conecte-se conosco


Polícia Federal

PF investiga desvio de verba pública da saúde

Publicado

Cruzeiro/SP. A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira, (1/7), em Piquete/SP, a segunda fase da operação EQUIDNA, com a finalidade de aprofundar as investigações em torno de irregularidades no contrato de gestão celebrado entre a prefeitura do aludido município e uma organização social.

Nesta fase da operação são cumpridos um mandado de busca e apreensão e medidas de constrição patrimonial em desfavor da ex-prefeita municipal de Piquete/SP, mandatária no período de 2013 a 2020. Durante as investigações, foram verificados indícios de que a entidade foi contratada para gerir a saúde municipal, entre os anos de 2014 a 2019, porém não tinha recursos humanos e materiais para suportar o objeto contratado, passando a realizar a quarteirização ilícita de suas atividades, em contratos com empresas pertencentes aos próprios dirigentes da organização, ou sem objeto específico.

As investigações apontam indícios de que agentes públicos da municipalidade eram coniventes com o expediente espúrio. Cabe mencionar que irregularidades no contrato de gestão da mesma organização social com a Prefeitura de Guarujá/SP deram origem à OPERAÇÃO NÁCAR, que gerou a prisão do prefeito daquele município em setembro de 2021.

Durante as buscas os policiais arrecadaram a quantia de R$ 35 mil em espécie e um veículo de luxo. Se confirmadas as suspeitas, os investigados poderão responder por peculato, fraude a licitações e associação criminosa, cujas penas, abstratamente cominadas, ultrapassam 19 anos de reclusão.

Delegacia de Polícia Federal em Cruzeiro

Comunicação Social Telefone: (12) 2122-2901

Fonte: Polícia Federal

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Polícia Federal

PF investiga possível estelionato contra o INSS

Publicado

Presidente Prudente/SP. A Polícia Federal cumpriu, na última sexta-feira, 5/8, mandado de busca e apreensão, com o objetivo de angariar mais provas contra estelionatário que, de posse de senhas de acesso ao portal “MEU INSS”, em nome de terceiras pessoas, obtidas junto a servidora do INSS ainda não identificada, praticava fraudes diversas.

A busca visou, ainda, a identificação de outros eventuais crimes e participantes da empreitada criminosa. A investigação teve início em 2021, quando a PF, no decorrer de outra investigação policial, em Presidente Prudente/SP, descobriu fatos que indicavam a prática de corrupção por parte de servidora do INSS, que, em tese, teria recebido vantagem indevida para cadastrar e fornecer senhas de acesso ao portal “MEU INSS.

Como resultado da busca, foram apreendidos 5 celulares, 13 RG’s aparentemente falsificados, 12 espelhos de RG’s, 11 espelhos CNH’s, 24 cartões bancários em nome de terceiros, bem como outros materiais que podem contribuir para a elucidação dos crimes investigados.

Comunicação Social da Polícia Federal em Presidente Prudente

Fonte: Polícia Federal

Continue lendo

Polícia Federal

PF apreende mais de 20 kg de cocaína no Aeroporto Internacional de São Paulo

Publicado

Guarulhos/SP – A Polícia Federal, prendeu, entre os dias 5 e 6/8, no Aeroporto Internacional de São Paulo, seis pessoas tentando embarcar com cocaína em voos internacionais.

Policiais federais, que atuam com o auxílio de cães farejadores, abordaram um passageiro que embarcaria para Doha, no Catar, e, ao inspecionar sua bagagem, encontraram 3 kg de cocaína nas estruturas de uma mala. O passageiro, nacional da Bósnia, foi preso em flagrante.

Em outra ação, a mesma equipe de policiais, encontrou 8 kg de cocaína em fundos falsos das quatro malas pertencentes a um casal de brasileiros que pretendia embarcar para Goa, na Índia.

Também em fundos falsos encontrado em malas, mais de 8 kg de cocaína foram apreendidos na posse de uma brasileira e de um homem, nacional da Bolívia. A mulher, que transportava mais de 2 kg da droga, tinha como destino final Istambul, na Turquia, e o outro passageiro, em cuja mala foi apreendido quase 6 kg do entorpecente, tinha como destino Dubai, nos Emirados Árabes.

Com um homem, que embarcaria para Serra Leoa, os policiais federais apreenderam 4 kg de cocaína dentro de 156 pacotes de suco em pó. O suspeito, que foi preso pelos policiais tentando se evadir do aeroporto, possui cidadania nipo-brasileira.

Os suspeitos serão apresentados à Justiça Federal, onde poderão responder pelo crime de tráfico internacional de drogas.

Comunicação Social no Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos

Contato: (11) 2445-2212

Fonte: Polícia Federal

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana