conecte-se conosco


Registro Geral

Polêmico, Eduardo Mahon embarca no partido Novo e deve concorrer nas próximas eleições municipais

Publicado

Eduardo Mahon deve se filiar ao partido Novo para encarar as urnas, em 2020

Formado em Direito pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), escritor e membro da Academia Mato-Grossense de Letras, o polêmico advogado, Eduardo Mahon, deve nos próximos dias se filiar ao Novo, partido que teve João Amoêdo como candidato a presidência da República, em 2018. A legenda foi criada em 2011 e prega, sobretudo, a renovação na política nacional. Segundo fonte da coluna, Mahon estaria interessado em concorrer as próximas eleições municipais. A sua principal bandeira será a defesa da cultura mato-grossense. “O que nós vivemos nos últimos anos foi o maior pauperismo cultural da história de Mato Grosso. Foi o maior desamparo cultural da história de Mato Grosso. Não houve nenhum outro governo, na República nova, a partir de 1988, que foi tão ruim quanto ao anterior (Pedro Taques). O gestor entendeu por bem que o cuidado com os aparelhos culturais e com a cultura em geral deveria ser terceirizado para empresas. Isso é fatal para a cultura”, criticou recentemente nas redes sociais

Leia Também:  Rádio ODOC transmite direto de Goiânia, Vila Nova e Cuiabá pela série B; pré-jogo começa às 17h

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Registro Geral

Com fim do abono de 28% previsto na Reforma da Previdência, 43 promotores devem se aposentar em Mato Grosso

Publicado

Procuradores e promotores de Justiça estão aflitos com aprovação de Reforma da Previdência, em MT

Após discussão com a equipe técnica do Ministério Público sobre os pontos considerados mais preocupantes da proposta de emenda à Constituição Estadual relativa à reforma da previdência, na manhã desta quinta-feira (14), o procurador-geral de Justiça, José Antônio Borges Pereira formou uma comissão para elaboração da minuta com as sugestões de alterações que será apresentada pelo Ministério Público ao MTPREV, instituto da previdência do Estado. De acordo com o procurador-geral de Justiça, entre os pontos mais preocupantes da proposta de reforma da previdência apresentada pelo governo do Estado estão a progressão da alíquota patronal, que sairá de 11% para 28%, e a extinção do abono permanência. “Hoje, se cair o abono permanência, nós temos 43 promotores e procuradores de Justiça que vão se aposentar no dia seguinte porque não terão estímulo para ficar. O aumento da alíquota dos servidores de 11% para 14% e o patronal nosso de 11% para 28% também é preocupante. Não podemos ter essa mudança do dia para a noite. Se a pretensão é chegar aos 28%, precisamos ver de que forma chegaremos, qual o prazo para isso acontecer e de que maneira nos adequaremos”, destacou o procurador-geral de Justiça.

Leia Também:  Tribunal de Contas mira 10 prefeituras em sessão que apreciará os balancetes anuais na próxima terça-feira

Continue lendo

Registro Geral

Apesar do “feriadão” prolongado, organizadores da parada da diversidade sexual esperam reunir 20 mil pessoas na Capital

Publicado

Evento da diversidade sexual deve levar milhares as ruas de Cuiabá neste sábado (16)

As cores que formam o arco-íris vão tomar o lugar do cinza de Cuiabá na tarde deste sábado (16). Em sua 17ª edição, a Parada da Diversidade Sexual espera reunir cerca de 20 mil pessoas em prol da “Resistência, Amor e Luta”, tema do movimento deste ano. O ponto de concentração popular será na Praça Ipiranga, a partir das 14 horas, seguindo para Orla do Porto, onde haverá apresentações artísticas regionais e nacionais. Um dos organizadores do encontro, Clóvis Arantes explica que a Parada da Diversidade Sexual é uma maneira de ampliar o espaço de luta, dando visibilidade à causa e levando informação à sociedade. “Continuamos ainda tendo que gritar que existimos e queremos viver segundo nossos desejos. Contrariando à muitas pessoas desinformadas, não buscamos privilégios, mas exigimos igualdade de direitos e respeito às diferenças de cada um”, finalizou.

Leia Também:  Tensão nos bastidores durante julgamento no TRE que definiu a cassação da senadora Selma Arruda
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana