conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil identifica suspeito de furto e recupera objetos de vítima em Confresa

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Confresa (1.160 km a nordeste de Cuiabá), esclareceu na quinta-feira (20.01), um furto ocorrido na zona rural do município com a identificação do suspeito e recuperação de diversos objetos subtraídos da vítima.

Como não estava em situação de flagrante, o suspeito será indiciado em inquérito policial pelo crime de furto. As pessoas que adquiriram os produtos furtados responderão pelo crime de receptação.

O furto ocorreu no início do mês de dezembro, no povoado “Pé de Caju”, na zona rural de Confresa. Na ocasião, o suspeito destelhou a casa para invadi-la, passando a usar a porta principal para acessar a residência e subtrair os objetos.

O boletim de ocorrência foi registrado somente na segunda-feira (17), tendo a vítima relatado que acreditava que o suspeito ficou morando na casa por alguns dias, uma vez que havia indícios que alguém estava cozinhando no local.

Assim que foi comunicada dos fatos, a equipe da Derf Confresa iniciou as diligências conseguindo identificar o autor do furto, que já havia vendido os objetos subtraídos para terceiros. Em continuidade as diligências, os policiais também identificaram os receptadores e recuperaram os objetos subtraídos, que foram restituídos à vítima.

O autor do furto, assim como os receptadores, foram conduzidos à Derf Confresa, onde foram interrogados pelo delegado Bruno Gomes Borges. Tanto o autor do furto quanto os receptadores confessaram seus devidos envolvimentos nos crimes.

Diante dos fatos, o suspeito por não estar em situação de flagrante responderá em inquérito policial pelo crime de furto, enquanto os demais conduzidos foram autuados em flagrante por receptação.

Fonte: PJC MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Policial

Polícia Civil prende em flagrante autor de homicídio de mulher ocorrido em Cotriguaçu

Publicado

O autor de um homicídio qualificado foi preso em flagrante pela Polícia Civil, na tarde deste domingo (15.05), em Colniza, quando tentava fugir para o estado de Rondônia após cometer o crime que vitimou uma mulher, em Cotriguaçu.

O homicídio ocorreu na madrugada deste domingo, no distrito de Nova União, município de Cotriguaçu. Lindalva do Nascimento, 45 anos, foi encontrada morta dentro de sua residência. Ela tinha diversas perfurações causadas por arma cortante.

Na manhã de domingo, a Polícia Militar foi comunicada por um morador do distrito que foi até a casa da vítima levar uma encomenda que ela havia feito. Ao chegar à casa, ele viu marcas de sangue e imediatamente chamou a polícia.

A equipe da Delegacia da Polícia Civil de Cotriguaçu foi para o local e iniciou a coleta de informações para esclarecer o crime. A vítima foi encontrada em cima da cama e pelos vestígios no local, ela foi atingida entre a sala e a cozinha e foi arrastada até o quarto. O corpo estava com uma toalha enrolada e diversas  perfurações no pescoço.

A vítima e o suspeito foram vistos mais cedo em um estabelecimento comercia. Durante as diligências, os policiais civis foram informados de que o suspeito fugiu de motocicleta para a cidade de Colniza e de lá iria para Ji-Paraná, em Rondônia.

A Delegacia de Colniza foi acionada e a equipe seguiu em buscas e checou que neste domingo não tinha nenhum ônibus com destino ao estado vizinho. A procura pelo suspeito continuou e ele foi encontrado na casa da avó, onde já estava embarcando no veículo de um conhecido para fugir.

O delegado Bruno França deu voz de prisão e o suspeito foi conduzido para a delegacia de Colniza onde foi autuado em flagrante.

O crime terá inquérito instaurado pela Delegacia de Cotriguaçu, que investigará a motivação e circunstâncias do homicídio.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Policial

Membros de facção sequestram adolescente e pedem moto em resgate; dois são presos

Publicado

Os mandantes do crime já estão identificados e tiveram as prisões preventivas representadas à Justiça [Foto –PJC]

Dois suspeitos de envolvimento no crime de extorsão mediante sequestro de um adolescente de 16 anos foram presos em flagrante pela Polícia Civil, na noite de sexta-feira (13), em Colniza, no noroeste do estado.

A Delegacia da Polícia Civil foi comunicada de que o adolescente de 16 anos foi sequestrado por integrantes de uma facção e os criminosos estavam exigindo que a família pagasse um valor em dinheiro para libertar o menor.

A equipe policial iniciou as diligencias para localizar o adolescente e localizou uma casa, na Cohab Castelo dos Sonhos, que possivelmente seria o local do cativeiro. Em um dos quartos da residência havia somente um colchão no chão, indicando que uma pessoa foi mantida ali em cativeiro e os policiais civis encontraram um registro de CPF em nome do adolescente.

Diante dos indícios encontrados, os dois suspeitos que estavam na casa foram detidos em flagrante.

As buscas continuaram para localizar o adolescente e os policiais chegaram a outra residência, no bairro Bela Vista, onde o adolescente poderia estar sob cárcere. No local, os policiais apreenderam diversos entorpecentes.

A Polícia Civil apurou que os criminosos tomaram uma motocicleta da família do adolescente como pagamento para que ele pudesse ser libertado. O menor foi liberado com vida e está com a família.

O delegado Bruno França autuou os dois detidos na casa que serviu de cativeiro pelo crime de extorsão mediante sequestro. Os mandantes do crime já estão identificados e tiveram as prisões preventivas representadas à Justiça.

 

 

 

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana