conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil cumpre novo mandado de prisão contra suspeito de crime sexual e ameaça

Publicado

Assessoria/PJC-MT

Equipe da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Cuiabá (Dedm) cumpriu no início da noite desta quarta-feira (04.12) um mandado de prisão preventiva contra o jornalista L.H.M.A, 38 anos, pelos crimes de estupro tentado e ameaça em um dos inquéritos que tramita na unidade policial.

O mandado de prisão, cumprido em uma unidade prisional da Capital onde o suspeito já está detido, foi representado pela delegada Nubya Beatriz Gomes dos Reis, que preside cinco inquéritos instaurados na Delegacia da Mulher.

“Os casos investigados são gravíssimos. As investigações não basearam-se apenas nas declarações das vítimas, o que por si só tem grande credibilidade em crimes dessa natureza. Há um vasto conjunto de informações nos autos, principalmente depoimentos de testemunhas que ratificaram grande parte do narrado pelas vítimas,” declara a delegada.

O suspeito é investigado na delegacia especializada da Capital por diversos crimes contra a dignidade sexual, sendo que, que até a presente data, foram registrados dez boletins de ocorrências contra ele.

Leia Também:  Polícia Civil prende autor de homicídio em Juína poucas horas após o crime

Ele já estava preso por força de outro mandado de prisão em um dos inquéritos que investiga estupro tentado, importunação sexual, ameaça e gravação não autorizada da intimidade sexual. A primeira prisão ocorreu em virtude de descumprimento de medida protetiva de urgência.

Fonte: PJC MT
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Policial

Polícia Civil conclui inquérito de operação e indicia 67 por tráfico de drogas, tortura e roubo

Publicado

A operação foi deflagrada em dezembro de 2019, visando dar cumprimento a 108 ordens judiciais

A Polícia Judiciária Civil concluiu o inquérito policial da operação Reditus, deflagrada pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (DERF) de Rondonópolis (212 km ao Sul), com objetivo de combater uma facção criminosa envolvida em diversos crimes como tráfico de drogas, tortura, roubos e corrupção de menores. Cinquenta e sete pessoas foram presas.

A operação foi deflagrada em dezembro de 2019, visando dar cumprimento a 108 ordens judiciais, sendo 67 mandados de prisão preventiva e 41 de busca e apreensão domiciliar. Durante os trabalhos, 57 alvos tiveram as ordens judiciais de prisão cumpridas, sendo 45 presos em Rondonópolis, 10 em Pedra Preta, um em Cuiabá e um na cidade Amambai, em Mato Grosso do Sul.

A operação também resultou na apreensão de R$ 12 mil em dinheiro, 08 veículos (05 carros e 03 motocicletas), avaliados em R$ 300 mil, além do fechamento de dois estabelecimentos comerciais utilizados pelo grupo criminoso para lavagem de dinheiro e 18 volumes de informações produzidos durante a investigação.

Leia Também:  Polícia Civil prende casal de receptadores e recupera televisores furtados de depósito na Capital

O procedimento investigativo presidido pelo delegado Santiago Rozendo Sanches e Silva foi concluído na quinta-feira (17) e encaminhado para a 7ª Vara do Crime Organizado, em Cuiabá. “Foi uma das maiores operações já realizadas em Rondonópolis, desarticulando o grupo criminoso que atuava no município e região, destacando a volta do controle estatal em regiões antes dominadas pelo crime”, disse o delegado.

Investigações

As diligências que resultaram na operação Reditus iniciaram em 2018 para apurar crimes de organização criminosa, tráfico de drogas, associação para o tráfico, tortura, roubos e corrupção de menores. Os trabalhos culminaram na identificação de suspeitos, alguns recolhidos em unidades prisionais de Rondonópolis e Cuiabá, e outros integrantes que circulavam livremente para região cometendo diversos crimes.

Conforme investigação da Polícia Civil de Rondonópolis, o grupo era bem estruturado e ordenado, com divisão de tarefas entre seus integrantes, responsável por grande parte das ocorrências praticadas na região do sul de Mato Grosso.

Durante monitoramento da associação, foi possível mapear o funcionamento, com a identificação dos membros e suas respectivas funções. As principais características dentro do grupo eram hierarquia, organização pré-definida com disciplina e gerentes, fluxo financeiro com pagamento de mensalidades, taxa sob o tráfico de droga, extorsão de empresários, entre outros.

Leia Também:  Polícia Civil prende autor de homicídio em Juína poucas horas após o crime

Continue lendo

Policial

Mulher com depressão se tranca no quarto e ameaça jogar filha de 5 anos de prédio

Publicado

Mulher tem histórico de depressão e vizinhos acionaram a Polícia Militar [F-Reprodução]

Uma mulher teve um surto na manhã desta sexta-feira (17) e se trancou com a filha de 5 anos em quarto, no Residencial Beira Rio, na avenida Beira Rio, em Cuiabá. Por ter histórico de problemas com depressão, vizinhos acionaram a Polícia Militar. Durante o surto, ela ameaçou jogar a filha do apartamento que fica terceiro andar do prédio.

Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), da Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam) e do 1º Batalhão e do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), estiveram no local.

Após algumas horas, agentes do Bope conseguiram acalmar a mãe, que saiu do quarto junto com a filha sem lesões aparentes. As duas foram atendidas e a mãe foi medicada e encaminhada ao hospital.

Leia Também:  Polícia Civil prende casal de receptadores e recupera televisores furtados de depósito na Capital
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana