conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil amplia em 14% resolução de homicídios na região metropolitana

Publicado

Assessoria/PJC-MT

A Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa, responsável pelas investigações de homicídios na região metropolitana de Cuiabá, encerrou 2019 com um índice de resolutividade de 66,53% dos inquéritos policiais e ainda, 93,15% de localização de pessoas que tiveram desaparecimento registrado. A unidade instaurou 167 novos inquéritos e concluiu e encaminhou à justiça outros 337 que incluem casos referentes a anos anteriores.

Para investigar as ocorrências, a DHPP realizou durante o ano passado 68 operações que resultaram em 157 mandados de prisões e outros 78 de buscas cumpridos. Além disso, 15 pessoas foram presas em flagrante.

Conforme o delegado titular André Renato Gonçalves, o resultado da produtividade é reflexo do esforço incondicional de todas as equipes da DHPP – investigadores, escrivães e delegados – para alcançar o objetivo de 2019 e contribuir com a redução no número de homicídios na região metropolitana da Capital.

“Tivemos crescimento bem maior de inquéritos concluídos em cima dos instaurados, além do índice de resolução dos crimes, que aumentamos em 14%. Fazemos todas as diligências possíveis para se chegar à autoria. Um inquérito a menos em cartório possibilita aumentar o esclarecimento de outros casos”, explica o delegado.

Ocorrências

Em 2019, as equipes da DHPP atenderam 592 ocorrências que incluem homicídios dolosos, roubo seguido de morte (latrocínio), mortes naturais, afogamentos, suicídios, mortes acidentais, encontro de ossada, feto, entre outras ocorrências que envolvam mortes com e sem violência.

Em relação ao número de homicídios em Cuiabá, o ano passado registrou aproximadamente 18% de redução nas mortes dolosas, que ocorre quando há intenção de matar. Na Capital foram registrados 94 homicídios, contra 114 em 2018. Já em Várzea Grande, 52 pessoas morreram em 2019, enquanto o mesmo período do ano anterior totalizou 80 registros.

Os números são referentes ao período de janeiro a dezembro de 2019 e incluem homicídios de vítimas femininas, que foram nove no total, sendo que destes três são homicídios com qualificadora em feminicídio.

DHPP Mais Forte

Durante o ano passado, a Delegacia de Homicídios realizou duas operações com o objetivo de concluir diversos inquéritos em andamento na unidade. Entre agosto e dezembro, as equipes atuaram na conclusão de inquéritos, cumprimento de mandados de prisões e de buscas e apreensões que estavam em aberto. O titular da DHPP destaca que a ação, realizada também no primeiro semestre de 2019, auxiliou na redução do acervo cartorário da delegacia.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Policial

PRF apreende 11.500 maços de cigarro e recupera veículo em Rondonópolis/MT

Publicado


.

Criminosos utilizavam batedor e veículo roubado para transportar a carga

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu duas pessoas, apreendeu uma carga de 11.500 maços de cigarro e recuperou um veículo roubado para o qual foi apresentado documento falso. A ocorrência foi nesta quinta-feira (06), em Rondonópolis.

Através de policiamento orientado por inteligência, a equipe de Operações Especializadas da PRF abordou o veículo VW/Saveiro, com placas de Avaré/SP, conduzida por um homem de 25 anos. Ao proceder a busca veicular, foram encontrados 1.150 pacotes, totalizando 11.500 maços de cigarro. No automóvel, foi encontrado um rádio para comunicação com batedor.

As equipes intensificaram as fiscalizações e encontraram o veículo usado como batedor. O Hyundai/HB20, com placas de Quatro Barras/PR e conduzido por outro homem, também de 25 anos. Dentro do painel do carro, de forma dissimulada, estava o rádio comunicador.

Os automóveis foram encaminhados para Unidade Operacional da PRF e ao realizar uma fiscalização minuciosa, os policiais identificaram sinais de adulteração no VW/Saveiro. Foi possível identificar o automóvel original que possuía registro de furto/roubo. Ainda, o CRLV apresentado para o referido veículo era falso, não constando na base de dados do DENATRAN.

A carga de cigarros era originária de Dourados/MS com destino à Rondonópolis.

Diante da situação, a ocorrência foi encaminhada para Polícia Federal em Rondonópolis.

SECOM PRF MT
e-mail: [email protected]
Instagram: @prf_mt

 

Fonte: PRF MT

Continue lendo

Policial

Homem investigado por estupro de enteada tem prisão preventiva cumprida em Cuiabá

Publicado


.

Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

Equipe da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Cuiabá (Dedm) cumpriu nesta quinta-feira (06.08) um mandado de prisão preventiva contra um homem investigado pela unidade policial por estupro de vulnerável praticado contra sua enteada.

A delegada Nubya Beatriz Gomes dos Reis representou pelo pedido de prisão do suspeito, que é professor, após reunir em inquérito policial elementos probatórios que comprovaram o crime praticado reiteradas vezes contra a vítima que era sua enteada.  

De acordo com a investigação, o suspeito praticava abuso contra a vítima desde que ela tinha sete anos, quando ele ainda era conhecido da família. O investigado aproveitava momentos ou criava situações para ficar a sós com a vítima desde que ela era menor de idade e praticar os abusos, inclusive, fazendo a criança se sentir culpada pela situação. Ele a presenteava com roupas, doces e brinquedos para que a vítima ficasse calada. Neste ano, ele voltou a assediar a vítima por várias vezes.

Além da enteada, o suspeito também é investigado pelo estupro praticado contra outra criança da mesma família.

O mandado de prisão foi expedido pelo juiz Jurandir Florêncio de Castilho Jr, da 14ª Vara Criminal de Cuiabá.

Após o cumprimento do mandado, o investigado foi encaminhado à delegacia e posteriormente irá para a unidade prisional do Capão Grande, em Várzea Grande.

 

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana