conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil cumpre 30 mandados de busca em operação de combate a receptação de celulares

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Com objetivo de reprimir crimes de receptação de aparelhos celulares provenientes de roubos e furtos, a Polícia Civil, através da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Várzea Grande (Derf-VG) deflagrou na manhã desta quarta-feira (16.06), a Operação Zenfone Power.

Na operação, foram cumpridas 30 ordens judiciais de busca e apreensão domiciliares em diversos bairros de Várzea Grande, resultando na recuperação de 14 aparelhos celulares. As pessoas flagradas em posse dos telefones foram autuadas em flagrante pelo crime de receptação.

Um dos aparelhos recuperados está ligado aos crimes de roubo a residência, ocorrido no dia 17 de março, por volta das 18h30, no bairro Jardim Icaraí. Na ocasião, dois homens em posse de armas de fogo invadiram a residência e renderam a família, incluindo uma criança.

Durante o assalto, os criminosos subtraíram diversos objetos e aparelhos eletrônicos, como notebook, Playstation, três celulares e oito correntes de ouro. Questionado sobre a origem do telefeone, o receptador confessou que comprou o aparelho roubado dos autores do assalto, os quais foram presos pela equipe da Derf-VG no mês de maio.

Outro aparelho recuperado está relacionado ao furto ocorrido no dia 08 de março, em uma loja de eletrodomésticos, na região Central de Várzea Grande. Na ocasião, o suspeito se passando por cliente foi até a loja, distraiu a atenção do funcionário do estoque, enquanto o comparsa furtou alguns aparelhos celulares.

Os receptadores dos aparelhos afirmaram que compraram os celulares através do site OLX, e apresentaram a nota fiscal que alegaram ter recebido dos vendedores, porém, os documentos eram falsos.

Também foi recuperado durante a ação um aparelho celular furtado no dia 13 de junho, ocasião em que a vítima moradora do bairro Ouro Branco contratou um montador de móveis, que subtraiu a quantia de R$ 300 e o aparelho celular da vítima R$ 1,5 mil, o qual foi vendido por R$ 300 para a receptadora.

Segundo as investigações da Derf-VG, o falso montador de móveis é conhecido no mundo do crime, agindo com o mesmo modo de ação para a prática de furtos. O suspeito anuncia os serviços de montagens de móveis nos sites e páginas de redes sociais, vai até a casa das vítimas, sob o pretexto de prestar os serviços, mas com o verdadeiro intuito de praticar furtos, atuando em Cuiabá e Várzea Grande com o mesmo modo de ação”, disse a delegada.

A delegada, Elaine Fernandes de Souza, explica que atualmente ter um aparelho celular furtado ou roubado é um transtorno gigantesco para vítimas, em especial no contexto atual, em que os celulares são utilizados como instrumentos de trabalho.

“Nesta época de Pandemia, muitas famílias utilizam o aparelho celular para os filhos assistirem as aulas on-line, porque não possuem computador ou notebook. Muitas vezes, o smartphone é o bem mais caro que a pessoa possui e geralmente é comprado em várias parcelas, porém a vítima acaba ficando somente com o carnê”, disse.

A Derf-VG alerta as vítimas para que em casos de roubos e furtos de aparelhos celulares, não solicitem o bloqueio do aparelho.

Fonte: PJC MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Policial

Polícia Rodoviária Federal prende 04 condutores dirigindo sob influência de álcool nesse domingo em Mato Grosso

Publicado


Domingo agitado em Mato Grosso, com 04 prisões de condutores que estavam dirigindo seus veículos sob a influência de álcool.

O primeiro caso foi em Diamantino/MT, por volta da 01 hora e 32 minutos, a fiscalização era km 539 da BR 163, foi acionada para atendimento de acidente de trânsito envolvendo veículo com derramamento de carga. Na oportunidade, foi verificado que o motorista (43 anos) do caminhão Iveco/Stralis, possuía visíveis sinais de embriaguez.

Ao ser submetido ao exame de alcoolemia, constatou-se o teor de 0.87 miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões. Por se queixar de dores no peito, o senhor foi encaminhado pela ambulância da Rota do Oeste ao Pronto Atendimento de Diamantino/MT.

Outro caso foi às 09 horas e 50 minutos em Pontes e Lacerda, houve um acidente do tipo colisão traseira entre o veículo Vw/Gol 1.0, conduzido por um homem de 30 anos, com uma motocicleta Honda/Cg, com 02 ocupantes.

Foi realizado o teste de etilômetro nos envolvidos, sendo que o motorista do Vw/Gol apresentou o valor de 1,02 mg/L, miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões, considerado crime.

Já em Água Boa, por volta do meio-dia, a equipe atendeu um acidente de trânsito do tipo colisão frontal sem vítimas (Ford/F 1000 e um Vw/Novo Voyage), um dos envolvidos (homem de 45 anos), após ser submetido a exame de alcoolemia, constatou-se o teor de 1.07 miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões.

E no final da noite, às 21 horas e 40 minutos em Pontes e Lacerda, um homem de 42 anos, conduzindo o veículo FIAT/STRADA, foi abordado e solicitado documentação. Foi visível aos policiais que ele apresentava sinais de embriaguez, sendo solicitado ao condutor que descesse do veículo e realizasse o teste de etilômetro.

Após o procedimento, foi constatado o valor de 0,73 mg/L miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões.

Nos quatro casos, os condutores foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil das respectivas cidades.

Conduzir veículo automotor sob efeito de bebida alcoólica, conforme a legislação em vigor, é um ato criminoso, conforme Art. 306 do Código de Trânsito Brasileiro.

Fonte: PRF MT

Continue lendo

Policial

Policial militar morre após sofrer espancamento durante briga em distribuidora em Várzea Grande

Publicado

Assassinos fugiram e ainda não fora presos

Um soldado da Polícia Militar foi morto durante uma briga na madrugada desta segunda-feira (26) durante briga em uma distribuidora, localizada na rodovia Ministro Mario Andreazza, em Várzea Grande. Roberto Rodrigues de Souza, de 31 anos, foi espancado com chutes e socos, por dois homens, que fugiram logo depois e ainda não foram presos.

De acordo com o boletim de ocorrência, o militar  chegou ao local acompanhado de amigos e algum tempo depois, foi ao banheiro, quando teria se desentendido com dois homens. Roberto foi agredido e caiu desacordado, quando continuou recebendo chutes pelo corpo e na cabeça.

Os agressores deixaram o local acompanhados por duas mulheres em um Chevrolet Onix e um Wolksvagem Gol. O policial foi socorrido até o Pronto-Socorro Municipal de Várzea Grande onde chegou a receber atendimento, mas devido à gravidade dos ferimentos, veio à óbito. Agentes do 4º Batalhão da PM, onde o agente trabalhava, foram acionados e continuam realizando rondas na região. As agressões foram registradas por uma câmera de segurança do estabelecimento e deve auxiliar na identificação dos suspeitos.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana