conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil prende obreiro de igreja acusado de estupro de vulnerável

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Um homem que atuava como obreiro em uma igreja evangélica em Cuiabá foi preso pela Polícia Judiciária Civil, por meio da Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica), na manhã desta segunda-feira (17.06), na Capital. O suspeito é acusado de crime de estupro de vulnerável.

J.T.M. de 64 anos, foi detido após descobrimento de um mandado de prisão preventiva em aberto (condenação com pena de seis anos de reclusão) pelo crime de estupro, decretado pela 2ª Vara Criminal da Comarca de Cuiabá. Além desse cumprimento, o mesmo foi autuado em flagrante por estupro de vulnerável, cometido contra uma menina de 7 anos.

Conforme apurado, na noite de domingo (16.06) os irmãos da congregação chamaram o pastor e comunicaram que um frequentador da igreja, localizada no bairro Cidade Alta, abusou sexualmente de uma criança de sete anos que participava de atividades evangélicas.

Após ciência os fatos e visando tomar providências, o pastor acompanhou o suspeito na manhã desta segunda-feira (14) até a Deddica para esclarecimentos dos fatos. Na ocasião, J.T.M. foi ouvido e negou as acusações.

No entanto, durante buscas no sistema foi localizado uma ordem de prisão preventiva expedida em desfavor do suspeito pelo crime de estupro. Questionado, ele confirmou o estupro referente a esse mandado, porém alegou que não sabia da condenação.

Ato contínuo os investigadores da Deddica foram até a residência da vítima de 7 anos, onde em conversa com a mãe da menina foram confirmados os fatos. Conforme relato da menor, o abuso aconteceu quando a menina foi até o bebedouro de água, onde o suspeito a segurou pelo braço e acariciou as suas partes íntimas. 

Diante das informações, a menina foi conduzida à Deddica e atendida pela equipe psicossocial da Especializada, ficando comprovado os abusos. Com base nos indícios de crime e provas de autoria, o suspeito foi autuado em flagrante pelo estupro de vulnerável. 

Após a confecção dos autos, o acusado será apresentado para audiência de custódia no Fórum de Cuiabá, ficando à disposição da Justiça. As investigações continuam com intuito de identificar outras possíveis vítimas do suspeito.

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Policial

Carreta de Várzea Grande com 11 toneladas de maconha avaliadas em R$ 110 milhões é apreendida em MS

Publicado

Após a abordagem, motorista do caminhão conseguiu fugir a pé

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu neste domingo (28) 11 toneladas de maconha em Ponta Porã (MS). A carga estava em uma carreta com placas de Várzea Grande. Os patrulheiros calculam que o carregamento esteja avaliado em R$ 110 milhões. Os policiais rodoviários fiscalizavam o km 68 da BR-463, quando abordaram um caminhão Scania/T112, com placas de Várzea Grande, acoplado a um reboque.

O motorista, de 47 anos, entregou os documentos pessoais e a nota fiscal da carga de soja. Desconfiados de que algum ilícito estivesse escondidos sob a soja, a equipe solicitou ao condutor que retirasse a lona do reboque.

Neste momento, ele fugiu correndo pé e entrou em um milharal nas proximidades. Buscas foram realizadas, porém ele não foi localizado. As onze toneladas do entorpecente e os veículos foram encaminhados para a Polícia Federal em Ponta Porã (MS).

 

Continue lendo

Policial

Ladrões furtam mais de 2 mil metros de fiação do Parque das Águas e causam prejuízo de R$ 300 mil à prefeitura

Publicado

O valor engloba, além de toda a fiação, a parte de tubulação e quadro de energia que também foram danificados

Por meio de sua equipe administrativa do Parque das Águas, a Prefeitura de Cuiabá identificou na manhã desta segunda-feira (29) o furto de cerca de 2,2 mil metros de cabeamento do espaço de lazer. Conforme levantamento inicial do Município, o ato de vandalismo contra o patrimônio público gerou um prejuízo de aproximadamente R$ 300 mil.

O valor engloba, além de toda a fiação, a parte de tubulação e quadro de energia que também foram danificados e precisarão ser refeitos. Somado a depredação já efetuada, o monitoramento constatou ainda escavações próximas a postes de iluminação instalados em outros setores do parque, como se o local já estivesse sendo preparado para novas ações.

O Município não consegue precisar o momento exato do ocorrido, mas acredita que tenha sido executado durante o fim de semana. Um Boletim de Ocorrência (B.O) já foi lavrado para apuração do caso. Paralelamente, a Empresa Cuiabana de Limpeza Urbana (Limpurb) também dará início ao processo de aquisição de novos materiais para a realização do reparo.

“Temos os guardas no local, porém, com toda razão, eles se sentem inibidos a atuar nesse tipo de situação. Por isso, pedimos o apoio da Polícia Militar. Também contamos com a ajuda da população e pedimos que utilize o 190 para denunciar. A Prefeitura tem trabalhado para vencer a Covid-19, mas infelizmente tivemos esse prejuízo”, explica o titular da Limpurb, Anderson Matos.

No enfrentamento a pandemia do novo coronavírus (Covid-19), a Prefeitura tem adotado uma série de medidas para proteger a saúde da população. Uma dessas ações foi o desligamento da iluminação do parques, visando evitar aglomerações e inibir o contágio do vírus. Todavia, denúncias apontam que a marginalidade tem se aproveitado da situação para cometer atos ilícitos.

“Tivemos que tomar esse decisão, já que uma boa parte da população não estava obedecendo a recomendação do isolamento. Infelizmente, a marginalidade tem aproveitado para praticar esse e outros atos, como o consumo de drogas no local. Faço um apelo às forças de segurança, que tem sido uma grande parceira, para dar uma atenção especial a esse local”, comenta o prefeito Emanuel Pinheiro.

 

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana