conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil apreende menor por morte de adolescente de 13 anos em Sorriso

Publicado


.

Assessoria | PJC-MT

A Polícia Civil de Sorriso (442 km ao Norte) apreendeu um adolescente de 15 anos suspeito da autoria da morte que vitimou uma adolescente de apenas 13 anos de idade. A vítima, Analuiza Nunes do Carmo, estava desaparecida desde a terça-feira (31.03) e o corpo foi encontrado na manhã desta quinta-feira (02.04), em um terreno baldio no bairro Jardim Itália, na cidade.

De acordo com as informações coletadas pela polícia, no dia do desaparecimento a garota utilizou o celular da sua irmã para falar com um rapaz, arrumou a cama com travesseiros para que pensassem que ela estava dormindo e saiu de casa. 

Assim que o corpo foi localizado, a Polícia Civil iniciou as investigações que apontaram o adolescente como principal suspeito do crime. Durante a oitiva de testemunhas, foi possível descobrir que havia um relacionamento entre o suspeito e a vítima.

Segundo o delegado responsável pelas investigações, Nilson André Farias de Oliveira, o menor tinha um namoro sério com outra garota, mas “ficava” com a vítima. “O suspeito teria desconfiado que a vítima estivesse grávida, fato que atrapalharia o seu relacionamento com sua namorada oficial, o que motivou o crime”, disse o delegado. 

No dia do crime, as investigações apuraram que o rapaz estava acompanhado por amigos até um pouco antes de a vítima sair escondida de casa, por volta de 00h40. Ainda de acordo com testemunhas, ele estava bem fisicamente e sem lesões aparentes, porém, no dia seguinte amanheceu com o tornozelo torcido, com fratura evidente e as mãos machucadas, possivelmente devido aos esforços empregados para desferir as agressões contra a vítima. 

Diante das evidências, os policiais realizaram a apreensão do adolescente que foi conduzido à Delegacia de Sorriso para as providências cabíveis.

Fonte: PJC MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Policial

Operação Tamoio: PRF apreende maconha e skunk em Rondonópolis/MT

Publicado


.

Droga estava em mala no compartimento de bagagem de ônibus e foi encontrada com auxílio de cão farejador

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu cerca de 20,5 kg de droga na tarde desta quinta-feira (28), em Rondonópolis. A apreensão foi em decorrência da Operação Tamoio e contou com o auxílio do cão farejador, Rango.

Durante fiscalização na BR-163, a equipe da PRF abordou o ônibus Volvo/Mpolo Paradiso que fazia o itinerário de Foz do Iguaçu/PR à Sinop/MT. Ao utilizar o cão para buscar drogas no compartimento de bagagens, o canino apontou para uma mala onde estavam aproximadamente 10,380 kg de maconha e 10,290 kg de skunk (também conhecida como super maconha).

Os policiais conferiram a identificação da bagagem e constataram que ela pertencia a duas mulheres (20 e 28 anos), que admitiram serem as proprietárias da droga. Contaram aos policiais que compraram a droga em Dourados/MS e que a levariam até Cuiabá/MT.

A ocorrência foi encaminhada para a Polícia Federal em Rondonópolis/MT.

SECOM PRF MT

Fonte: PRF MT

Continue lendo

Policial

Policiais civis prendem em flagrante suspeito por homicídio ocorrido em Guarantã do Norte

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil de Guarantã do Norte (715 km ao norte de Cuiabá) prendeu em flagrante, nesta quarta-feira (28), um suspeito pelo homicídio de um rapaz de 35 anos, ocorrido durante a madrugada.

A Delegacia da Polícia Civil de Guarantã foi acionada no início da madrugada desta quarta-feira sobre uma pessoa que estava caída na Avenida Pioneiro José Nelson Coutinho, paralela à BR-163. No local, a equipe policial constatou que a vítima já se encontrava sem vida e tinha ferimento no peito de arma perfuro cortante.

Com início da investigação, os policiais apuraram que a vítima, morador da cidade, estava apenas de cueca e camisa e próximo ao local foi encontrada uma peça íntima feminina. Durante as diligências, os investigadores verificaram que a vítima estava, na noite anterior, bebendo em um bar junto com um casal e que houve pequenos desentendimentos entre o suspeito e a vítima.

Em buscas pelo casal, a equipe de investigadores localizou um caminhão parado em uma oficina mecânica para conserto. No interior do veículo estava o casal que, em entrevista aos policiais, negou o crime e afirmou que não sabia de nada. Os dois negaram, inclusive, que teriam estado com a vítima na noite anterior. Porém, com base nas divergências apuradas e indícios existentes, a equipe deu voz de prisão aos dois.

Na unidade policial, em entrevista preliminar com o delegado Waner dos Santos Neves, a mulher do suspeito, de 26 anos,  acabou confessando que seu marido matou a vítima porque esta havia lhe cantado. O suspeito, de 48 anos, apresentou versão diferente para o crime, dizendo que não conhecia a vítima que se sentou à mesa em que ele estava com sua esposa. Ainda segundo o suspeito, a vítima começou a desrespeitar sua esposa e por isso resolveram ir embora para seu caminhão.

O suspeito afirmou que estava preparando o jantar, quando a vítima apareceu com uma barra de ferro na mão quando, para se defender, segurou a faca e a vítima teria se chocado contra o instrumento e saído correndo. Nem o suspeito ou a esposa souberam explicaram porque a vítima foi encontrada vestida somente com a roupa íntima e nem sobre o sutiã encontrado na cena do crime.

Considerando as evidências, o delegado determinou o auto de prisão em flagrante do suspeito pelo crime de homicídio qualificado, cuja pena de reclusão é de 12 a 30 anos.  

O corpo da vítima foi encaminhado para necropsia e liberado após conclusão dos trabalhos periciais.

 

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana