conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil cumpre mandados para apurar homicídio cometido a mando de facção criminosa

Publicado

Assessoria | PJC-MT

A Polícia Judiciária Civil, por meio da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), deflagrou na manhã desta terça-feira (19.11), uma operação com objetivo de cumprir sete ordens judiciais, entre mandados de prisão e de busca e apreensão, relativos à investigação do homicídio que vitimou Nelson Wolfred Shug Neto.

Durante os trabalhos, foram cumpridos mandados de prisão temporária contra os suspeitos, E.D.N.S., 26, C.A.M.,20, e E.S.D., 26, apontados nas investigações da DHPP como envolvidos no crime. 

O corpo da vítima foi encontrado no dia 08 de março, em uma região de mata, no bairro Santa Terezinha, na Capital, local que seria conhecido como cemitério de uma facção criminosa, atuante no estado. A vítima estava decapitada, com a cabeça ao lado do corpo e com sinais de tortura.

De acordo com as investigações da DHPP, o crime foi motivado por uma suposta rixa entre facções criminosas, uma vez que vítima veio do estado de São Paulo e dizia  pertencer a um grupo criminoso rival ao qual teria praticado o crime.

Segundo o delegado que coordenou os trabalhos, Olímpio da Cunha Fernandes Junior, foi uma investigação extremamente difícil, uma vez que inicialmente não havia indícios de quem poderia ter praticado o crime. 

“Como a vítima veio de outro estado e não conhecia ninguém na região, tentava contar vantagem dizendo ser membro de uma facção, fato que teria motivado a sua morte”

Com a identificação dos autores, o delegado representou pelos mandados de prisões e de buscas e apreensões contra os suspeitos, que foram deferidos pela Justiça e cumpridos pela equipe da DHPP nesta terça-feira (19), em endereços freqüentados pelos investigados nos bairros Santa Terezinha II, em Cuiabá e Jardim Maringá II, em Várzea Grande. 

Durante as buscas foram apreendidos aparelhos celulares e porções de maconha, crack e cocaína para consumo próprio. Após terem a ordem de prisão cumprida, os suspeitos E.D.N.S., e C.A.M., foram encaminhados à delegacia onde serão interrogados pelo delegado. 

O terceiro envolvido no crime, E.S.D., já estava preso por outro crime e teve a ordem de prisão cumprida dentro da unidade prisional na Capital. 

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Policial

Polícia Civil incinera 480 quilos de entorpecentes apreendidos no semestre em Barra do Garças

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil de Barra do Garças (509 km a leste de Cuiabá) incinerou na manhã desta quinta-feira (25.06), quase meia tonelada de entorpecentes, que foram apreendidos em ações realizadas no primeiro semestre de 2020 no município e região. A queima da droga foi realizada no forno de uma cerâmica da cidade.

A incineração da grande quantidade de drogas foi realizada em celebração a “Semana Nacional de Prevenção e Enfrentamento às Drogas”.

Ao todo foram destruídos 480 quilos de drogas entre maconha e pasta base de cocaína apreendidas em mais de 200 procedimentos policiais instaurados pela Polícia Civil e Federal de Barra do Garças, relacionados aos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e uso de entorpecentes.

O resultado da ação representa a atuação das forças de segurança local na repressão ao tráfico doméstico (realizado em pequenas bocas de fumo na cidade), desestruturando esse tipo de crime na região.

Os trabalhos contaram com apoio da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) que realizou a conferência das drogas periciadas e autorizadas para incineração e também da Vigilância Sanitária Municipal que atuou na fiscalização do processo de queima dos entorpecentes.

 

 

 

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Policial

Polícia apreende menores que roubaram celulares da loja Martinello em Cuiabá

Publicado


Assaltos causaram prejuízo de R$ 150 mil à empresa

Operação conjunta da Delegacia de Polícia Especializada em Roubos e Furtos de Cuiabá (Derf) e Delegacia Especializada do Adolescente de Cuiabá (DEA) cumpriu na manhã desta quinta-feira (25), mandados judiciais contra dois adolescentes suspeitos de envolvimento em roubos cometidos em uma loja de eletrodomésticos da Capital. Também foram cumpridas buscas e apreensões em locais alvos dos mandados.

O delegado Wagner Bassi explica que a DEA instaurou um auto de apuração de ato infracional em relação aos dois adolescentes, ambos de 17 anos, para investigar o envolvimento dos menores em dois roubos, praticados nos meses de fevereiro e março na loja da rede de eletrodomésticos Martinello, localizada no bairro Duque de Caxias. Nas duas ocasiões foram roubados mais de 150 aparelhos celulares, com estimativa de prejuízo em torno de R$ 150 mil.

A investigação dos roubos à loja é conduzida pelo delegado Guilherme Fachinelli, da Delegacia de Roubos e Furtos de Cuiabá, que apura o crime e os envolvidos adultos. Com a identificação da participação de adolescentes nos crimes, a investigação sobre os menores foi remetida à delegacia especializada do adolescente.

O delegado da DEA informa que após a conclusão, o auto de apuração do ato infracional será encaminhado à Vara da Infância e Juventude, a quem cabe determinar a definição e aplicação de medida socioeducativa.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana