conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil elucida latrocínio em Campos de Júlio com prisão de dois envolvidos

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Um crime de latrocínio ocorrido na cidade de Campos de Júlio foi esclarecido pela Polícia Judiciária Civil, com identificação de todos os suspeitos e a prisão de dois dos envolvidos. Os suspeito Elton Jhon Silva Oliveira (apontado como mentor do crime) e Erivan Santos da Silva tiveram ordens de prisão preventiva cumpridas na sexta-feira (26.07) em Campo Novo do Parecis.

As investigações realizadas pela Delegacia de Campos de Júlio contaram com apoio do Núcleo de Inteligência de Pontes e Lacerda e equipes das Delegacias de Comodoro e Campo Novo dos Parecis.

O crime que vitimou Cícero Pereira Soares, conhecido como “Diária”, ocorreu na madrugada de 20 de julho de 2018, em um hotel na cidade de Campos de Júlio, local em que a vítima estava hospedada.

De acordo com o delegado responsável pelas investigações, Gilson do Carmo Silveira, a  princípio o crime não tinha vestígios de autoria, contudo, nas várias diligências realizadas pelos investigadores da Delegacia de Campos de Júlio, depoimento de testemunhas, bem como técnicas de investigação utilizando tecnologia, foi possível chegar aos autores do crime.

Leia Também:  Polícia Civil identifica suspeitos e esclarece furtos em Vila Bela da Santíssima Trindade

Segundo as investigações, a vítima era homossexual e mantinha um relacionamento amoroso duradouro com o suspeito Elton Jhon, apontado como mentor intelectual do crime. O roubo seguido de morte contou também com a participação de Leandro Trajano da Silva e Erivan Santos da Silva, que vieram de Campo Novo dos Parecis, para atuar no crime. Todos os envolvidos teriam envolvimento com uma facção criminosa atuante em diversos crimes.

“Na ganância por dinheiro, o suspeito atraiu a vítima para uma noite sexual, porém tudo não passava de um engodo para o fim específico de roubar a vítima. Foi um crime bárbaro e hediondo que trouxe comoção entre os munícipes, haja vista a vítima ser muito conhecida e querida na cidade” disse o delegado.

Após o crime, os criminosos retornaram para suas respectivas residências com roupas, bolsa carteira, documentos e dinheiro da vitima. Diante das coletas de elementos informativos, provas e indícios apurados, o delegado, Gilson Silveira do Carmo, representou pela prisão preventiva dos suspeitos, as quais foram decretas pela Justiça.

Leia Também:  Traficante é preso com 111 tabletes de maconha que seriam entregues em bocas de fumo

Com a expedição dos mandados de prisão preventiva, as equipes policiais realizaram a prisão dos suspeitos Elton Jhon e Erivan, no município de Campo Novo do Parecis.

Fonte: PJC MT
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Policial

Polícia prende em VG homens com carro roubado em SP; um deles era procurado por tráfico

Publicado

Prisões foram efetuadas neste domingo na BR-364

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu neste domingo (13), dois homens que estavam em um carro que havia sido roubado em São Paulo, em abril deste ano. As detenções ocorreram na BR-364, em Várzea Grande. De acordo com a PRF, agentes  avistaram o veículo parado no acostamento, sendo que um dos suspeitos estava do lado de fora do carro, e pararam para oferecer ajuda.

A polícia então identificou que um dos homens, de 36 anos, estava com a prisão decretada por tráfico de drogas. Depois disso, o outro suspeito disse ter pago R$ 35 mil pelo veículo e que pretendia levá-lo para Vila Bela da Santíssima Trindade, (562 km de Cuiabá). Conforme a PRF, o veículo apresentava sinais aparentes de adulteração.

Os suspeitos e o veículo foram conduzidos até o posto da PRF mais próximo e lá foi feita a checagem, identificando que havia uma queixa de roubo do carro, registrada no dia 10 de abril deste ano. Os dois homens foram presos e encaminhados à Polícia Civil.

Leia Também:  Polícia Civil identifica suspeitos e esclarece furtos em Vila Bela da Santíssima Trindade

Continue lendo

Policial

Nove motoristas são presos em blitz da Lei Seca após show de Eduardo Costa em VG

Publicado

Operação foi realizada no fim desta madrugada na avenida que dá acesso à ponte Ministro Sérgio Motta

Nove motoristas foram presos durante Operação da Lei Seca realizada na Estrada Doutor Paraná, em Várzea Grande, na madrugada deste domingo (13). As blitzes começaram às 4h20 e seguiram até as 5h50, após o show do cantor Eduardo Costa no Galpão.

Participaram da operação policiais militares, civis, Guarda de Trânsito de Várzea Grande, servidores do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT) e Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Durante as blitzes, dois veículos roubados, sendo um carro e uma moto, foram recuperados.nForam apreendidos 34 veículos, sendo 24 carros e 10 motocicletas. Também foram recolhidas 21 carteiras de habilitação. Ao todo, 108 testes de alcoolemia foram realizados.

Também foram emitidos 63 autos infração de trânsito (AIT), sendo 24 por direção com influência de álcool (sem ultrapassar o limite permitido), dois por recusa em se submeter ao teste do bafômetro e 17 por conduzir veículo que não esteja registrado e devidamente licenciado.

Leia Também:  Traficante é preso com 111 tabletes de maconha que seriam entregues em bocas de fumo

 

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana