conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil capacita equipes de plantão especializado e de Delegacias da Mulher

Publicado


.

Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

A Polícia Civil iniciou nesta segunda-feira (03.08) a capacitação das equipes que vão atuar no Plantão Especializado 24 horas para atendimento a vítimas de violência doméstica e sexual em Cuiabá. Além dos plantonistas da Capital, também participam da capacitação as equipes que atuam nas Delegacias Especializadas de Defesa da Mulher do interior do estado.

A capacitação foi organizada pela Diretoria da Polícia Civil e é toda ministrada por meio de videoconferência. São instrutores, delegados da instituição e equipe técnica de delegacias especializadas, membros do Ministério Público Estadual, Poder Judiciário, Conselho Estadual dos Direitos da Mulher e da Universidade Federal de Mato Grosso.

A diretora Metropolitana da Polícia Civil, delegada Ana Paula de Faria Campos, explica que o curso, que segue até o dia 7 de agosto, aborda temas como Lei Maria da Penha, avaliação de risco, rede de enfrentamento à violência doméstica; diretrizes e fluxo de atendimento no plantão especializado; crimes de liberdade sexual conforme as mudanças trazidas pelas leis 13718 e 13772, ambas publicadas em 2018 e o funcionamento do módulo criminal do Processo Judicial eletrônico (PJe).

“Além disso, preparamos nessa capacitação orientações de como deve ser o fluxo de atendimento às mulheres vítimas de violência, sobre o Sistema de Garantias dos Direitos da Criança e do Adolescente, as redes de acolhimento e proteção para essas vítimas, sobre como observar os sinais e tipos de violência e os reflexos nas vítimas e familiares”, explica a diretora.

No primeiro dia da capacitação, os participantes se reuniram com os diretores Ana Paula Campos, Daniela Maidel (de Execução Estratégica) e Walfrido Nascimento (Interior). Em seguida, o coordenador de Plantões Metropolitanos, delegado Walter de Melo Fonseca falou sobre o fluxo de atendimento no plantão. Também nesta segunda-feira, as equipes puderam interagir com a professora da UFMT, Vera Bertoline, que abordou sobre gênero e violência doméstica.

 

Plantão para vítimas de violência 

A unidade de plantão que começará a funcionar a partir do próximo sábado, 8 de agosto, vai atender vítimas de violência doméstica e sexual em Cuiabá. O plantão está instalado no prédio da 2ª Delegacia da Capital, no bairro Planalto, e é uma das medidas adotadas pela Polícia Civil e Secretaria de Estado de Segurança Pública, com apoio da primeira-dama do Estado, Virgínia Mendes, para ampliar o acolhimento, de forma ininterrupta na Capital.

 

Serão atendidas no Plantão 24h ocorrências envolvendo mulheres vítimas de violência doméstica e familiar, conforme a Lei 11.340/2016 (Maria da Penha), além de vítimas de crimes contra a dignidade sexual conforme a Lei 12.015/2009 e as mudanças trazidas com as leis 3718/2018 e 3772/2018 (importunação sexual e violação da intimidade da mulher).  Também serão realizados procedimentos de prisão em flagrante, além de requerimento de medida protetivas, entre outras providências de urgência necessárias, conforme os casos.

A equipe do plantão será formada por cinco delegadas: Nubya Beatriz Gomes dos Reis, Juliana Rado, Vanessa Cunha Garcez, Lizzia Kelly Ferraro Noya e Jannira Laranjeira e mais as equipes de escrivães,  investigadores, assistentes sociais e psicólogas no total de 50 servidores da Polícia Civil.  

Fonte: PJC MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Policial

Polícia Civil localiza 52 bananas de dinamite em área rural de Guarantã do Norte

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

Policiais civis de Guarantã do Norte (715 km ao norte de Cuiabá) localizaram e apreenderam nesta quinta-feira (24), 52 bananas de dinamite. Os explosivos foram encontrados pelos investigadores em uma área de mata, na zona rural do município, após a Delegacia da Polícia Civil receber informações e fazer a checagem.

O delegado Waner dos Santos Neves abrirá investigação para apurar a origem e destino dos explosivos, que poderiam ser utilizados, provavelmente, para a explosão de caixas eletrônicos.

O material apreendido será encaminhado à Gerência de Operação Especiais da Polícia Civil para detonação .

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Policial

Mais uma tonelada de entorpecentes apreendida pelas forças de segurança é incinerada em Rondonópolis

Publicado


.

Assessoria | Polícia Civil-MT

Mais uma tonelada de entorpecentes apreendidos em  Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá) foram incinerados pela Polícia Civil na manhã desta sexta-feira (25.09). A destruição foi realizada em uma empresa no Distrito Industrial da cidade. É a segunda incineração de drogas ocorrida neste ano.    

Aproximadamente uma tonelada das substâncias ilícitas, a maior parte composta por maconha e cocaína, é referente às ações policiais deflagradas na região pelas forças de segurança, no período de março a setembro de 2020. 

A incineração das drogas foi coordenada pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Rondonópolis, que também atua também na investigação dos delitos de tráfico de entorpecentes, após autorização do Poder Judiciário. 

Conforme o delegado da Derf Rondonópolis, Santiago Rozendo Sanches e Silva, mesmo diante da pandemia causada pelo coronavírus, a equipe de policiais civis de Rondonópolis não cessou as atividades relacionadas ao combate ao crime de tráfico, o que reflete no aumento do número de prisões e apreensões em relação ao mesmo período do ano passado. 

De acordo com levantamento da Secretaria de Segurança Pública, entre janeiro e agosto deste ano, as forças de segurança da região de Rondonópolis apreenderam 15% a mais do que o registrado no mesmo período do ano passado. 

“A Polícia Civil  vem realizando o combate efetivo e eficaz tanto aos crimes patrimoniais, quanto ao crime de tráfico de drogas. Neste ano com apoio da Polícia Militar e Polícia Rodoviária Federal, a Derf-Rondonópolis efetuou mais de 100 prisões somente relacionadas ao tráfico”, destacou o delegado Santiago. 

A primeira incineração, de uma tonelada de entorpecentes, foi feita pela Polícia Civil de Rondonópolis em março deste ano. Com a incineração desta sexta-feira, já são duas toneladas de entorpecentes retirados de circulação no comércio ilícito e enfraquecendo a atuação de organizações criminosas. 

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana