conecte-se conosco


Polícia Federal

PF faz operação contra fraudes nos saques do PIS no Paraná

Publicado

Curitiba/PR – A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira, 18/03, fase ostensiva em investigação de combate a saques fraudulentos no PIS (Programa Integração Social). Policiais federais cumpriram dois mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão preventiva, na cidade de Curitiba, contra suspeito de utilizar documentos falsos para realizar saques do PIS pagos pela Caixa Econômica Federal, no Paraná. 

As investigações foram iniciadas em novembro de 2019, quando uma pessoa tentou realizar um saque fraudulento de PIS na cidade de Palmeira/PR, utilizando documento falso. Na mesma data, no período da tarde, uma outra pessoa tentou realizar um saque na agência da cidade de Ponta Grossa/PR, nos mesmos moldes, sendo descoberto e detido pelos vigilantes.

Na ação que ocorreu em Ponta Grossa/PR, constatou-se que o golpe contava com um comparsa que dava cobertura do lado de fora da agência bancária e que depois foi identificado como sendo a mesma pessoa que tentou realizar o saque na cidade de Palmeira/PR. Isto porque um indivíduo do lado de fora quebrou o vidro da porta giratória com uma pedra, causando grande estrago na agência, ao perceber que o parceiro não conseguia sair da agência bancária. No dia, o comparsa do lado de fora conseguiu fugir antes da chegada da polícia, mas o suspeito detido pelos vigilantes da agência foi preso em flagrante.

O homem que fugiu naquela ocasião foi identificado na investigação conduzida pela PF e foi preso preventivamente na cidade de Curitiba/PR nesta quarta-feira. O comparsa continua detido e já foi denunciado.

O suspeito preso foi conduzido para a custódia da Superintendência Regional da Polícia Federal em Curitiba/PR, sendo indiciado como autor dos seguintes crimes: duas tentativas de estelionato qualificado, uso de documento público falso, por conta de fraudes tentadas nas cidades de Palmeira e Ponta Grossa, além dos crimes de dano, falsidade ideológica e uso de documento falso.

Se condenado, poderá ter penas de até 18 anos de reclusão.

 

[email protected]

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Polícia Federal

Polícias Federal, Militar e Penal cumprem mandados de busca no Presídio de Feira de Santana

Publicado


.

Feira de Santana/BA – Nesta quinta-feira (2/4), a Polícia Federal e a Polícia Militar, com auxílio da Polícia Penal, cumprem mandados de busca e apreensão em celas do Presídio Regional de Feira de Santana, objetivando localizar especialmente celulares que eram utilizados por lideranças de facção criminosa para repassar ordens e orientações de dentro do sistema prisional para serem executadas por criminosos na rua.

A ação faz parte de investigação que buscou mapear as atividades ilícitas das principais lideranças da organização detidas naquele estabelecimento prisional, que serão transferidas para o Presídio de Segurança Máxima de Serrinha.

Os investigados responderão pelo crime de organização criminosa, que prevê pena de três a oito anos de reclusão.

 

Comunicação Social da Polícia Federal na Bahia

[email protected] | www.pf.gov.br

Contato: 71 98732-0787

Continue lendo

Polícia Federal

PF, em ação integrada, realiza outra grande apreensão no Paraná

Publicado


.

Jardim Paredão/PR – Na quarta-feira (1/4), mais uma grande apreensão foi realizada por equipes que participam da OPERAÇÃO HÓRUS, integrada pela POLÍCIA FEDERAL, COBRA/BPFRON/PMPR, TIGRE/PCPR, BOPE/PMMS, BOPE/COE/PMPR, FORÇA NACIONAL e pelo EXÉRCITO BRASILEIRO, com apoio da SEOPI – Secretaria de Operações Integradas/MJSP.

Durante patrulhamento de rotina na zona rural de Jardim Paredão/PR, policiais encontraram depósito de ilícitos mantido em chácara da região. Dentro do depósito, foram encontradas várias caixas vazias de cigarros paraguaios.

Em continuidade aos levantamentos de informações, os policiais suspeitaram de uma grande quantidades de caminhões em uma borracharia localizada no Jardim Paredão. Ao realizarem uma checagem dos veículos, puderam perceber que eram veículos utilizados para a prática de ilícitos.

Diante dos fatos, a equipe policial continuou em diligências e encontrou os proprietários da chácara que ficava em frente ao depósito e da oficina. Eles formam conduzidos até a Delegacia da Polícia Federal em Guaíra, juntamente com os materiais apreendidos, para os procedimentos de praxe.

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Guaíra/PR
Disque denúncia: (44) 3642-9131

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana