conecte-se conosco


ELEIÇÕES 2020

PM PC terão 550 hoimens e 158 viaturas para garantir eleições tranquilas neste domingo

Publicado

Com o objetivo de garantir a tranquilidade na realização do segundo turno das Eleições Municipais 2020, em Cuiabá, a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT) empregará 527 profissionais, que atuarão no próximo domingo (29). Também serão colocadas à disposição 143 viaturas das forças estaduais, além de um helicóptero.

Neste pleito, que definirá o próximo prefeito da capital mato-grossense, 378.097 eleitores estão aptos a votar, distribuídos por 158 locais de votação. Com a realização das eleições apenas na cidade de Cuiabá, a expectativa é que a votação seja ainda mais tranquila que o primeiro turno, conforme ressalta o secretário adjunto de Integração Operacional da Sesp-MT, coronel PM Victor Fortes.

“Terá policiamento das forças estaduais nos locais de votação, para garantir que a pessoa exerça seu direito ao voto, e também serão feitas rondas ostensivas, tudo isso sem prejudicar o policiamento rotineiro e atendimento a outras ocorrências. A Polícia Federal ficará responsável pela apuração dos crimes eleitorais, além das demais forças que estarão a postos para atuar quando necessário”.

Do efetivo estadual empregado, 383 policiais e 115 viaturas são da Polícia Militar (PM-MT), 14 policiais e três viaturas são da Polícia Judiciária Civil (PJC-MT), 92 integrantes e 17 viaturas do Corpo de Bombeiros Militar (CBM-MT), 31 profissionais e 8 viaturas são da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), 07 integrantes e um helicóptero do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer).

O Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), localizado na Sesp-MT abrigará novamente o Grupo de Gestão Integrada (GGI), composto por membros da Secretaria, do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) e da Polícia Federal (PF).

“As forças de segurança estarão novamente nas ruas para prevenir e reprimir crimes eleitorais e assegurar uma votação tranquila, e a participação da sociedade. A área de segurança está à disposição do TRE para o que for necessário”, afirma o secretário de Estado de Segurança, Alexandre Bustamante.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ELEIÇÕES 2020

Emanuel: de vereador mais novo em 88, reeleito em Cuiabá em 20 e forte candidato ao governo em 22

Publicado

De família tradicional cuiabana, Emanuel Pinheiro, 55, chega ao seu segundo mandato com  XXX votos. Emanuel é advogado, mas nunca exerceu a profissão.

Filho do deputado federal Emanuel Pinheiro da Silva Primo e de Dona Maria Helena de Freitas, Emanuel seguiu os passos do pai.

Já com 23 anos, foi eleito pelo PFL como o vereador mais novo de Cuiabá, em 1988, reelegendo-se 1992, com a terceira maior votação. Dois anos depois, sem completar o mandato, foi eleito deputado estadual, também reeleito em 1998.

Em 2000, disputou pelo PFL o executivo de Cuiabá, tendo como vice Odete Trechand, não conseguindo êxito. Na disputa pela reeleição ao cargo na Assembleia em 2002, não teve sucesso, mas em janeiro 2005, assumiu  a Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes Urbanos, na gestão do então prefeito Wilson Santos.]

Retornou a Assembleia Legislativa de Mato Grosso em 2010, eleito pelo Partido da República (PR) com mais de 20 mil votos. Em 2014 foi reeleito.

No PMDB candidatou-se a prefeitura de Cuiabá em 2016 e terminou o pleito eleito no segundo turno das eleições municipais de 2016. Pinheiro recebeu 60.41 por cento dos votos, enquanto Wilson Santos (PSDB) obteve 39.59 por cento dos votos.

Com a reeleição, impõe derrota não apenas a Abílio, mas ao governador Mauro Mendes, que praticamente assumiu a sua campanha, indicando, inclusive, o marqueteiro Antero Paes de Barros, que vinha de derrotas em outras candidaturas no interior do Estado.

A vitória, a depender da gestão, lhe coloca como forte candidato à sucessão estadual em 2022, devendo enfrentar Mauro Mendes, que pode buscar a reeleição.

Continue lendo

ELEIÇÕES 2020

Vereador é flagrado comprando voto, mas foge da polícia, confirma TRE

Publicado

Sem informar exatamente em qual seção e bairro, o TRE informou que o vereador Marcrean Santos, do PP, foi flagrado em atividade de compra de votos.

O vereador fugiu do local, após a aproximação da polícia.

Marcrean faz parte da base do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), que concorre com Abilio Júnior (Podemos) à reeleição.

De acordo com a assessoria do  juiz auxiliar da Corregedoria Regional Eleitoral, Jurandir Florêncio de Castilho, o vereador só não foi detido porque evadiu-se do local. Os que fazem boca de urna e incorrem em crime eleitoral são levados para o Tribunal Regional Eleitoral.(T.R.E), onde estão instalada uma área de detenção provisória.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana