conecte-se conosco


Polícia Federal

PF prende em flagrante empregado da Caixa por fraude ao auxilio emergencial

Publicado

São José do Rio Preto/SP. A Polícia Federal, a partir de informações do setor de segurança da Caixa Econômica Federal, prendeu em flagrante nesta quinta-feira, 2/06, um empregado do banco pela prática de fraude relacionada ao auxílio emergencial.

Os policiais federais se dirigiram até a agência situada em José Bonifácio/SP e efetuaram a prisão no momento em que o funcionário praticava o crime. O preso foi conduzido à Delegacia de Polícia Federal em São José do Rio Preto.

A fraude consistia na alteração de dados cadastrais dos reais beneficiários para que outras pessoas pudessem receber indevidamente os valores do auxílio emergencial destinado a pais solteiros, cujas parcelas residuais estão sendo pagas em 2022. Dessa forma, os reais beneficiários tiveram os valores subtraídos de suas contas por meio das ações do empregado da Caixa.

Essa ação é fruto da parceria entre a Polícia Federal e a Caixa, resultante de uma união de esforços denominada Estratégia Integrada de Atuação contra as Fraudes ao Auxílio Emergencial (EIAFAE), da qual participam a Polícia Federal, Ministério Público Federal, Ministério da Cidadania, CAIXA, Receita Federal, Controladoria-Geral da União e Tribunal de Contas da União.

Os objetivos da atuação interinstitucional conjunta são a identificação de fraudes massivas e a desarticulação de organizações criminosas, com a responsabilização de seus integrantes, além de recuperar os valores para o erário.

Comunicação Social da Polícia Federal em São Paulo
Fone: (11) 3538-5013
E-mail: [email protected]

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Polícia Federal

Comunicado – período de defeso eleitoral

Publicado

Brasília/DF – Diante das limitações e proibições impostas pela legislação eleitoral durante o período de Defeso Eleitoral – que se inicia em 2 de julho e termina em 2 de outubro, podendo ser estendido até 30 de outubro, no caso de eventual segundo turno, e conforme orientação contida no Ofício-Circular nº 257/2022/SEI-MCOM, as notícias publicadas até 01/07/2022 neste portal estão ocultas.

A Polícia Federal está à disposição por meio do e-mail [email protected] para envio de qualquer informação ou fato noticioso que teve que ser ocultado durante o período de defeso eleitoral.

Coordenação-Geral de Comunicação Social
[email protected]
(61)2024.8142

Fonte: Polícia Federal

Continue lendo

Polícia Federal

PF deflagra operação de repressão a crimes patrimoniais

Publicado

Campo Grande/MS – Nesta sexta-feira (1/7), a Polícia Federal deflagrou a Operação Mokõi Hova, que teve como objetivo o cumprimento de dois mandados de prisão, expedidos pela Justiça Federal de Campo Grande/MS, na investigação do furto qualificado da agência Caixa Econômica Federal de Aquidauana/MS, na qual os autores destruíram a parede que dá acesso ao cofre e subtraíram vultosa quantia em dinheiro.

As investigações avançam para demonstrar a existência de uma organização criminosa dedicada à prática deste tipo de crime, tanto é que, recentemente, os mesmos indivíduos já haviam sido presos em situação similar à ocorrida em Aquidauana/MS. 

A apuração demonstrou que um dos presos nesta data fornecia informações essenciais para a atuação da organização criminosa, pois trabalhava como contratado da empresa que prestava serviços à CEF. 

 O nome da operação Mokõi Hova tem origem guarani e significa duas faces.

Comunicação Social da Polícia Federal em Mato Grosso do Sul

@policiafederal

@policiafederalms

Fonte: Polícia Federal

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana