conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil cumpre mandados em homicídio a mando de facção

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Um mandado de prisão temporária (30 dias) e dois mandados de busca e apreensão foram cumpridos, nesta segunda-feira (19.08), na operação “Última Etapa”, realizada pela Polícia Judiciária Civil em trabalhos investigativos da Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP).

As buscas foram cumpridas no bairro Pedra 90, em Cuiabá, para arrecadação de elementos de provas no inquérito do homicídio de Elias Rodrigues de Arruda, ocorrido no dia 08 de abril deste ano.

O mandado de prisão foi cumprido contra Lucas Pereira Plácido, que já estava preso desde o dia 11 de agosto, por envolvimento em uma tentativa de explosão de terminais eletrônicos de uma agência da Caixa na região do CPA.

O suspeito foi interrogado na DHPP e confessou o crime, afirmando que efetuou os disparos de arma de fogo na vítima. Ele ainda acrescentou que faz parte de uma organização criminosa, que atua dentro e fora de presídios em Mato Grosso.  

 A vítima foi executada por membros de uma organização criminosa, num denominado “salve”, após ter supostamente praticado um crime naquele bairro. Nas investigações foi apurada a autoria de dois criminosos. Eles tiveram as prisões representadas pela autoridade policial ao Poder Judiciário, que decretou as ordens judiciais.

Leia Também:  Delegado geral participa de reunião com Ministro da Justiça

O segundo suspeito também já está indiciado por homicídio qualificado e continua foragido. As diligências estão sendo efetuadas para sua prisão.

O delegado responsável pela investigação, Marcel Gomes de Oliveira, ressaltou os esforços das equipes de investigação para alcançar a elucidação do crime, bem como da expertise da unidade em investigações de tal porte.

Fonte: PJC MT
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Policial

Polícia Civil apreende cartões e mais de R$ 26 mil durante investigação de tráfico em Várzea Grande

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Mais de R$ 26 mil em dinheiro foi apreendido pela Polícia Judiciária Civil, em ação realizada pela Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), nesta sexta-feira (20.09), no bairro Maringá 1, em Várzea Grande. O trabalho resultou ainda na apreensão de folhas de cheques, cartões bancários e diversas anotações relacionadas ao tráfico de drogas e outros crimes.

A ação, deflagrada pelos policiais da DRE, visava dar cumprimento a um mandado de busca e apreensão domiciliar, expedido pela 3ª Vara Criminal de Várzea Grande, com base em investigações da especializada. Na residência alvo, os investigadores depararam com uma grande estrutura preparada para o comércio de entorpecentes, porém o suspeito investigado não estava no local.

Em buscas no interior da casa, os policiais encontraram no quarto do casal uma caixa com R$ 26.009 em dinheiro, além de várias anotações contendo nomes de pessoas e valores indicando contabilidade de tráfico de drogas ou agiotagem, além de diversos cheques, cartões bancários, e do “Bolsa Família”, em nome de diferentes pessoas.

Leia Também:  Polícia Civil prende traficante com drogas e R$ 6,5 mil em dinheiro na Capital

Todo material encontrado na casa foi apreendido e encaminhado a DRE. Segundo o delegado titular da unidade, Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, as investigações continuam para identificar os suspeitos e descobrir a origem do material apreendido na residência.

 

Fonte: PJC MT
Continue lendo

Policial

Foragido da Justiça envolvido em roubos e furtos tem prisão cumprida em Barra do Bugres

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Um foragido da Justiça, contumaz na prática de crimes contra o patrimônio, foi preso pela Polícia Judiciária Civil, na manhã desta sexta-feira (20.09), no município de Barra do Bugres (168 km a Médio Norte da Capital). W.S.D. estava com a ordem judicial de prisão preventiva decretada, pela Comarca do município, apontado como autor de uma tentativa de furto, cometida em um supermercado da cidade, no ano de 2018. 

Desde então foragido, os policiais civis de Barra do Bugres conseguiram localizar o suspeito e dar cumprimento ao mandado de prisão em aberto contra ele. Segundo apurado, em 2017, W.S.D. também praticou um roubo no município de Rondonópolis (212 km ao Sul da Capital), ocasião em que foi subtraída a quantia de R$ 200 em dinheiro.

Por essa situação, W.S.D. foi preso em flagrante, e depois de cumprir dois meses de pena, foi colocado em liberdade, beneficiado por um alvará de soltura.

De acordo com o delegado de Barra do Bugres, Renato Resende, a prisão do foragido aconteceu em razão do comprometimento e dedicação dos policiais civis, que não mediram esforços para dar cumprimento ao mandado de prisão em desfavor do suspeito.

Leia Também:  Suspeito de tráfico é preso fazendo imagens de viaturas e de delegacia que seriam passadas para outros traficantes

“A missão da Polícia Civil é buscar sempre dar uma resposta à sociedade, prendendo criminosos e elucidando infrações penais. Mesmo com muitas dificuldades, a equipe de Delegacia de Barra do Bugres, vem realizando brilhantes trabalhos com excelentes resultados”, destacou Renato Resende.

Depois de conduzido para Delegacia de Polícia para as providências cabíveis, o preso foi encaminhado para Cadeia Pública local, onde ficará a disposição da Justiça.

 

 

Fonte: PJC MT
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana