conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil prende casal com Corolla e Hilux SW4 roubados em Pontes e Lacerda

Publicado


.

Assessoria | PJC-MT

Mais dois veículos produtos de crimes, entre eles um Toyota Corolla e ums HIlux SW4, foram recuperados em Pontes e Lacerda (448 km a oeste de Cuiabá), na quarta-feira (01.04), durante ação da Polícia Civil visando o combate a criminalidade na região de fronteira.

Duas pessoas, um homem de 33 anos e uma mulher de 26 anos, foram autuados em flagrante pelos crimes de receptação, adulteração sinal identificador de veículo automotor, desobediência e conduzir veículo sem possuir CNH.

Os policiais civis coordenados pela delegada  Lizzia Ferraro, realizavam diligências e barreira fixa com emprego de viatura na Estrada do Matão MT 343 – Ponte do Rio Alegre, região usada por criminosos para trafegar com automóveis roubados/furtados com destino a Bolívia, quando avistaram os dois veículos em atitudes suspeitas.

O homem conduzia o Corolla e a mulher dirigia o veículo SW4. Logo que o condutor do Corolla percebeu a presença da Polícia Civil tentou fugir, porém os dois carros foram parados. Na checagem, foi verificado que o Corolla apresentava sinais de adulteração levantando suspeitas de se tratar de veículo roubado ou furtado. 

Já o segundo carro (SW4) era conduzido pela suspeita que não tinha habilitação (documento CNH), bem como apresentava também adulteração do número do chassi e não possuía o documento CRLV. Em vistoria minuciosa foi confirmado que o SW4 era proveniente de um roubo ocorrido na cidade de Arenápolis.

Diante dos fatos, o casal foi conduzido para Delegacia de Polícia de Pontes e Lacerda, interrogado e autuado em flagrante pelos crimes de receptação, adulteração de sinal identificador de veículo automotor, desobediência e conduzir veículo sem possuir CNH.

Fonte: PJC MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Policial

Operação Tamoio: PRF apreende maconha e skunk em Rondonópolis/MT

Publicado


.

Droga estava em mala no compartimento de bagagem de ônibus e foi encontrada com auxílio de cão farejador

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu cerca de 20,5 kg de droga na tarde desta quinta-feira (28), em Rondonópolis. A apreensão foi em decorrência da Operação Tamoio e contou com o auxílio do cão farejador, Rango.

Durante fiscalização na BR-163, a equipe da PRF abordou o ônibus Volvo/Mpolo Paradiso que fazia o itinerário de Foz do Iguaçu/PR à Sinop/MT. Ao utilizar o cão para buscar drogas no compartimento de bagagens, o canino apontou para uma mala onde estavam aproximadamente 10,380 kg de maconha e 10,290 kg de skunk (também conhecida como super maconha).

Os policiais conferiram a identificação da bagagem e constataram que ela pertencia a duas mulheres (20 e 28 anos), que admitiram serem as proprietárias da droga. Contaram aos policiais que compraram a droga em Dourados/MS e que a levariam até Cuiabá/MT.

A ocorrência foi encaminhada para a Polícia Federal em Rondonópolis/MT.

SECOM PRF MT

Fonte: PRF MT

Continue lendo

Policial

Policiais civis prendem em flagrante suspeito por homicídio ocorrido em Guarantã do Norte

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil de Guarantã do Norte (715 km ao norte de Cuiabá) prendeu em flagrante, nesta quarta-feira (28), um suspeito pelo homicídio de um rapaz de 35 anos, ocorrido durante a madrugada.

A Delegacia da Polícia Civil de Guarantã foi acionada no início da madrugada desta quarta-feira sobre uma pessoa que estava caída na Avenida Pioneiro José Nelson Coutinho, paralela à BR-163. No local, a equipe policial constatou que a vítima já se encontrava sem vida e tinha ferimento no peito de arma perfuro cortante.

Com início da investigação, os policiais apuraram que a vítima, morador da cidade, estava apenas de cueca e camisa e próximo ao local foi encontrada uma peça íntima feminina. Durante as diligências, os investigadores verificaram que a vítima estava, na noite anterior, bebendo em um bar junto com um casal e que houve pequenos desentendimentos entre o suspeito e a vítima.

Em buscas pelo casal, a equipe de investigadores localizou um caminhão parado em uma oficina mecânica para conserto. No interior do veículo estava o casal que, em entrevista aos policiais, negou o crime e afirmou que não sabia de nada. Os dois negaram, inclusive, que teriam estado com a vítima na noite anterior. Porém, com base nas divergências apuradas e indícios existentes, a equipe deu voz de prisão aos dois.

Na unidade policial, em entrevista preliminar com o delegado Waner dos Santos Neves, a mulher do suspeito, de 26 anos,  acabou confessando que seu marido matou a vítima porque esta havia lhe cantado. O suspeito, de 48 anos, apresentou versão diferente para o crime, dizendo que não conhecia a vítima que se sentou à mesa em que ele estava com sua esposa. Ainda segundo o suspeito, a vítima começou a desrespeitar sua esposa e por isso resolveram ir embora para seu caminhão.

O suspeito afirmou que estava preparando o jantar, quando a vítima apareceu com uma barra de ferro na mão quando, para se defender, segurou a faca e a vítima teria se chocado contra o instrumento e saído correndo. Nem o suspeito ou a esposa souberam explicaram porque a vítima foi encontrada vestida somente com a roupa íntima e nem sobre o sutiã encontrado na cena do crime.

Considerando as evidências, o delegado determinou o auto de prisão em flagrante do suspeito pelo crime de homicídio qualificado, cuja pena de reclusão é de 12 a 30 anos.  

O corpo da vítima foi encaminhado para necropsia e liberado após conclusão dos trabalhos periciais.

 

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana