conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil conclui inquérito da morte de jornalista e indicia suspeito por homicídio qualificado

Publicado

Assessoria/PJC-MT

A Polícia Civil, por meio do trabalho da Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção à Pessoa de Cuiabá), concluiu o inquérito da morte do jornalista Marcelo Leite Ferraz e indiciou o suspeito John Lenon da Silva, 21 anos, por homicídio qualificado.

De acordo com o delegado Fausto Freitas da Silva, que conduziu as investigações, a vítima foi morta em decorrência de um desentendimento pelo uso de entorpecente. O indiciado acreditou, inicialmente, que a vítima teria dinheiro para comprar drogas, mas se indignou quando viu que Marcelo não trazia dinheiro consigo.

Depoimento de uma das testemunhas localizadas pela DHPP, e que seria namorada do indiciado, apontou que no dia do fato ela estava com John Lenon e mais outro usuário de drogas próximos da Avenida Rubens de Mendonça. Em certo momento, John saiu do local e retornou com a vítima, denominando Marcelo de ‘cheque ouro’, uma designação utilizada por usuários de drogas da região. para nominar pessoas de poder aquisitivo.

Em seguida, o grupo se deslocou até o terreno baldio, local onde depois o jornalista foi encontrado morto. Contudo, conforme apurado nas investigações, o suspeito de desentendeu com a vítima depois de ver que ela não possuía valores em dinheiro, e cometeu o crime.

Leia Também:  Ações de educação para o trânsito abrangem 350 crianças

Quando foi preso, na mesma semana em que ocorreu o crime, John Lenon confessou a morte do jornalista e alegou que praticou o crime porque encontrou a namorada em ato libidinoso com a vítima, afirmação que foi desmentida pela namorada dele, que saiu do terreno baldio antes do crime.

A versão apresentada pela namorada do suspeito foi confirmada por meio de provas, inclusive, imagens de câmeras na região do crime, e de outra testemunha, também ouvida pela polícia.

“A versão de que o indicado cometeu o crime porque viu a namorada em ato libidinoso com a vítima comprovadamente não se sustentou após as investigações realizadas”, disse Fausto Freitas.

O delegado afirmou ainda que a hipótese de abuso sexual foi descartada. “Com relação à eventual violência sexual, não confirma, pois com base em circunstâncias, a hipótese mais provável é de que as vestimentas da vítima estavam bagunçadas, pois o suspeito tentou buscar valores em dinheiro que a vítima pudesse ter no corpo, mas ele não portava cartões ou dinheiro”, destaca o delegado, informando ainda que no local do crime foi encontrada apenas a carteira de identidade profissional que ele portava.

Leia Também:  Polícia investiga caso de bolivianos que teriam enterrado feto em quintal

John Lenon teve a prisão temporária convertida em preventiva na última semana e ficará detido durante o curso do procedimento criminal. A prisão foi deferida pelo juiz Flávio Miraglia, da 12ª Vara Criminal de Cuiabá. 

O inquérito foi remetido ao Ministério Público Estadual.

Caso

O jornalista Marcelo Ferraz Leite foi encontrado morto no dia 30 de setembro, em um terreno baldio próximo ao viaduto da Avenida Rubens de Mendonça, no bairro Bosque da Saúde. O corpo tinha sinais de violência física e foi reconhecido pelo pai da vítima, que havia registrado o desaparecimento do filho no dia 28 de setembro, depois que ele saiu de casa e não mais retornou. 

No dia 02 de outubro, a Polícia Militar localizou John Lennon da Silva no bairro Baú, em Cuiabá, depois de receber informações de testemunhas onde ele estaria, e o conduziu à DHPP.

Marcelo Ferraz morreu em decorrência de traumatismo craniano causado por objeto contundente (uma pedra).

Fonte: PJC MT
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Policial

Polícia Civil divulga resultado preliminar e prazo de recurso de processo seletivo

Publicado

Assessoria | PJC-MT

A Polícia Judiciária Civil publicou no Diário Oficial do Estado, que circula nesta segunda-feira ((18.11) o edital nº 004/2019/PJC/MT referente ao resultado preliminar do Processo Seletivo – Analista de Desenvolvimento Econômico e Social – Perfil Analista de Sistemas, e o edital nº 005/2019/PJC/MT que determina a abertura do prazo de recurso referente ao resultado.

Contratação

O processo seletivo tem em vista a necessidade urgente de contratação temporária de analistas de sistemas e programadores para desenvolvimento do Projeto do Inquérito Policial Eletrônico, consideradas as tratativas da Polícia Judiciária Civil junto à Secretaria de Estado de Segurança Pública, Tribunal de Justiça e Ministério Público.

RESULTADO PRELIMINAR E PRAZO DE RECURSO

Fonte: PJC MT
Leia Também:  Polícia Civil prende traficante e fecha boca de fumo em Confresa
Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende homem que tentou matar amiga de companheira a facadas

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Um homem que tentou matar a amiga de sua companheira a facadas foi preso em flagrante pela Polícia Judiciária Civil no domingo (17.11), em Nova Canaã do Norte (699 km ao Norte de Cuiabá), poucas horas após ter praticado o crime.

O suspeito, José Genisson da Silva, 27, teria iniciado as agressões contra a vítima, após se sentir ofendido por ela e foi autuado em flagrante pelos crimes de tentativa de homicídio qualificada e identidade falsa.

O crime ocorreu na noite de sábado (16), por volta das 22h40, em uma residência em que estava o grupo de amigos. Na ocasião, o suspeito, desferiu três golpes de faca contra a vítima (2 no abdômen e um no tórax), após ela dizer que “ele não dava conta da companheira”.

As pessoas que estavam na casa estavam ingerindo bebida alcoólica e após a discussão, o suspeito aproveitou o momento em que a vítima estava distraída para praticfar o crime. Devido à agressividade aplicada, a faca utilizada pelo suspeito chegou a quebrar durante os golpes.

Leia Também:  Delegados laçam livro que trata de assuntos contemporâneos da Polícia Judiciária Civil

A execução da vítima, só não se consumou pelo fato de testemunhas terem intervindo para que ele cessasse as agressões. A vítima foi socorrida pela Polícia Militar e encaminhada ao Hospital Regional de Colíder, onde permanece hospitalizada.

Assim que tomou conhecimento dos fatos, a equipe da Polícia Civil iniciou as diligências para localizar o suspeito, que foi encontrado na residência do seu pai. Na abordagem, ele mentiu o nome aos investigadores, porém diante das informações de que ele era realmente o autor do crime foi realizada a sua prisão em flagrante.

Após ser interrogado pelo delegado, Ruy Guilherme Peral da Silva, o suspeito foi autuado em flagrante pelo crime de tentativa de homicídio qualificado em concurso material com falsa identidade, cuja pena pode chegar a 30 anos de reclusão.

O delegado representou pela conversão da prisão em flagrante em prisão preventiva a fim de se resguardar a ordem pública (repercussão dos fatos graves praticados) e assegurar a regular instrução criminal (risco de coação a testemunhas e à vítima).

Leia Também:  Ações de educação para o trânsito abrangem 350 crianças

“Graças a ação rápida e eficaz realizada pelos policiais da Nova Canaã do Norte foi possível realizar a prisão do suspeito, autor de um crime tão bárbaro ocorrido no município”, destacou o delegado.

Fonte: PJC MT
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana