conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil prende pai por estuprar e engravidar a filha de 11 anos

Publicado

Assessoria | PJC-MT

A Polícia Judiciária Civil cumpriu mandado de prisão contra L.M.R, 35 anos, acusado de estuprar a filha de 11 anos. A prisão foi efetuada na manhã de segunda-feira (01.04). O mandado de prisão temporária foi expedido pela Comarca de Porto Alegre do Norte, após solicitação da Polícia Civil de Confresa, que recebeu a denúncia feita pela mãe da menina em fevereiro deste ano. 

Segundo as investigações, o suspeito manteve relações sexuais com a filha de 11 anos de idade, que em conseqüência do ato engravidou.  O fato teria ocorrido em janeiro deste ano, quando a menor foi para cidade de Confresa passar as férias escolares com o pai biológico. 

A mãe da menor denunciou o ex-marido na Delegacia de Nova Xavantina, local onde reside com a filha. Ela contou que a filha foi no final de dezembro de 2018 passar as férias com o pai, que mora em Confresa, e que no começo de janeiro ligou chorando pedindo para buscá-la.
Como o local dos fatos foi o município de Confresa, o caso foi repassado à Polícia Civil local que passou apurar a ocorrência.  

Leia Também:  Polícia Civil prende dois por tráfico de drogas com pagamento via cartão

Diante da gravidez indesejada foi pleiteado junto ao Poder Judiciário o interrompimento da gravidez, que foi acatado pela Justiça, sendo imediatamente interrompida a gestação que estava indo para o terceiro mês. Durante o procedimento foi coletado material biológico do feto para posterior confronto de DNA, visando a  comprovação do estupro seguido de gravidez. 

Em razão da gravidade dos fatos, o delegado André Rigonato representou pela prisão temporária do suspeito junto à Comarca de Porto Alegre do Norte, que determinou a prisão do acusado. 

Em interrogatório na Polícia Civil, o suspeito (L. M. R) negou a autoria do crime e autorizou, durante o exame de corpo delito, a coleta de material genético para confronto de DNA com o material retirado do feto, que deverá apontar se ele realmente  é o pai da criança e autor do estupro.
O suspeito foi encaminhado para a Cadeia Pública de Porto Alegre do Norte, para cumprimento da prisão temporária de 30 dias, podendo ser prorrogada por mais 30. 
 

Fonte: PJC MT
Leia Também:  Polícia Civil recupera veículo furtado de locadora de veículos em SP
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Policial

PRF prende dupla suspeita de aplicar golpe em locadora

Publicado

Hilux havia sido locada em São Paulo em novembro e não foi devolvida à empresa

Uma Hilux, subtraída de uma locadora de São Paulo, foi recuperada ontem (22), em Cáceres/MT, pela PRF (Polícia Rodoviária Federal). Dois homens foram presos pelo crime de receptação.

Agentes da PRF faziam fiscalizações na BR-070 quando decidiram parar o veículo, ocupado por dois rapazes. Ao ser questionado sobre a procedência da caminhonete, o motorista de 27 anos alegou que havia sido alugada por um amigo morador de Maranhão, o qual nem sabia o nome.

Os policiais então entraram em contato com a locadora e descobriram que o veículo havia sido locado e não devolvido no prazo, que venceu em novembro de 2019, por isso, a empresa registrou boletim de ocorrência.

O condutor e o passageiro, de 19 anos, foram presos e encaminhados à Polícia Civil de Cáceres pelo crime de receptação.

Neocleciana Gonçalves – SECOM PRF MT

Fonte: PRF MT
Leia Também:  Duas mulheres e um homem são presos por tráfico de drogas em ações na Capital
Continue lendo

Policial

Policial Militar acusado de atirar em mulher já foi denunciado por extorsão

Publicado

O policial militar Weberth Batista Ribeiro, um dos suspeitos de atirar em uma mulher, na noite de sexta-feira (17), no município de Sorriso, já responde a denúncia criminal oferecida pelo Ministério Público do Estado de Mato Grosso, em novembro do ano passado, pela prática de extorsão. Na ocasião, a Promotoria de Justiça representou pela prisão temporária do acusado e depois pela conversão em preventiva. Ele chegou a ser preso, mas posteriormente foi colocado em liberdade.

Consta na denúncia que o policial realizou campanas nas proximidades da residência e estabelecimento comercial de um empresário também da cidade de Sorriso para intimidá-lo a efetuar o pagamento de R$ 45 mil. Ele chegou a invadir o estabelecimento comercial da vítima, desferiu um soco em uma câmera de segurança e na sequência passou a pressioná-la fazendo ameaças com expressões provocativas e sugerindo estar armado. Toda a ação foi gravada pelo circuito interno.

Além dele, foram denunciadas outras duas pessoas, incluindo o gerente de uma rede de supermercados do município.

Leia Também:  Polícia Civil prende traficante flagrado com dois quilos de maconha em Confresa

INQUÉRITO: No âmbito cível, o Ministério Público instaurou duas portarias para investigar a prática de atos de improbidade administrativa contra o policial militar. A primeira refere-se aos fatos relacionados à extorsão de comerciante para cobrança de dívida, e a segunda sobre as agressões físicas e tentativa de homicídio. Nesse último caso, além dele, também está sendo investigado o policial Ezio Souza Dias.

A tentativa de homicídio ocorrida em Sorriso foi registrada por uma câmera de vídeo, cujas imagens viralizaram em todo o país. As cenas mostram a abordagem, o crime e o socorro às vítimas.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana