conecte-se conosco


Polícia Federal

PF realiza prisão dos acusados de furto qualificado à agência dos Correios no interior do Tocantins

Publicado

Palmas/TO –  A Polícia Federal deflagrou nessa manhã (27/11) a operação Gato do Mato, visando desarticular grupo criminoso envolvido em arrombamentos aos Correios, no Tocantins.

Aproximadamente 35 Policiais Federais cumprem três mandados de prisão preventiva e cinco mandados de busca e apreensão, expedidos pela 4ª Vara Federal da Seção Judiciária do Estado do Tocantins, nos municípios de Palmas, Pedro Afonso, Almas, Porto Nacional e Formoso do Araguaia.

A investigação teve início após o furto mediante arrombamento contra a agência dos Correios de Pedro Afonso/TO, na madrugada de 7 de abril deste ano. Após deixarem a agência, os criminosos foram abordados por policiais militares, mas conseguiram fugir a pé, abandonando o veículo utilizado no crime.

Em maio deste ano, um dos autores veio a óbito após confronto com a Polícia Militar. Durante a ação um policial foi alvejado no peito, mas foi protegido pelo colete balístico. O autor dos disparos e mais dois indivíduos haviam sido surpreendidos nas proximidades do rio Araguaia, no município de Caseara, onde estavam em um veículo roubado em outro assalto, a um estabelecimento comercial em Luzimangues, distrito de Porto Nacional.

Os investigados devem responder pelo crime de furto qualificado, cuja pena pode superar 10 anos de reclusão.

 

 

E-mail: [email protected]

(63) 9 9204-3219

***O nome da operação faz alusão a animal terrestre de hábitos noturnos, muito ágil e que costuma caçar e se deslocar durante a noite, para se proteger dos predadores de hábitos diurnos.

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Polícia Federal

PF e forças de segurança realizam apreensão de caminhão com carregamento ilícito de cigarros paraguaios

Publicado


.

Guaíra/PR – Na madrugada de quinta feira, dia 09/07, mais uma grande apreensão foi realizada por equipes que participam da OPERAÇÃO HÓRUS, integrada pela POLÍCIA FEDERAL, COBRA/BPFRON e COE/BOPE da PMPR, TIGRE/PCPR, BOPE/PMMS, FORÇA NACIONAL e pelo EXÉRCITO BRASILEIRO, com apoio da SEOPI – Secretaria de Operações Integradas/MJSP.

 Durante patrulhamento de rotina na zona rural de Guaíra/PR, policiais desta integração visualizaram movimentação suspeita em propriedade rural da região e resolveram realizar aproximação para fiscalização.

 Na tentativa de abordagem, os policiais realizaram acompanhamento tático de um caminhão, mas os criminosos empreenderam fuga em meio à plantação de milho, não sendo localizados. Foram apreendidos um caminhão Mercedes Benz 1113 * e aproximadamente *500 caixas de cigarros contrabandeados do Paraguai.

Os materiais apreendidos foram encaminhados à Delegacia de Polícia Federal de Guaíra para os procedimentos de praxe.

 

 

Comunicação Social PF/Guaíra/PR

Disque denúncia: (44) 3642-9131

 

Comunicação Social BPFRON/PMPR

Disque denúncia: (41) 9106-6815

Continue lendo

Polícia Federal

Operação Medida por Medida investiga grupo criminoso que atuava no Instituto de Pesos e Medidas do Amapá

Publicado


.

Macapá/AP – A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta quinta-feira (9/7), a Operação Medida por Medida*, para desarticular organização criminosa que atuava na ocultação e/ou supressão de processos destinados à aplicação de penalidades pelo Instituto de Pesos e Medidas do Estado do Amapá (IPEM/AP), no Amapá.

Estão sendo cumpridos seis mandados de busca e apreensão, em residências e escritório de advocacia em Macapá/AP. Durante as buscas, dois homens foram presos em flagrante por posse ilegal de arma de fogo e munições e conduzidos à Superintendência da Polícia Federal para lavratura da prisão em flagrante. As armas e munições foram apreendidas.

As investigações iniciadas através de denúncia  apontaram para o desaparecimento, ocorrido no ano de 2015, de processos de multas aplicadas por descumprimento de normais legais à empresa comercial varejista de combustíveis automotivos. Apurou-se que os investigados, de forma deliberada, negociavam os processos suprimidos, tendo cada participante da organização papel fundamental no esquema criminoso. No total, desapareceram 22 processos de multas aplicadas pelo IPEM/AP à empresa investigada, cuja soma dos valores das penalidades ultrapassa R$ 500 mil.

Os investigados poderão responder, na medida de suas responsabilidades, pelos crimes de organização criminosa e contra a fé pública. Se condenados, poderão cumprir pena de até 14 anos de reclusão.

Comunicação Social da Polícia Federal no Amapá

[email protected]

 www.pf.gov.br

(96) 3213-7500

*Medida por Medida é o nome de uma peça escrita por Shakespeare que faz referência aos que deveriam cuidar da coisa pública, mas não o fazem por motivações pessoais.

 

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana