conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil desarticula grupo de roubo de defensivos e recupera carga avaliada em 1,2 milhão

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Uma carga de defensivos agrícolas avaliada em R$ 1,2 milhão foi recuperada em ação realizada pela Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), da Polícia Judiciária Civil, na terça-feira (08.10), em Lucas do Rio Verde (357 km ao Norte da Capital).

A ação resultou na desarticulação de um grupo criminoso especializado em roubos e receptação de defensivos. Durante as diligências houve confronto entre os policiais e os criminosos, resultando em um policial, que foi ferido de raspão, e três integrantes da quadrilha atingidos.

Entre os suspeitos estão Johne Ribeiro da Silva, que morreu no local; Kassiano Camargo, socorrido e internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) de uma unidade do município e Reinald Stephanio Arouca de Moura, preso nesta quarta-feira (09), atingido com um disparo no pé.

A equipe da GCCO já investigava a organização criminosa há algum tempo pelo envolvimento do grupo em crimes de roubo e receptação de defensivos agrícolas, no interior do estado. A Polícia Civil recebeu informações de que a quadrilha faria o transporte de uma carga roubada, na terça-feira (08), em Lucas do Rio Verde.

Com base no levantamento, equipes da GCCO coordenadas pelo delegado Frederico Murta foram até a cidade, onde após trabalho de monitoramento, flagraram cinco integrantes da organização criminosa, em via pública no bairro Parque das Emas II, fazendo o transbordo de dos produtos agrícolas de um caminhão-baú para uma caminhonete Ford Ranger.

No momento da abordagem policial, os criminosos reagiram à ação, efetuando disparos de arma de fogo contra as equipes, fugindo em direção aposta e ainda tentaram jogar os veículos contra os policiais. Foram efetuados disparos contra os pneus do veículo, porém, eles aceleraram ainda mais com objetivo de atingir as equipes que faziam o cerco policial.

Na troca de tiros, um policial foi atingido e dois dos suspeitos foram baleados, um deles, Johne Ribeiro da Silva, morreu no local e outro, Kassiano Camargo, foi socorrido e está na UTI.

Toda a carga de defensivos que estava com o grupo foi apreendida – são mais de 215 galões de 20 litros e 50 caixas de defensivos – totalizando 5 mil litros de agrotóxicos avaliados em aproximadamente R$ 1,2 milhão, além de um revólver calibre 38 que estava em poder dos suspeitos.

Na tentativa de fuga, os criminosos ainda atingiram o muro de uma residência

Em continuidade às diligências, policiais da GCCO e da Delegacia de Lucas do Rio Verde conseguiram prender o terceiro integrante do grupo nesta quarta-feira (09). O suspeito foi conduzido à delegacia do município, onde após ser interrogado pelo delegado Daniel Santos Nery, foi autuado em flagrante pelos crimes de receptação, associação criminosa e tentativa de homicídio tendo policiais como vítimas.

Segundo o delegado da GCCO, Frederico Murta, que coordenou as investigações, grande parte da carga recuperada foi roubada pelo grupo no dia 05 de outubro, na cidade de Itanhangá, ocasião em que 12 homens armados amarraram as vítimas e fugiram levando reféns.

“É uma organização criminosa especializada e fortemente articulada, com vários integrantes. No decorrer das investigações o grupo poderá responder por outros crimes como a participação em diversos roubos de defensivos”, disse o delegado.

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Policial

Polícias Civil e Militar fecham boca de fumo e prendem três pessoas em Campos de Júlio

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

Três pessoas envolvidas com o tráfico de drogas no município de Campos de Júlio foram presas em flagrante em uma ação conjunta da Polícia Civil e Polícia Militar, realizada no sábado (23.05), no município. A ação resultou ainda na apreensão de várias porções de entorpecentes entre maconha, pasta base e cocaína, além de dinheiro e objetos de origem ilícita.

O local já era monitorado pelas equipes da Polícia Civil e Militar devido a denúncias sobre o comércio de drogas no endereço. Durante os trabalhos, os policiais flagraram o momento em que um usuário deixou o local e ao ser abordado foi surpreendido com uma porção de pasta base.

Diante das evidências, as equipes decidiram entrar na residência devido a grande movimentação de pessoas no local. Em um dos quartos da casa, os policiais encontraram uma porção de maconha e vários farelos espalhados pela cama assim como vários pedaços de plástico recortado utilizado para embalar a droga, além de R$ 1.523 em dinheiro trocado.

No quintal da casa,  existiam vários buracos pelo chão sendo encontrado em um deles, uma balança de precisão  várias porções de entorpecentes, (50 de pasta base, 13 de cocaína e quatro de maconha), além de um aparelho celular, lanterna e uma enxada utilizada para embalar a droga.

Diante dos fatos, os três suspeitos identificados como responsáveis pelo comércio foram conduzidos à Delegacia de Campos de Júlio, onde foi lavrado o flagrante de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Policial

Bando explode caixa eletrônico de supermercado em VG, troca tiro com Bope e Rotam, fura cerco e foge

Publicado

Ocal ficou destruído / Fopto ilustrativa

Várzea Grande viveu momentos de intenso tiroteio na madrugada deste domingo (24), no bairro São Matheus,  quando quatro bandidos arrombaram um supermercado e explodiram o caixa-eletrônico.

Era madragada quando a policia foi acionada pelo 190, e, quando a primeira viatura chegou foi recebida a tiros pelos marginais, que já haviam denotado os explosivos e o tiroteio acordou moradores, numa linha cruzada de disparos. Logo depois, chegaram unidades do Bope – Batalhão de Operações Especiais Policiais, viaturas do 3º e 4º batalhões da PM, mais a força tática. Os tiros dos dois lados se intensificaram.

O local e as imediações ficaram marcadas por vidros quebrados e marcas dos tiros, e uma das viatura foi atingida com alguns disparos. Fortemente armados, os bandidos romperam o cerco a bala e escaparam. Pela avaliação preliminar, nenhum dos marginais foi atingindo, e fugiram em um Suv- tipo Jeep. Não houve feridos entre os policiais.

Rua e o supermercado tornaram um cenário de “guerra”. O estabelecimento teve os caixa-eletrônicos destruídos e estilhaços e vidros espalhados pelo chão. A polícia recolheu adas cápsulas de armas dos calibres 7.62, 5.56 e 9mm, assim como cordas, poitas, ferramentas e parte do explosivo não detonado, que foram deixados pelos fugitivos. Os  gerentes do supermercado não informarm se eles levram algum dinheiro.

As investigações continuam e a delegacia especializada de roubos e furtos cuida do caso.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana