conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil prende homem que invadiu casa e ateou fogo nos bens de ex-companheira

Publicado

Um homem que invadiu a casa da ex-convivente e ateou fogo em seus pertences foi preso em flagrante pela Polícia Civil, no domingo (22.05), em ação rápida da equipe do Plantão de Atendimento a Vítimas de Violência Doméstica e Sexual de Cuiabá.

O suspeito, de 37 anos, foi autuado em flagrante pelos crimes de ameaça e dano no âmbito da violência doméstica. Ele foi preso pelos policiais civis plantonistas que logo após receber as informações dos fatos, iniciaram as diligências, conseguindo localizar o agressor no bairro Bosque da Saúde II, região do antigo Barro Duro.

A vítima compareceu no Plantão de Atendimento a Vítimas de Violência Doméstica e Sexual, ocasião em que apresentou diversas fotos, demonstrando a gravidade dos fatos, e também relatando sobre a agressividade do suspeito, suas ameaças e danos causados à residência.

Após ser detido o suspeito foi encaminhado ao plantão, onde após ser interrogado, foi atuado pelos crimes de ameaça e dano qualificado, sendo o flagrante encaminhado ao Poder Judiciário. A vítima solicitou medidas protetivas de urgência a fim de resguardar a integridade física e psicológica dela e dos filhos.

Segundo o delegado, Vinícius Nazário, a atuação rápida dos policiais do plantão trouxe a tranquilidade necessária para a vítima, que estava muito abalada com os atos praticados pelo agressor. “A vítima apresentava intenso abalo emocional e temor de retornar para o próprio lar e se deparar com o ofensor”, disse o delegado.

Fonte: PJC MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Policial

Polícia Civil prende autor de feminicídio poucas horas depois de cometer o crime

Publicado

O autor do feminicídio que vitimou uma jovem de 23 anos, na madrugada de sábado (02.07), em Tapurah (433 km a médio norte de Cuiabá), foi preso pela Polícia Civil nas diligências ininterruptas para apurar o crime.

O suspeito de 36 anos foi autuado em flagrante por homicídio qualificado (feminicídio). A vítima, Letícia Maria da Silva, foi atingida por golpes de faca desferidos pelo marido, motivado por ciúmes.

O crime ocorreu no bairro São Cristovão, na frente dos filhos e de um casal de amigos. Em seguida o autor fugiu da casa levando a filha de 4 anos e um adolescente de 15 anos, e conseguiu apoio de terceiros para se esconder.

Durante toda a madrugada foram realizadas diligências para identificar o paradeiro do suspeito, quando no início da manhã de sábado, o procurado foi surpreendido com os filhos em frente de uma casa.

No momento em que avistou a equipe, o suspeito correu para um milharal próximo do local, deixando as crianças para trás. Ao escapar do cerco policial, ele voltou para a cidade e adentrou em outro imóvel para se esconder.

Porém, foi novamente encontrado e novamente fugiu para o milharal. Somente depois de realizados disparos de advertência, e já no meio da plantação de milho, o suspeito se entregou.

O homem foi conduzido para Delegacia de Tapurah, interrogado pelo delegado Guilherme Pompeo, e autuado em flagrante por homicídio qualificado em feminicídio.

Após a confecção dos autos, o preso foi apresentado e colocado à disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Policial

Investigado por atear fogo em casa de ex-companheira com a família dentro é preso em Brasnorte

Publicado

Um homem procurado pela Polícia Civil em Brasnorte pelos crimes de lesão corporal e por causar incêndio na residência da ex-companheira teve o mandado de prisão cumprido na última sexta-feira (01.07). 

O investigado, de 37 anos, estava com a prisão preventiva decretada pelo juízo da Comarca de Brasnorte após representação encaminhada pelo delegado do município, Eric Fantin. 

O crime ocorreu no dia 27 de maio, quando o investigado, após uma noite de agressões físicas e verbais contra a vítima, ateou fogo na residência, onde também estavam outras pessoas, inclusive, uma criança. As vítimas conseguiram sair do local a tempo. 

Vizinhos acionaram a polícia e um caminhão-pipa foi usado para combater as chamas, mas a casa foi totalmente destruída pelo fogo. A ex-companheira do autor do crime necessitou ser hospitalizada em função das agressões sofridas. 

Após cometer o crime, o investigado confessou, por um aplicativo de mensagens, o crime e disse ainda que “se pegar depois fora do flagrante já era … não dá nada mais”. 

A prisão preventiva do autor foi decretada e desde a data do crime ele estava foragido, até que na sexta-feira, após buscas realizadas pela equipe da Delegacia de Brasnorte, ele se apresentou na unidade e teve cumprido o mandado de prisão.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana