conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil prende autor de feminicídio em Confresa

Publicado

A Policia Civil prendeu o autor do femimicídio ocorrido na noite de sábado (30.04), no município de Confresa (1.160 km ao nordeste de Cuiaba). O suspeito, de 25 anos, foi localizado pelos policias civis na tarde deste domingo (01.05).

Rosiane Pereira da Silva, 31 anos, foi atingida por golpes de faca e encontrada na noite de sábado (30), em uma quitinete no centro da cidade de Confresa. A vítima foi socorrida ainda com vida, no entanto, não resistiu aos ferimentos e foi a óbito.

Logo que acionados para atender a ocorrência, os policias civis de Confresa passaram a diligenciar para localizar o principal suspeito do crime, que foi encontrado em menos de 24 horas após o crime. Ao ser abordado na casa de um parente, no bairro Vila 2000, o suspeito que é primo de primeiro grau da vítima, assumiu o crime. Ele contou que possuía um relacionamento amoroso com Rosiane há cerca de 1 ano. 

O crime

No sábado, ambos estavam na casa de um familiar consumindo bebidas alcoolicas, quando iniciou um discussão entre o casal.

O homem narrou que foi embora para a quitinete e, após certo tempo, Rosiane chegou no local e começaram outra discussão. O suspeito pegou uma faca e desferiu golpes na vítima. Após cometer o crime ele fugiu.

Depois de detido o autor do feminicídio foi conduzido até a Delegacia de Confresa, interrogado e autuado pelo homicídio qualificado. Após a confecção dos autos, o preso será apresentado e colocado à disposoção da Justiça.

Fonte: link

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Policial

Empresário é preso em Cuiabá por estuprar menor de 17 anos filha da namorada; vítima estava bêbada

Publicado

Um empresário do mercado financeiro, suspeito de estuprar a filha de sua namorada, teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Civil, na manhã desta terça-feira (5), dentro de investigação realizada pela Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica).

O suspeito de 37 anos aproveitou o fato que a vítima de 17 anos estava sob o efeito de álcool para praticar o estupro e estava com a prisão decretada pela Justiça com base nas investigações da Deddica pelo crime de estupro de vulnerável. Ele possui passagens anteriores por crimes de ameaça e violência doméstica.

O fato ocorreu no dia 11 de maio após o suspeito, a namorada e a menor passarem a noite ingerindo bebida alcoólica em um bar da Capital. No final da noite, ocorreram desentendimentos entre a filha, a mãe e o namorado, ocasião em que a mulher foi embora com um casal de amigos.

O suspeito levou a vítima para casa dele e aproveitou o estado de embriaguez da menor para manter relação sexual com ela. Dias depois, ele entrou novamente em contato com a vítima, e pediu para buscá-la na escola, perguntando se ela estava arrependida e que não era para contar para ninguém.

Após saber dos fatos, a mãe da menor procurou a Polícia e também foi até a casa do namorado para buscar seus pertences, ocasião em que foi ameaçada pelo suspeito, que possui uma arma de fogo.

Assim que a equipe da Deddica foi acionada, iniciou as investigações e intimou o suspeito na época dos fatos para comparecer a delegacia, porém ele não foi localizado. Diante das evidências, foi representado pelo mandado de prisão preventiva do investigado, que foi deferido pela Justiça.

O suspeito se apresentou na manhã desta terça-feira (05) na Deddica, ocasião em que estava com o mandado de prisão preventiva decretado pela Justiça, o qual foi devidamente cumprido.

 

Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende empresário suspeito de estuprar adolescente filha de namorada

Publicado

Um empresário do mercado financeiro, suspeito de estuprar a filha de sua namorada, teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Civil, na manhã desta terça-feira (05.07), dentro de investigação realizada pela Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica).

O suspeito de 37 anos aproveitou o fato que a vítima de 17 anos estava sob o efeito de álcool para praticar o estupro e estava com a prisão decretada pela Justiça com base nas investigações da Deddica pelo crime de estupro de vulnerável. Ele possui passagens anteriores por crimes de ameaça e violência doméstica.

O fato ocorreu no dia 11 de maio após o suspeito, a namorada e a menor passarem a noite ingerindo bebida alcoólica em um bar da Capital. No final da noite, ocorreram desentendimentos entre a filha, a mãe e o namorado, ocasião em que a mulher foi embora com um casal de amigos.

O suspeito levou a vítima para casa dele e aproveitou o estado de embriaguez da menor para manter relação sexual com ela. Dias depois, ele entrou novamente em contato com a vítima, e pediu para buscá-la na escola, perguntando se ela estava arrependida e que não era para contar para ninguém.

Após saber dos fatos, a mãe da menor procurou a Polícia e também foi até a casa do namorado para buscar seus pertences, ocasião em que foi ameaçada pelo suspeito, que possui uma arma de fogo.

Assim que a equipe da Deddica foi acionada, iniciou as investigações e intimou o suspeito na época dos fatos para comparecer a delegacia, porém ele não foi localizado. Diante das evidências, foi representado pelo mandado de prisão preventiva do investigado, que foi deferido pela Justiça.

O suspeito se apresentou na manhã desta terça-feira (05) na Deddica, ocasião em que estava com o mandado de prisão preventiva decretado pela Justiça, o qual foi devidamente cumprido.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana