conecte-se conosco


Polícia Federal

PF mira organização criminosa especializada no tráfico internacional de drogas

Publicado

Natal/RN – A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quarta-feira, 13/7, a Operação Maritimum visando desarticular organização criminosa especializada no tráfico internacional de drogas e lavagem de dinheiro que atuava nos terminais portuários do Nordeste e Sudeste, principalmente, tendo como bases as regiões de Natal/RN, Salvador/BA e Baixada Santista.

Cerca de 350 policiais federais e 28 policiais do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar do Rio Grande do Norte (BOPE-PM/RN) estão cumprindo 46 mandados de prisão preventiva e 90 mandados de busca e apreensão expedidos pela 2ª Vara Criminal da Justiça Federal/RN nos estados do Rio Grande do Norte, São Paulo, Bahia, Pernambuco, Rio de Janeiro, Ceará e Pará.

Durante as investigações, iniciadas no final de 2021, foi identificado um grupo logístico responsável pelo transporte e armazenamento da droga oriunda da fronteira do Brasil com os países produtores e, em seguida, realizada a “contaminação” de contêineres, ou seja, introduziam entorpecentes nas cargas de frutas e outras mercadorias que teriam como destino os portos da Europa.

Durante o transcorrer do Inquérito Policial foram realizadas apreensões de drogas nos Portos de Santos/SP, Salvador/BA, Natal/RN, Fortaleza/CE e Barcarena/PA, além da interceptação de cargas nos países europeus de destino (Bélgica, França e Países Baixos), totalizando cerca de 8 toneladas de cocaína apreendidas durante o curso da investigação.

A Polícia Federal também identificou que três dos maiores traficantes em atividade no Brasil eram os destinatários dessa droga no exterior, um deles preso recentemente na Hungria.

Além dos integrantes do núcleo operacional da quadrilha, diversas pessoas físicas e empresas foram utilizadas para lavar o dinheiro do crime, ocultando e dissimulando a origem dos valores ilícitos com o objetivo de criar uma rede estruturada de tráfico internacional de drogas por intermédio da exportação de mercadorias. Nesse ponto, foi deferido o bloqueio do valor de R$ 169,6 milhões nas contas bancárias dos investigados.

Os presos nesta operação estão sendo encaminhados para as sedes da Polícia Federal no Rio Grande do Norte, São Paulo, Bahia, Pernambuco, Rio de Janeiro, Ceará e Pará, e responderão na medida das suas participações, pelos crimes de integrar organização criminosa (art. 2º da Lei nº 12.850/2013); tráfico internacional de drogas (art. 33, caput c/c 40, inciso I, da Lei 11.343/2006) e lavagem de dinheiro (art. 1º da Lei 9.613/1988), dentre outros em apuração.

O nome da Operação “Maritimum” é uma alusão ao modus operandi da organização criminosa que utilizava o transporte marítimo para exportar a cocaína aos portos europeus.

Não haverá entrevista coletiva.

Comunicação Social da Polícia Federal no Rio Grande do Norte

(84) 3204-5588

[email protected]

Fonte: Polícia Federal

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Polícia Federal

PF prende mulher com mais de 3kg de cocaína no Aeroporto de Foz do Iguaçu

Publicado

Foz do Iguaçu/PR. Na manhã deste sábado, 13/8, a Polícia Federal prendeu em flagrante uma paraguaia de 28 anos que transportava 3,320kg de cocaína. A prisão ocorreu no Aeroporto Internacional das Cataratas, em Foz do Iguaçu.

A estrangeira, uma paraguaia, pretendia embarcar para a Espanha em voo com escala em Paris, na França. Os policiais federais, após fiscalização de rotina, identificaram a droga oculta no interior do forro da mochila despachada por ela.

A mulher foi encaminhada à Delegacia Regional da Polícia Federal em Foz do Iguaçu para lavratura do auto de prisão em flagrante e responderá pelo crime de tráfico internacional de drogas, cuja pena pode chegar até 15 anos de reclusão.

Comunicação Social da Polícia Federal em Foz do Iguaçu/PR

CS/PF/Foz

[email protected]

 

Disque-Denúncia

(45) 99116-8691 (telefone/Whatsapp)

Fonte: Polícia Federal

Continue lendo

Polícia Federal

PF prende mulher com cédulas falsas de cem reais que vinham em envelopes pelos Correios

Publicado

Foz do Iguaçu/PR – Policiais federais efetuaram uma prisão em flagrante, no sábado (13/8), de uma mulher que havia retirado um envelope contendo diversas cédulas de cem reais falsas.

Os policiais federais, após investigações, identificaram uma encomenda que continha diversas notas falsas de cem reais, cujo destinatário se apresentaria em uma agência dos Correios em Foz do Iguaçu/PR, para retirada da mesma.

Na manhã do sábado, uma mulher, de 26 anos, apresentou-se na agência e retirou o envelope com as notas falsas. Com a identificação da destinatária, os policiais realizaram a abordagem e efetuaram a prisão em flagrante após a constatação das cédulas falsas.

A mulher, que reside no Paraguai, afirmou ter pago trezentos reais por mil reais em cédulas falsas e não soube responder onde usaria tais cédulas adquiridas.

A mulher e as cédulas falsas foram encaminhadas para a Delegacia de Polícia Federal em Foz do Iguaçu/PR, para a lavratura do flagrante e realização dos demais procedimentos pertinentes.

Comunicação Social da Polícia Federal em Foz do Iguaçu/PR

CS/PF/Foz

[email protected]

Disque-Denúncia

(45) 99116-8691 (telefone/Whatsapp)

Fonte: Polícia Federal

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana