conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil de MT debate diferentes temas no 54º Encontro de Chefes de Polícia

Publicado

Assessoria | PJC-MT

A Polícia Civil de Mato Grosso esteve presente no 54º Encontro do Conselho Nacional de Chefe de Polícia Civil (CONCPC), realizado entre os dias 15 e 16 de agosto, no Estado da Bahia, com objetivo de debater diferentes temas de interesse das instituições de todo país.

Entre as pautas abordadas no encontro, estava o fortalecimento e padronização das Polícia Judiciárias, combate a corrupção, instalação do inquérito eletrônico e outras tecnologias e a proteção à criança e ao adolescente.

O evento reuniu todos dos delegados gerais do país e a comissão de Mato Grosso contou com presença do delegado geral Mário Demerval Aravechia de Resende, que também é o vice-presidente do CONCPC região Centro-Oeste, o diretor metropolitano, Douglas Turíbio Schtze, e com o delegado, Daniel Santos Nery, representando a Diretoria de Interior.

Durante os dois dias de evento, foram tratados assuntos relacionados a Polícia Judiciária, através de palestras e troca de opiniões e experiências em que os gestores dos Estados apresentavam boas práticas e ações bem-sucedidas.

Para o delegado geral de Mato Grosso, um dos focos principiais do encontro foi o reforço dos laboratórios de lavagem de dinheiro e a criação da Delegacia Especializada de Combate a Corrupção (Deccor),

Leia Também:  Ação integrada prende suspeito de participar de roubo e troca de tiros com policial em Cuiabá

“A Polícia Civil de Mato Grosso está cumprindo as obrigações impostas, ampliando o efetivo do Laboratório de Lavagem de Dinheiro com mais três policiais e em relação a criação da Deccor, pré-requisito para recebimentos de recursos federais, a minuta já foi aprovada em conselho, visando a criação por decreto da unidade que funcionará no mesmo prédio da Delegacia Fazendária”, disse Mario Resende.

Com o tema “Pacto Nacional pela Implementação da Lei nº 13.431/2017” os participantes debateram ainda a padronização do trabalho das polícias civis em relação ao depoimento especial de crianças e adolescentes, vítimas ou testemunhas de violência.

Na ocasião, foi tratado sobre causas relativas a violência doméstica, e se criou um grupo de trabalho de delegadas do Brasil para se discutir boas práticas no combate a esse tipo de violência, além de um grupo de estudo permanente, visando a proteção da criança e do adolescente. “Houve uma grande discussão e a propositura de diversas informações e providências a serem tomadas”, completou Mario.

Outro ponto de destaque abordado, foi a tecnologia utilizadas pelas instituições tendo como ponto evidenciado a implantação do inquérito eletrônico e outros mecanismos, que permitirão que a Polícia Civil desenvolva seus trabalhos com mais celeridade e conexão com outros órgãos e entidades ligados as suas atividades.

Leia Também:  Policia Civil prende 7 e esclarece crimes de roubos, receptação e tráfico de drogas em Várzea Grande

“É cada vez mais importante que a Polícia Civil esteja conectada com o mundo e se eletronize, caminhando para o abandono do papel, possibilitando a realização de audiências por vídeo e a certificação digital dos policiais, entre outras diversas ações que alavancarão as ações da instituição nos próximos anos”, destacou o delegado geral.

 

Fonte: PJC MT
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Policial

Polícia Civil apreende cartões e mais de R$ 26 mil durante investigação de tráfico em Várzea Grande

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Mais de R$ 26 mil em dinheiro foi apreendido pela Polícia Judiciária Civil, em ação realizada pela Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), nesta sexta-feira (20.09), no bairro Maringá 1, em Várzea Grande. O trabalho resultou ainda na apreensão de folhas de cheques, cartões bancários e diversas anotações relacionadas ao tráfico de drogas e outros crimes.

A ação, deflagrada pelos policiais da DRE, visava dar cumprimento a um mandado de busca e apreensão domiciliar, expedido pela 3ª Vara Criminal de Várzea Grande, com base em investigações da especializada. Na residência alvo, os investigadores depararam com uma grande estrutura preparada para o comércio de entorpecentes, porém o suspeito investigado não estava no local.

Em buscas no interior da casa, os policiais encontraram no quarto do casal uma caixa com R$ 26.009 em dinheiro, além de várias anotações contendo nomes de pessoas e valores indicando contabilidade de tráfico de drogas ou agiotagem, além de diversos cheques, cartões bancários, e do “Bolsa Família”, em nome de diferentes pessoas.

Leia Também:  Policial Civil de MT recebe reconhecimento do Secretario Nacional por salvar vida de colega de trabalho

Todo material encontrado na casa foi apreendido e encaminhado a DRE. Segundo o delegado titular da unidade, Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, as investigações continuam para identificar os suspeitos e descobrir a origem do material apreendido na residência.

 

Fonte: PJC MT
Continue lendo

Policial

Foragido da Justiça envolvido em roubos e furtos tem prisão cumprida em Barra do Bugres

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Um foragido da Justiça, contumaz na prática de crimes contra o patrimônio, foi preso pela Polícia Judiciária Civil, na manhã desta sexta-feira (20.09), no município de Barra do Bugres (168 km a Médio Norte da Capital). W.S.D. estava com a ordem judicial de prisão preventiva decretada, pela Comarca do município, apontado como autor de uma tentativa de furto, cometida em um supermercado da cidade, no ano de 2018. 

Desde então foragido, os policiais civis de Barra do Bugres conseguiram localizar o suspeito e dar cumprimento ao mandado de prisão em aberto contra ele. Segundo apurado, em 2017, W.S.D. também praticou um roubo no município de Rondonópolis (212 km ao Sul da Capital), ocasião em que foi subtraída a quantia de R$ 200 em dinheiro.

Por essa situação, W.S.D. foi preso em flagrante, e depois de cumprir dois meses de pena, foi colocado em liberdade, beneficiado por um alvará de soltura.

De acordo com o delegado de Barra do Bugres, Renato Resende, a prisão do foragido aconteceu em razão do comprometimento e dedicação dos policiais civis, que não mediram esforços para dar cumprimento ao mandado de prisão em desfavor do suspeito.

Leia Também:  Ação integrada prende suspeito de participar de roubo e troca de tiros com policial em Cuiabá

“A missão da Polícia Civil é buscar sempre dar uma resposta à sociedade, prendendo criminosos e elucidando infrações penais. Mesmo com muitas dificuldades, a equipe de Delegacia de Barra do Bugres, vem realizando brilhantes trabalhos com excelentes resultados”, destacou Renato Resende.

Depois de conduzido para Delegacia de Polícia para as providências cabíveis, o preso foi encaminhado para Cadeia Pública local, onde ficará a disposição da Justiça.

 

 

Fonte: PJC MT
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana