participação de um veículo Fiat Uno, que dava suporte aos criminosos, e com esse levantamento os policiais identificaram os suspeitos.

Leia Também:  Polícia Civil prende suspeito de matar travesti em Sapezal

Após a prisão deles, os policiais apreenderam quatro botijões de gás, além de duas TV’s de LED e dois aparelhos celulares, sendo um terceiro suspeito conduzido pela receptação dos produtos.

Os dois autores do furto possuem diversas passagens pela Polícia. Questionados sobre a origem dos objetos, negaram a autoria dos furtos, porém por estarem com parte dos produtos roubados e por terem vendido algum deles a terceiros, foram autuados em flagrante pelo crime.

Após lavratura do flagrante, os suspeitos foram encaminhados ao Presídio Major Zuzi Alves da Silva, em Água Boa, onde permanecerão a disposição da Justiça. O receptador dos objetos pagou fiança e responderá pelo crime em liberdade.

Fonte: PJC MT
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Policial

Homem é executado com três tiros por motoqueiros em avenida do bairro CPA 4

Publicado

Vítima era morador de Várzea Grande e não tinha passagens criminais

Um homem de 30 anos foi morto a tiros quando trafegava pela avenida Mutum, no bairro CPA IV, em Cuiabá, na tarde de sábado (25). Adriano Silva Albuquerque de Amorim, 30, estava em um veículo Chevrolet Corsa quando foi abordado por dois homens em uma motocicleta. Um deles efetuou diversos tiros, sendo que três deles atingiram a vítima. Em seguida, a dupla fugiu.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) esteve no local e a equipe médica constatou o óbito. A Polícia Militar também foi acionada e deu inicio a diligências pela região, mas nenhum suspeito foi preso.

Testemunhas informaram que os assassinos já estavam rondando o local onde ocorreu o crime, o que levanta suspeita de que eles sabiam o percurso que a vítima costuma fazer.

Imagens capturadas por circuito de segurança do comércio da rua ajudaram a identificar a motocicleta usada pelos atiradores. Em checagens, foi descoberto que ela é produto de furto há alguns meses. 

Adriano era morador de Várzea Grande e não tinha passagens criminais. O crime será investigado pela Delegacia de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP).

 

Leia Também:  Duas pessoas morrem e cinco ficam feridas em colisão frontal envolvendo ônibus e carreta na BR-163
Continue lendo

Policial

Motorista é preso após transportar madeira extraída de terra indígena

Publicado

Suspeito tentou fugir da abordagem da PM, mas foi detido próximo à sua residência

Policiais militares de Campinápolis (a 648 km de Cuiabá) encaminharam à delegacia nesta sexta-feira (24), um homem suspeito de extração ilegal de madeira.

Conforme o boletim de ocorrência, os agentes realizavam patrulhamento pela área central quando viram o suspeito dirigindo um caminhão Ford F 4000, com a carroceria coberta. O homem saiu em alta velocidade quando viu a viatura.

Devido à atitude suspeita, foi solicitado ordem de parada, não obedecida. Depois de um longo trajeto de fuga, o homem parou o veículo na frente da sua residência. Ele ainda tentou correr, mas foi abordado e apresentou resistência.

Na carroceria do caminhão, os militares descobriram que a carga se tratava de 80 postes de madeira da espécie angico. O homem disse que teria pegado a carga em uma aldeia indígena.

 

 

Leia Também:  Homem acusado de estupro é preso no PR em atuação integrada das polícias civis
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana