conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil inicia entrega de rádio comunicadores digitais às unidades das regionais de Cuiabá e VG

Publicado


Assessoria | Polícia Civil-MT

A Polícia Civil de Mato Grosso iniciou na tarde desta quinta-feira (22.10) a distribuição das 125 unidades do kits de rádios digitais, que serão entregues para todas as delegacias de policiais de Cuiabá, Várzea Grande e municípios da região metropolitana da Capital.

 

A primeira unidade policial a receber os equipamentos modernos de comunicação foi a Delegacia Especializada de Delitos de Trânsito (Deletran), que passará agora a operar no sistema de radiocomunicação digital, em substituição ao sistema analógico. A meta é que até 2022 Mato Grosso deixe de operar totalmente a comunicação analógica. 

Os 125 kits são compostos de um rádio HD acompanhado de antena, carregador com fonte, capa, fone de ouvido e adaptador de tomada.

Os equipamentos foram adquiridos por meio do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) celebrado pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) e Ministério Público Estadual, sendo em seguida disponibilizados para uso das forças de segurança pública.

Para o delegado da Deletran, Christian Cabral, a aquisição dos aparelhos digitais representam um avanço, não apenas na economia de custo ao poder público, pois agora a polícia deixa de fazer o uso da telefonia, mas também no ganho da eficiência e segurança.

Os aparelhos permitem a comunicação com qualquer cidade abrangida pela rede digital e também a integração com os outros órgãos de segurança, que estejam fazendo uso do equipamento.

“Com isso agora a gente desobstrui o serviço de despachamento de ocorrência do Ciosp, pois a Deletran poderá modular diretamente com as equipes e com as demais forças de segurança que atuam nos atendimentos de acidente de trânsito!”, destacou o Cristian Cabral.

“Além de permite a maior agilidade nas comunicações, haja vista que esses policiais não precisam mas fazer o uso de telefones, que são burocráticos e demorados, e ainda geram custo. Podendo assim a economia financeira ser revertida em ação de melhorias para segurança pública”, finalizou o delegado.

A entrega dos rádios comunicadores digitais é realizada pela Coordenadoria de Tecnologia da Informação (Coti), conforme cronograma de programação.

 

As unidades policiais, quando informadas para comparecem para receber os equipamentos, deverão proceder com a entrega dos rádios HT analógicos que estão instalados nas delegacias, que posteriormente serão redistribuídos para as unidades da Polícia Civil do interior do Estado.

O sistema de radiocomunicação digitalizado e criptografado é uma reivindicação antiga da área de segurança. A primeira etapa do sistema abrange, que começou a funcionar na semana passada, abrange além de Cuiabá e Várzea Grande, as cidades de Poconé, Barão de Melgaço, Santo Antônio de Leverger, Nossa Senhora do Livramento, Jangada, Acorizal, Chapada dos Guimarães, Rosário Oeste, Nova Brasilândia, Planalto da Serra, Nobres e os distritos de Agrovila das Palmeiras e Paraíso do Manso.

A Sesp adquiriu 19 conjuntos de Estações Repetidoras (ERB’s), 950 unidades de rádio portátil, 160 rádios móveis e 80 fixos, além de demais instrumentos necessários para distribuição a todas as forças de segurança do Estado.

Fonte: PJC MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Policial

Polícia Civil apreende armas de fogo e mais de 80 munições em chácara na zona rural de Cuiabá

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Duas armas de fogo e mais de 80 munições encontradas em uma propriedade em uma região de chácaras em Cuiabá foram apreendidas pela Polícia Civil, nesta quinta-feira (06.05), durante checagem de denúncia anônima realizada pela equipe da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO).

Com base na denúncia realizada via Ciosp que relatava a possível existência de armas e drogas escondidas em uma propriedade rural, os policiais da GCCO foram até o endereço indicado, na região de chácaras Bandeira II para verificação dos fatos.

Conforme as informações, o material ilícito ficava escondido no interior de tratar que ficava guardado em um barracão da propriedade. No local, os policiais foram recebidos pela esposa do caseiro que informou que nem o seu marido e nem o dono da propriedade estavam no local.

Durante as buscas, os policiais localizaram no interior do tratar mencionado, 84 munições, sendo 67 calibre 380, 10 calibre. 357 e sete calibre 38, todas intactas, além de uma tornozeleira eletrônica. Em continuidade as buscas, os policiais encontraram por baixo de alguns entulhos um caixa com uma pistola calibre 380 e três carregadores.

A tornozeleira eletrônica pertenceria ao caseiro que não foi localizado. Em buscas na residência do caseiro, foi encontrada mais duas espingardas, sendo uma delas de pressão e outra que não foi possível identificar o número de sério devido ao desgaste de arma.

O dono da propriedade chegou ao local, e em buscas na sua residência nada ilícito foi encontrado. Questionado, ele confirmou que a pistola era de sua propriedade porém estava registrada em nome de um amigo.

Diante dos fatos, o suspeito foi conduzido a GCCO, onde após ser interrogado foi autuado em flagrante pelo crime de posse irregular de arma de fogo e munições.

O delegado da GCCO, Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, destaca que a retirada de armas e munições de circulação foi possível graças ao trabalho de denúncia realizado pela sociedade. “A Polícia Civil demonstrou que está trabalhando e que conta com apoio da população, que através de denúncias pode ajudar ainda mais o combate à criminalidade”, disse o delegado.

Denúncias: 197 e (65) 98463-2655

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Policial

Homem que não aceitava término de relação é preso em flagrante por ameaças à vítima e sua família

Publicado


Camila Molina/Polícia Civil-MT

Um homem suspeito fazer ameaças à mulher com quem tinha um relacionamento foi preso em flagrante pela Polícia Civil, nesta quinta-feira (06.05), após a vítima procurar a Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso de Várzea Grande (DEDMCI-VG).

O suspeito foi autuado em flagrante em situação de violência doméstica e familiar, sendo representado pela conversão da prisão em flagrante em preventiva, uma vez que havia vários elementos que apontavam a possibilidade de progressão criminosa.

A vítima compareceu a Delegacia de Mulher de Várzea Grande, na manhã desta quinta-feira (06.05), relatando que teve um relacionamento extraconjugal com o suspeito por seis anos e havia rompido com ele em janeiro deste ano. Segundo a comunicante, ele não aceitava o término da relação e continuava a procurá-la para manter os encontros.

Em relação aos fatos ocorridos nesta data, a vítima relatou que estava em uma farmácia na companhia do seu esposo quando o suspeito bateu na janela do carro, abriu a porta e iniciou uma discussão a três, ocasião em que a ameaçou de morte e externou ameaças contra toda a sua família.

Após os fatos, a vítima e o esposo foram até o local de trabalho do filho onde novamente o suspeito apareceu e efetivou ameaças de morte contra todos. Com base nas informações passadas pela vítima e demonstração de que está em sofrimento psíquico intenso com as condutas do suspeito, a equipe da DEDMCI foi até o local em que ele estava e realizou a sua prisão em flagrante.

O suspeito foi levado para a Delegacia da Mulher, onde após ser interrogado pela delegada Mariell Antonini Dias foi autuado em situação de violência doméstica e familiar contra a mulher. Ao final, a delegada representou pela conversão do flagrante em preventiva.

“Ao preenchermos o formulário nacional de avaliação de risco verificamos que estão presentes várias situações potencializadoras do risco, podendo haver progressão criminosa subsidiariamente, solicitamos a aplicação de medida cautelar diversa da prisão consistente em monitoração eletrônica, para que não se aproxime da vítima ou de qualquer familiar dela”, disse a delegada.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana