conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil localiza corpo de adolescente que estava desaparecido há um mês

Publicado


.

Assessoria | Polícia Civil-MT

Após um mês do desaparecimento de um adolescente em Alta Floresta (803 km a norte de Cuiabá), a Polícia Civil do município localizou o corpo do menor na tarde desta quinta-feira (21.05) e confirmou se tratar de um crime de homicídio. 

As diligências iniciaram no dia 21 de abril, após registro da ocorrência de desaparecimento na Delegacia de Alta Floresta, pela mãe do adolescente. Nas investigações, a polícia apurou que Renan Jonatas Ramos fazia parte de uma organização criminosa atuante na região e foi morto, supostamente, por seus comparsas.   

Os trabalhos conduzidos pela equipe de policiais civis da Divisão de Homicídios, com apoio das Divisões de Entorpecentes e de Roubos e Furtos da Delegacia de Alta Floresta, identificaram a existência de um possível decreto de morte do adolescente, estabelecido pela principal liderança da associação junto a seus “conselheiros”. 

Durante os 30 dias de checagens de informações, a Polícia Civil obteve indícios confirmando a linha investigava sobre o homicídio planejado pela facção como forma de punição ao adolescente por ele ter evitado a morte decretada de outro comparsa, que fugiu da cidade de Alta Floresta após ser avisado pela vítima. 

Desde então, as equipes da Polícia Civil realizaram diligências em busca do paradeiro do corpo do adolescente e do local exato da execução. O corpo foi encontrado em avançado estado de decomposição na estrada Céu Azul, na Comunidade Paraíso, zona rural do município. A vítima estava aproximadamente 10 metros após uma cerca, com as roupas (calça jeans, camiseta amarela, boné, chinelos e uma carteira com documentos pessoais), as mesmas que usava no dia do seu desaparecimento, conforme fotos obtidas pela Polícia Civil. 

Foi verificada que a vítima tinha quatro orifícios no crânio. No local foi encontrado também um projétil de arma de fogo que submetido à caracterização e identificação pela Politec e, posteriormente, será feita a comparação balística.

Com a localização do cadáver, a Polícia Civil de Alta Floresta intensificará as diligências em buscas de mais informações para a confirmação dos indícios, identificação de autoria e prisão dos envolvidos no homicídio. 

Fonte: PJC MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Policial

Polícia Civil prende homem que tentava aplicar golpe com cheque fraudado em Sorriso

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil de Sorriso (420 km ao norte de Cuiabá) prendeu em flagrante um homem, na manhã desta quinta-feira (04.06), que tentava aplicar um golpe em uma casa comercial na cidade. O suspeito, de 26 anos, foi autuado em flagrante por estelionato.

O preso também é investigado pela Polícia Civil de Sorriso por envolvimento em um crime de homicídio.

As diligências iniciaram logo que os policiais civis receberam informações que um homem estaria em um estabelecimento comercial no bairro Jardim Europa, tentando aplicar um golpe usando o um modo de ação já conhecido pela polícia. 

Para praticar o crime, o suspeito se mostrava interessado em efetuar uma compra de um valor expressivo pagando com um cheque falso. Na sequência a vítima volta troco com um cheque bom de sua empresa e o criminoso rapidamente repassa o cheque angariando lucro em dinheiro concretizando assim o golpe.

Com o suspeito foi apreendido um cheque no valor de R$ 5,3 mil, o qual ele disse ter adquirido pelo valor de R$ 300 de um terceiro. Diante dos fatos, o suspeito que é investigado em outro inquérito policial foi conduzido para Delegacia de Sorriso, onde foi interrogado e autuado em flagrante por estelionato.

 

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Policial

Polícia Civil cumpre prisão de autor de violência doméstica que continuava ameaçar vítima

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

Um homem investigado por crimes de violência doméstica e familiar foi preso pela Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada em Defesa da Mulher, Criança e Idoso de Várzea Grande, nesta quinta-feira (04.06). A ação foi realizada para cumprimento de mandado de prisão preventiva, decretada pela Vara Especializada em Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher. 

As investigações iniciaram no dia 18 de maio, após a vítima procurar a Polícia Civil e relatar as graves ameaças de morte que vinha sofrendo por parte do ex-companheiro. Segundo a comunicante, o suspeito não respeitava as restrições das medidas protetiva impostas pela Justiça e sempre perturbava sua tranquilidade.

O agressor foi preso em flagrante no dia 24 de abril, porém depois de ser solto passou novamente a transgredir contra a vítima, encaminhando constantes mensagens com teores de ameaça, contra a ex-companheira, dizendo que a vítima estava no corredor da morte e ainda sofreria um “salve” que seria aplicado por uma organização criminosa.

Como prova foram apresentados áudios e mensagens que comprovaram as informações. Para garantir efetividade às medidas protetivas, e com intuito de evitar um possível feminicídio, a a delegada Mariell Antonini representou pelo mandado de prisão preventiva do suspeito, que foi deferido pela Justiça.

Diante da ordem judicial, os policiais da Delegacia Especializada em Defesa da Mulher, Criança e Idoso de Várzea Grande conseguiram localizar e prender o suspeito nesta quinta-feira (04), o qual foi encaminhado para uma unidade prisional à disposição do Poder Judiciário.  

De acordo com a delegada que coordenou as investigações, Mariell Antonini Dias Viana, mesmo em período de pandemia a Polícia Judiciária Civil continua trabalhando firmemente com intuito de prevenir e apurar delitos.

 

 

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana