conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil prende principal comparsa de líder do tráfico em Alto Taquari

Publicado

Uma operação com objetivo de reprimir a atuação de uma organização criminosa voltada para o tráfico de drogas e outros crimes foi deflagrada pela Polícia Civil, na manhã desta quinta-feira (16.06), em Alto Taquari.

Na ação, um traficante de 21 anos, comparsa do líder da facção foi preso em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

As investigações da Delegacia de Alto Taquari iniciaram em julho de 2021, após a operação Hidra, que desarticulou o esquema de vendas de entorpecentes na cidade. Após a operação, os criminosos se mobilizaram para dar continuidade ao comércio de entorpecentes destacando um novo gerente do tráfico na cidade.

O trabalho investigativo logo identificou o novo gerente que passou a ser monitorado pela equipe de investigadores da Delegacia de Alto Taquari junto ao seu comparsa, que foi preso em flagrante na operação.

O suspeito preso ostentava o lucro fácil com a venda de drogas, em festas que proporcionava quase diariamente, junto ao seu chefe e comparsa (que conseguiu fugir momentos antes da busca em sua residência).

Segundo as investigações, os suspeitos moravam juntos em casa de bom padrão econômico e exerciam, como forma de manterem seus negócios ilícitos fluindo, sem intervenções de terceiros, a coação física e psicológica de usuários de drogas e sociedade local.

Por meio de campana e informações de moradores do bairro, o fluxo de pessoas nesta casa era intenso, prejudicando a vida dos moradores locais.

Durante cumprimento de mandado de busca e apreensão na residência, os policiais apreenderam dinheiro trocado (R$ 283,80 em notas de R$2/R$5 e diversas moedas), rolo de plástico filme (usualmente destinado à embalagem de drogas), quase dois litros de água boricada, pote com bicarbonato (insumos para beneficiar a pasta-base de cocaína) e diversos eletrônicos e objetos geralmente recebidos em troca de dívidas de drogas (como Tvs e celulares).

Noutra casa, foi encontrada significativa quantidade de entorpecentes, Os policiais encontraram, no quintal da casa, cerca de dois quilos de maconha, pertencente aos dois que foram alvos desta operação, de acordo com informações repassadas à equipe de investigação.

O suspeito foi encontrado na casa da namorada e, em sua carteira, os policiais encontraram uma porção de maconha. Questionado, ele não negou que morava na casa, alvo da operação.

Diante dos fatos, ele foi conduzido à Delegacia de Alto Taquari, onde após ser interrogado foi autuado em flagrante pela delegada. Michele Castro Reis de Siqueira, pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico, sendo representado pela conversão da prisão em flagrante em prisão preventiva.

O preso foi transferido para a cadeia pública de Alto Araguaia e passará por audiência de custódia, estando à disposição do Judiciário.

Fonte: PJC MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Policial

Adolescente de 13 anos que desapareceu após deixar residência em Várzea Grande é localizada em Cáceres

Publicado

Menor estava desaparecida desde a última sexta feira e foi encontrada esta manhã

A Polícia Civil, por meio do Núcleo de Pessoas Desaparecidas (NPD) da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), localizou a adolescente Luana Sthefany de Souza Pinto, de 13 anos, que estava desaparecida desde a última sexta-feira (1), quando deixou sua residência em Várzea Grande e não deu mais notícias aos familiares.

A adolescente foi encontrada em via pública no município de Cáceres e encaminhada para a Delegacia do município, onde aguarda a equipe de policiais do Núcleo de Desaparecidos para trazê-la de volta para casa.

O boletim de ocorrência foi registrado na sexta-feira, mesmo dia do desaparecimento da menor, sendo imediatamente iniciadas as diligências para localizar a menina. Segundo as informações, a menor saiu de casa por volta de 12h30, não voltou mais e estava com o celular desligado.

Durante as diligências para apurar o desaparecimento, os policiais do NPD conseguiram informações que apontavam que a menor estava na cidade de Cáceres, solicitando apoio da Polícia Civil do município para a sua localização, sendo a adolescente encontrada na manhã desta quinta-feira (7).

A menor será trazida de volta para Cuiabá, onde será ouvida para esclarecimento dos fatos e possível identificação de envolvidos no seu desaparecimento.

Continue lendo

Policial

Adolescente desaparecida de Várzea Grande é localizada pela Polícia Civil

Publicado

A Polícia Civil, por meio do Núcleo de Pessoas Desaparecidas (NPD) da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), localizou a adolescente Luana Sthefany de Souza Pinto, de 13 anos, que estava desaparecida desde a última sexta-feira (01.07), quando deixou sua residência em Várzea Grande e não deu mais notícias aos familiares.

A adolescente foi encontrada em via pública no município de Cáceres e encaminhada para a Delegacia do município, onde aguarda a equipe de policiais do Núcleo de Desaparecidos para trazê-la de volta para casa.

O boletim de ocorrência foi registrado na sexta-feira (1º), mesmo dia do desaparecimento da menor, sendo imediatamente iniciadas as diligências para localizar a menina. Segundo as informações, a menor saiu de casa por volta de 12h30, não voltou mais e estava com o celular desligado.

Durante as diligências para apurar o desaparecimento, os policiais do NPD conseguiram informações que apontavam que a menor estava na cidade de Cáceres, solicitando apoio da Polícia Civil do município para a sua localização, sendo a adolescente encontrada na manhã desta quinta-feira (07).

A menor será trazida de volta para Cuiabá, onde será ouvida para esclarecimento dos fatos e possível identificação de envolvidos no seu desaparecimento.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana