conecte-se conosco


Mato Grosso

PM se consolida como maior estrutura de Segurança Pública da Cuiabá dos 300 anos

Publicado

A Polícia Militar, com um efetivo de cerca de 1.300 policiais somente em Cuiabá, consolida-se como a maior estrutura do Sistema de Segurança Pública na Capital mato-grossense que nesta segunda-feira (08.04) completa 300 anos.

Além desses 1.300 policiais que atuam no policiamento de rotina, que são as ações ostensivas de prevenção e repressão à violência, também conta com outros 400 homens das unidades especializadas (Bope, Rotam, Regimento de Cavalaria, Ambiental e Trânsito).

Em setembro de 1835, quando foi criada com a denominação ‘Homens do Mato’, a Polícia Militar era formada por um capitão no cargo de comandante, três cabos e 24 soldados como força operacional. Hoje a divisão da PMMT responsável pelo policiamento ostensivo de Cuiabá é o 1º Comando Regional, cuja sede administrativa está localizada na Avenida Filinto Muller, 1982, bairro Quilombo.

Operacionalmente, o 1º CR está subdividido em cinco batalhões, 21 companhias e cinco núcleos distribuídos nos bairros de Cuiabá, nos distritos e em alguns municípios próximos.

Policiais treinados para atuação em ocorrências de complexidade compõem a 20ª Companhia de Força Tática de Cuiabá 

Em fevereiro deste ano, Cuiabá recebeu de presente uma nova unidade, a 20ª Companhia Independe de Força Tática, que é especializada e veio para atuar exclusivamente na área do 1º CR. É que os batalhões especializados, como Rotam e Bope, apesar de sediados na Capital, são de jurisdição estadual e podem ser acionados para atuar em todo território de Mato Grosso.

Leia Também:  Cridac oferece atendimento terapêutico aos pacientes cadastrados

O coronel Wankley Corrêa Rodrigues, 44 anos, é o comandante do 1º CR. Cacerense de nascimento e cuiabano de coração, Rodrigues é casado com uma cuiabana, Suelene Márcia Rodrigues. Pai de Wankley Filho, 13, e padrasto de Willian, 22, o coronel Rodrigues se orgulha não só da carreira que construiu como oficial, mas, principalmente, por ter chegado ao comando maior CR da Polícia Militar.

No Estado, a PM está dividida em 15 comandos regionais e um especializado. Maior não só em número de policiais e viaturas que todos os dias vão às ruas (cerca de 150), também em conflitos e demandas. Com seus 607 mil habitantes (dados do IBGE de 2018), Cuiabá é a 20ª capital do país em densidade populacional.

“Comandar Cuiabá é um orgulho, que acredito seria de todo coronel, pela grandeza do aparato policial e os desafios característicos da maior cidade do Estado em população fixa e flutuante”, avalia Rodrigues.

Cel Rodrigues, comandante do 1º CR, se sente orgulhoso de estar à frente das ações de prevenção e repressão à violência em Cuiabá 

À frente do 1º CR há sete meses, Rodrigues diz que entre as prioridades de seu comando está a proximidade com a população, ou seja, reconhecer em habitantes e suas lideranças grandes e importantes parceiros da Segurança Pública.

Leia Também:  PM prende oito suspeitos de envolvimento em roubos em estabelecimentos comerciais

“Queremos trabalhar cada dia mais próximo, ao lado do cidadão”, completa. Há duas semanas Rodrigues organizou um encontro com mais de 200 lideranças de bairros para apresentar dados, debater e traçar ações e projetos com a participação dos moradores.

Outras prioridades, cita, é a inteligência, o uso da pesquisa, do conhecimento e da informação para subsidiar a elaboração de planos e a tomada de decisão no combate à criminalidade. Ele também prioriza a análise criminal, ou seja, o estudo dos dados, locais e modalidades de crimes para depois traçar e executas medidas estratégicas.

Um pouco de história

A história de criação da PMMT está prevista na lei 30, de 5 de setembro de 1835, homologada pelo então presidente da Província de Mato Grosso, Antônio Pedro Castro. Os fatos e relatos dessa trajetória estão no livro ‘A Polícia de Mato Grosso – História e Evolução de 1835 a 1985’, de autoria do coronel da PMMT e historiador cuiabano Ubaldo Monteiro (in memoriam).

Fonte: GOV MT
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Mato Grosso

Governador participa de posse de juiz eleitoral no TRE

Publicado

O governador Mauro Mendes participou da posse do advogado Jackson Coutinho, no cargo de juiz membro do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE), na manhã desta sexta-feira (06.12). Esta será a segunda vez que o advogado assume uma cadeira no TRE. Em 2017, ele foi eleito para a função de juiz substituto.

“Desejo muita sorte nessa nova passagem pelo Tribunal. Ele tem o respeito da sociedade e a experiência de quem já contribuiu com a Justiça Eleitoral”, destacou o governador.

Jackson Coutinho ficará na função de juiz membro pelo período de dois anos. Ele foi escolhido por meio de lista tríplice, pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, após eleição no Tribunal de Justiça de Mato Grosso. A vaga que ele assume a partir desta sexta-feira é originária do quinto constitucional, para advogados com mais de 10 anos de exercício profissional.

“Essa é uma honrosa missão de representar a advocacia. Esse privilégio, eu recebo como reconhecimento e isso é o que mais me sensibiliza aos muitos anos de dedicação ao direito e a justiça”, destacou, acrescentando ainda que tem a obrigação por bem representar a advocacia mato-grossense nas eleições de 2020.

Leia Também:  Segurança Pública deflagra operação na região de Barra do Garças

Ainda para o jurista, o próximo ano será de combate às “Fake News”, principalmente, no momento em que vive o país de “renovação da esperança”.

Fonte: GOV MT
Continue lendo

Mato Grosso

Sequência de mutirões leva serviços de cidadania a 14 mil moradores da zona rural de MT

Publicado

O Mutirão Rural 2019 realizou cerca de 42 mil atendimentos para moradores da zona rural de 62 municípios de Mato Grosso, entre os meses de abril e outubro. O  projeto é do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-MT), promovido em parceria com a Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc-MT).

Ao todo, foram 14 mil mato-grossenses atendidos com serviços de cidadania, como emissão do CPF, segunda via de certidões (casamento, nascimento, óbito), carteira de pescador, orientações da carteira de trabalho, fotocópias, plastificação de documentos e foto 3×4.

Os municípios beneficiados foram Porto Estrela, Cáceres, Lambari D’ Oeste, Mirassol D’ Oeste Porto Espiridião, Jauru, Figueirópolis D’ Oeste, Vila Bela Santíssima Trindade, Paranatinga, Nova Ubiratã, Nobres, Várzea Grande, Nova Brasilândia, Chapada dos Guimarães, Santo Antônio do Leverger, Acorizal, Nossa senhora do Livramento, Poconé, Matupá, Apiacás, Nova Bandeirantes, Paranaíta, Carlinda, Nova Canaã do Norte, Tabaporá, Porto dos Gaúchos, Juara, Feliz Natal e Lucas do Rio Verde.

A secretária adjunta de Cidadania e Inclusão Socioprodutiva, Rosineide Porcionato, lembra que o órgão trabalha com a atenção voltada para o atendimento de pessoas vulneráveis e destaca a importância dos serviços prestados.

Leia Também:  Seplag realiza leilão de bens móveis inservíveis

“A pasta tem procurado parceiros para levar serviços básicos, que auxiliam em questões práticas da vida. A nossa intenção é proporcionar o mínimo, que é a dignidade, para que estas pessoas deixem a invisibilidade social”, afirma.

Fonte: GOV MT
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana