conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil prende homem que transportava 200 aves silvestres em bagageiro de ônibus interestadual

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Um homem que transportava aproximadamente 200 pássaros de forma irregular, dentro de um ônibus interestadual, foi preso em flagrante pela Polícia Civil, durante checagem de denúncia realizada pela equipe da Delegacia Especializada de Meio Ambiente (Dema). A abordagem do suspeito, de 58 anos, foi realizada na Rodoviária de Cuiabá.

As diligências que resultaram na prisão do suspeito iniciaram após denúncia que relatava que uma pessoa que vinha do estado do Pará com destino a Barra do Garças estava transportando as aves silvestres de forma irregular, no bagageiro do ônibus interestadual.

Diante da denúncia, os policiais da Dema foram até a rodoviária da Capital, onde fizeram a abordagem do ônibus, constatando a veracidade da denúncia. Os pássaros eram transportadas em grupos dentro de gaiolas, sendo que algumas aves já estavam mortas devido ao pequeno espaço, calor (uma vez que estavam fechados em sacolas plásticas) e falta de água.

Com informações do passageiro responsável pelos pássaros, os policiais fizeram a abordagem do suspeito, que confirmou que as aves eram suas. Questionado sobre os documentos referente às aves, ele respondeu que não possuía e confessou que estava transportando aproximadamente 200 pássaros, canário da terra.

Diante da situação, os policiais fizeram o resgate das aves e o suspeito foi conduzido à Dema, onde foi autuado em flagrante por crime ambiental. “O transporte e o comércio ilegal de pássaros, além do sofrimento e a morte da ave, causa um desequilíbrio na natureza”, disse a delegada titular da Dema, Liliane Murata.

Fonte: PJC MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Policial

Camionete levada de vítimas em Lucas do Rio Verde é recuperada pela Polícia Civil

Publicado

Uma camionete e pertences roubados de uma família em Lucas do Rio Verde foram recuperados na quinta-feira (19) e três suspeitos do crime autuados em flagrante por roubo qualificado.

O roubo ocorreu no início da noite de quarta-feira, quando os três criminosos chegaram à chácara, na BR-163 e armados, renderam as vítimas e levaram objetos pessoais, dinheiro e uma camionete Toyota Hillux branca.

Os três suspeitos foram localizados pela PM e conduzidos para a delegacia de Lucas do Rio Verde, onde o flagrante foi lavrado e encaminhado ao Poder Judiciário. Os três foram autuados por roubo qualificado.

Após investigações, uma equipe da Delegacia de Lucas do Rio Verde apreendeu a camionete Hilux roubada em uma residência. No interior do veículo havia pertences subtraídos, como um notebook e um DVR e foi recuperada também uma espingarda de pressão levada das vítimas.

O veículo foi localizado numa região de mata, próxima a uma plantação de milho, a cerca de 200 quilômetros da cidade.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Policial

Suspeito é preso em flagrante após aplicar golpe em casal na venda de consórcio de imóvel

Publicado

Um suspeito de aplicar um golpe na venda de um consórcio para aquisição de imóvel contra um casal em Sinop foi preso em flagrante nesta sexta-feira (20) pela equipe da Delegacia da Polícia Civil do município.

As vítimas procuraram a Polícia Civil e relataram que adquiriram um consórcio de uma empresa e foram atendidos pelo suspeito, que fez toda tramitação e negociou uma carta de crédito no valor de R$ 170.000,00 para a aquisição de um imóvel. Para dar continuidade ao negócio, as vítimas receberam a informação que necessitavam dar R$ 55 mil de entrada. Assim, o casal ofertou um veículo e mais um valor em dinheiro para a entrada.

O suspeito pediu que as vítimas passassem o valor em dinheiro para uma conta de uma pessoa jurídica. Posteriormente, a Polícia Civil apurou que o dono dessa empresa possui vários boletins de ocorrências registrados em outros estados pelo mesmo tipo de golpe.

Após fazer o depósito e conversar com a proprietária da casa que desejavam adquirir, o casal foi alertado de que poderia ser um golpe. As vítimas procuraram o banco, onde o suspeito informou que o contrato de crédito seria feito. A agência bancária informou que não havia nenhum convênio com a empresa indicada o contrato também não tinha nenhuma cláusula  que indicasse o banco como fornecedor desse serviço.

Nesta sexta-feira, as vítimas fariam a transferência do veículo para o suspeito para finalizar a negociação.

A equipe policial coordenada pelo delegado Paulo César Brambila fez o monitoramento e após a caracterização do flagrante de estelionato, com a entrega da chave do veículo, o suspeito de 25 anos recebeu voz de prisão e foi encaminhado à delegacia para ser ouvido e autuado.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana