conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil esclarece homicídio em barbearia de Guarantã do Norte e indicia autores

Publicado

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Guarantã do Norte, esclareceu o homicídio ocorrido há uma semana em uma barbearia da cidade e indiciou os autores pelo crime. O inquérito foi encaminhado ao Poder Judiciário nesta quarta-feira (11.05)

No dia 05 de maio, a vítima, Nelson Favoreto, de 46 anos, foi atacada por duas pessoas, a golpes de faca, dentro de uma barbearia. Câmeras de segurança registraram o crime. Nelson morreu ainda no local e os autores fugiram na sequência.

Na investigação, a Delegacia de Guarantã do Norte identificou os autores do crime como sendo dois irmãos. E. W. O., de 36 anos, foi preso em flagrante no dia do fato, quando foi encontrado, embriagado, em um bar da cidade.

O delegado Lucas Lélis Lopes representou pela conversão do flagrante em preventiva, quando não há prazo determinado para o fim da custódia. Foi requerida também a prisão do outro autor do crime, de 42 anos, que é considerado foragido da Justiça.

Conforme explicou o delegado de Guarantã do Norte, o homicídio foi motivado por vingança. Há 16 anos, a vítima matou e ocultou o cadáver de Alan Douglas Wagner de Oliveira, irmão dos indiciados. Desde então, Nelson foi jurado de morte.

No dia do fato, os dois irmãos viram Nelson no salão de cabeleireiro e passaram a premeditar o crime. Eles foram até a casa dos pais, pegaram duas facas na cozinha e retornaram ao local do crime. Na barbearia, cumprimentaram o dono do local e atacaram a vítima com as facas, de surpresa e sem que Nelson pudesse ter qualquer chance de reação.

Após o crime, os dois autores fugiram em uma caminhonete, conforme registraram as câmeras de segurança de um supermercado ao lado do salão.

Os investigados foram indiciados por homicídio qualificado em razão de três circunstâncias: motivo torpe, emprego de meio cruel e recurso que dificultou a defesa da vítima (artigo 121, § 2.º, incisos I, III e IV, do Código Penal).

Fonte: PJC MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Policial

Dois homens são assassinados a tiros em Várzea Grande em locais diferentes; um usava tornozeleira

Publicado

Até o momento nenhum suspeito de ter cometido o crime foi identificado

Dois assassinatos foram registrados em Várzea Grande na noite desse sábado (6). O primeiro foi por volta das 18 horas quando José Moreira Silva e Souza, de 44 anos, foi encontrado morto às margens de uma estrada de terra no bairro Capão Grande, com várias marcas de tiros no braço esquerdo, tórax e no pescoço. Uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionada e constatou o óbito. O homem utilizava tornozeleira eletrônica.

Já por volta das 19 horas, Antônio Zacarias de Oliveira, 49 anos, foi encontrado morto no bairro Formigueiro. Ele estava caído ao lado de um carro que é do filho dele. Uma testemunha informou que a vítima foi até a chácara dele para recolher algumas verduras quando foi abordado por uma picape Fiat Strada. Um ocupante desceu e atirou elo menos três vezes. A Polícia Civil está investigando os dois casos.

Continue lendo

Policial

PM acaba com festa de organização criminosa regada a drogas; 4 adultos presos e 16 menores apreendidos

Publicado

No local, foram apreendidos dinheiro, drogas bebidas alcoólicas e aparato de som [Fotos – PMMT]

Uma festa no Bairro Ponte de Ferro, em Nobres (150 km de Cuiabá), terminou com quatro adultos presos, 16 adolescentes detidos, além da apreensão de cinco porções de maconha, dez de cocaína, uma porção de pasta base de cocaína, lança-perfume caseiro, R$ 850 em dinheiro, garrafas de uísque e aparato de som automotivo.

A ocorrência foi na madrugada deste domingo (7) e o evento, segundo a polícia, fazia referência a uma organização criminosa que frauda vendas em plataformas da internet. Os organizadores, também presos, não apresentaram alvará para realização da festa.

Durante a abordagem, ainda conforme o registro policial, várias pessoas conseguiram deixar o local, mas foi possível deter a maioria dos participantes. Eles foram divididos entre homens e mulheres e revistados – ocasião em que os produtos ilícitos foram apreendidos.

A polícia relatou também que muitos menores estavam embriagados. Entre os adolescentes apreendidos e levados à delegacia, estava um menino de 12 anos. O Conselho Tutelar acompanhou a ação. Os crimes registrados foram corrupção de menores, uso ilícito de drogas e desobediência, entre outros.

 

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana