conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil conclui inquérito sobre posse ilegal de armas de fogo

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil, por meio da 2ª Delegacia de Cuiabá (Planalto) concluiu o inquérito instaurado em desfavor de M.C. para apurar os crimes de posse irregular e porte ilegal de armas de fogo. Ele foi indiciado conforme a Lei 10.826/2003, nos seguintes artigos: *Artigo 12* – posse irregular arma de fogo; *Artigo 14*: porte ilegal de arma de fogo;  *Artigo 16, parágrafo 1, inciso 5*: fornecer arma a adolescente, uma vez que solicitou a própria filha que guardasse as armas.

A posse de arma se configura porque ele tinha as armas em casa sem regularização. Já o porte é porque ele recebeu outras armas de um adolescente na esidência onde ocorreu o homicídio da adolescente Isabele Guimarães Ramos, no dia 12 de julho, no condomínio Alphaville, na Capital.

A 2ª Delegacia de Polícia de Cuiabá recebeu quatro armas de fogo relacionadas ao caso, que foram encaminhadas para perícia e o respectivo laudo evidenciou serem eficazes.

A Polícia Civil também solicitou informações ao Exército Brasileiro para saber se armas eram legalizadas. Somente uma delas estava legalizada. 

As armas objeto desse inquérito não tem relação com o homicídio de Isabele Ramos.

Todas as oitivas e laudos foram compartilhados com a Delegacia Especializada do Adolescente (DEA), no inquérito que apura a morte de Isabele Guimarães Ramos. 

O inquérito foi concluído pela 2ª DP na última quinta-feira (30/07) e encaminhado ao Poder Judiciário.

Fonte: PJC MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Policial

Polícia Civil localiza 52 bananas de dinamite em área rural de Guarantã do Norte

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

Policiais civis de Guarantã do Norte (715 km ao norte de Cuiabá) localizaram e apreenderam nesta quinta-feira (24), 52 bananas de dinamite. Os explosivos foram encontrados pelos investigadores em uma área de mata, na zona rural do município, após a Delegacia da Polícia Civil receber informações e fazer a checagem.

O delegado Waner dos Santos Neves abrirá investigação para apurar a origem e destino dos explosivos, que poderiam ser utilizados, provavelmente, para a explosão de caixas eletrônicos.

O material apreendido será encaminhado à Gerência de Operação Especiais da Polícia Civil para detonação .

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Policial

Mais uma tonelada de entorpecentes apreendida pelas forças de segurança é incinerada em Rondonópolis

Publicado


.

Assessoria | Polícia Civil-MT

Mais uma tonelada de entorpecentes apreendidos em  Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá) foram incinerados pela Polícia Civil na manhã desta sexta-feira (25.09). A destruição foi realizada em uma empresa no Distrito Industrial da cidade. É a segunda incineração de drogas ocorrida neste ano.    

Aproximadamente uma tonelada das substâncias ilícitas, a maior parte composta por maconha e cocaína, é referente às ações policiais deflagradas na região pelas forças de segurança, no período de março a setembro de 2020. 

A incineração das drogas foi coordenada pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Rondonópolis, que também atua também na investigação dos delitos de tráfico de entorpecentes, após autorização do Poder Judiciário. 

Conforme o delegado da Derf Rondonópolis, Santiago Rozendo Sanches e Silva, mesmo diante da pandemia causada pelo coronavírus, a equipe de policiais civis de Rondonópolis não cessou as atividades relacionadas ao combate ao crime de tráfico, o que reflete no aumento do número de prisões e apreensões em relação ao mesmo período do ano passado. 

De acordo com levantamento da Secretaria de Segurança Pública, entre janeiro e agosto deste ano, as forças de segurança da região de Rondonópolis apreenderam 15% a mais do que o registrado no mesmo período do ano passado. 

“A Polícia Civil  vem realizando o combate efetivo e eficaz tanto aos crimes patrimoniais, quanto ao crime de tráfico de drogas. Neste ano com apoio da Polícia Militar e Polícia Rodoviária Federal, a Derf-Rondonópolis efetuou mais de 100 prisões somente relacionadas ao tráfico”, destacou o delegado Santiago. 

A primeira incineração, de uma tonelada de entorpecentes, foi feita pela Polícia Civil de Rondonópolis em março deste ano. Com a incineração desta sexta-feira, já são duas toneladas de entorpecentes retirados de circulação no comércio ilícito e enfraquecendo a atuação de organizações criminosas. 

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana