conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil e TJ estudam recolhimento de fianças via cartão de débito

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Para maior transparência e segurança na guarda de valores em dinheiro, a Polícia Civil iniciou tratativas junto ao Tribunal de Justiça de Mato Grosso, para implantar o sistema de recolhimento de fianças nos plantões de Cuiabá e Várzea Grande, via pagamento de cartão de débito. 

As reuniões estão ocorrendo por meio da Corregedoria do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, por iniciativa da Coordenadoria de Plantão de Cuiabá e Várzea Grande. 

Atualmente, há dois sistemas de recolhimento de fianças aplicadas pelos delegados, um via o pagamento em espécie do dinheiro e por intermédio da guia de recolhimento emitida pelo site do Tribunal de Justiça de Mato Grosso. No entanto, nos finais de semana, devido a necessidade de  compensação bancária, há limitação bancária quanto aos valores, impossibilitando que fianças superiores a R$ 1.500, 00 sejam pagas na forma de boleto emitido pelo TJ. 

Conforme o delegado coordenador dos plantões de Cuiabá e Várzea Grande, Walter de Melo de Fonseca Junior, a máquina de débito não implica nos valores, podendo a fiança ser recolhida em qualquer horário ou dia da semana. Os dados do pagador como nome e o CPF devem constar no recibo, que ficará vinculado ao procedimento policial. 

Leia Também:  Suspeito de roubar e ameaçar moradores é preso pela Polícia Civil

Todo o dinheiro arrecadado por meio de fianças é direcionado a conta única da Justiça. Quando pago em espécie na Delegacia, o valor é depositado nessa conta pela Polícia Civil.

“Essa tratativa já vem ocorrendo há cerca de 2 meses e estamos avançando no sentido de implementar essa modalidade de recolhimento de fiança. Agora vamos aguardar análise do setor de arrecadação do TJ sobre a viabilidade”, disse o delegado.

Fonte: PJC MT
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Policial

Polícia prende acusado de ajudar na fuga de homem que matou namorada, sogro e atirou contra sogra

Publicado

Duplo homicídio ocorreu em setembro deste ano. Acusado de efetuar os disparos,
Luiz Felipe da Silva Alves, segue foragido

Um homem envolvido no duplo homicídio que culminou na morte de uma adolescente e do seu pai em Chapada dos Guimarães foi preso pela Polícia Judiciária Civil na sexta-feira (11), no município de Diamantino (208 km a Médio Norte da Capital). Joilson da Guia Gonçalves estava com a ordem de prisão temporária expedida pela Comarca de Chapada dos Guimarães. Ele responde como partícipe no inquérito policial instaurado pela Delegacia de Polícia do município pelos crimes de homicídio qualificado (consumado), sendo uma das qualificadoras o feminicídio e duplo homicídio qualificado (tentado).

Conforme investigação, Joilson da Guia Gonçalves foi quem levou o executor até o local do crime. Na ocasião, o suspeito Luiz Felipe da Silva Alves matou a namorada, o sogro e tentou contra a vida de outras duas pessoas, com uso de arma de fogo.

Ao levar o suspeito em uma motocicleta, Joilson ficou esperando Luiz Felipe da Silva Alves cometer os crimes e em seguida deu fuga ao mesmo.

Leia Também:  Polícia Civil realiza evento em comemoração ao aniversário de 177 anos da instituição em MT

Com o mandado de prisão temporária decretado, o procurado acabou sendo surpreendido e preso pelos policiais civis na noite de sexta-feira (11), em uma via pública na cidade de Diamantino.

Depois de detido, ele foi conduzido para Delegacia de Chapada dos Guimarães, onde foi ouvido pelo delegado Hércules Batista Gonçalves. Após interrogatório, Joilson Gonçalves foi encaminhado para Cadeia Pública do município, onde ficará à disposição da Justiça.

A ação que culminou com a prisão de Joilson foi realizada pela equipe de Chapada dos Guimarães com apoio da Delegacia de Polícia de Diamantino. As diligências continuam com o objetivo de localizar o executor, Luiz Felipe da Silva Alves, que está com mandado de prisão em aberto.

OCORRÊNCIA

O crime aconteceu na noite do dia 5 de setembro deste ano, em uma propriedade agrícola denominada Chácara Santo Antônio, região da Lagoinha de Baixo, município de Chapada dos Guimarães.

Na ocasião, duas pessoas foram mortas, sendo a adolescente Amanda Gabrielly da Silva Belém, 17, namorada do suspeito (caracterizando feminicídio), e o pai dela, Jefeter de Jesus Belém, 37. Outras duas pessoas, parentes das vítimas, também ficaram feridas.

Leia Também:  Prisão de traficante leva à apreensão de três fuzis, drogas e contabilidade de esquema criminoso em VG

Continue lendo

Policial

Adolescente de 12 anos é estuprada por criminoso usando máscara

Publicado


Crime ocorreu na noite de domingo no bairro Nova Esperança, em Cuiabá

Um homem não identificado e ocupando um veículo Volkswagen Gol preto é acusado de estuprar uma adolescente de 12 anos no bairro Nova Esperança, em Cuiabá, na noite de domingo (13). Segundo a vítima, ela voltava da casa de uma amiga que mora no mesmo bairro, quando foi abordada pelo criminoso e outro comparsa. Em posse de uma arma e usando máscara, uma dos ocupantes obrigou a menor a entrar no veiculo. A garota contou que o carro seguiu até um terreno baldio, onde foi estuprada por um dos ocupantes.

Ela informou ainda que o criminoso que praticou o estupro era magro, alto e de pele clara. Já o comparsa era gordo e branco. Os criminosos ainda ameaçaram a vítima, afirmando que, caso ela contasse para alguém, eles iriam atrás da menor e da mãe dela.

A família ficou sabendo do caso por meio de um amigo que recebeu um telefonema da vítima pedindo ajuda. O caso foi registrado na Polícia Civil e será investigado pela Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica). Nenhum suspeito foi preso.

Leia Também:  PRFs retiram motorista de veículo em chamas

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana