conecte-se conosco


Polícia Federal

PF faz operação contra fraudes nos saques do PIS no Paraná

Publicado

Curitiba/PR – A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira, 18/03, fase ostensiva em investigação de combate a saques fraudulentos no PIS (Programa Integração Social). Policiais federais cumpriram dois mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão preventiva, na cidade de Curitiba, contra suspeito de utilizar documentos falsos para realizar saques do PIS pagos pela Caixa Econômica Federal, no Paraná. 

As investigações foram iniciadas em novembro de 2019, quando uma pessoa tentou realizar um saque fraudulento de PIS na cidade de Palmeira/PR, utilizando documento falso. Na mesma data, no período da tarde, uma outra pessoa tentou realizar um saque na agência da cidade de Ponta Grossa/PR, nos mesmos moldes, sendo descoberto e detido pelos vigilantes.

Na ação que ocorreu em Ponta Grossa/PR, constatou-se que o golpe contava com um comparsa que dava cobertura do lado de fora da agência bancária e que depois foi identificado como sendo a mesma pessoa que tentou realizar o saque na cidade de Palmeira/PR. Isto porque um indivíduo do lado de fora quebrou o vidro da porta giratória com uma pedra, causando grande estrago na agência, ao perceber que o parceiro não conseguia sair da agência bancária. No dia, o comparsa do lado de fora conseguiu fugir antes da chegada da polícia, mas o suspeito detido pelos vigilantes da agência foi preso em flagrante.

O homem que fugiu naquela ocasião foi identificado na investigação conduzida pela PF e foi preso preventivamente na cidade de Curitiba/PR nesta quarta-feira. O comparsa continua detido e já foi denunciado.

O suspeito preso foi conduzido para a custódia da Superintendência Regional da Polícia Federal em Curitiba/PR, sendo indiciado como autor dos seguintes crimes: duas tentativas de estelionato qualificado, uso de documento público falso, por conta de fraudes tentadas nas cidades de Palmeira e Ponta Grossa, além dos crimes de dano, falsidade ideológica e uso de documento falso.

Se condenado, poderá ter penas de até 18 anos de reclusão.

 

[email protected]

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Polícia Federal

PF e PRF prendem dois traficantes com mais de 30 kg de cocaína em Quissamã/RJ

Publicado


.

Quissamã/RJ – Na manhã de hoje, 10/07, policiais federais, em ação conjunta com a Polícia Rodoviária Federal, prenderam dois homens transportando mais de 30 kg de pasta base de cocaína, em Quissamã/RJ, no Norte Fluminense.

A ação ocorreu durante fiscalização de rotina na rodovia BR-101 e contou com a troca de informações de inteligência entre os órgãos (PF e PRF). A droga foi encontrada pelos policiais, em compartimento preparado para ocultar drogas, no interior de dois veículos, também, apreendidos na ação.

Os policiais avistaram os carros em atitude suspeita e após abordagem e buscas minuciosas lograram êxito em encontrar as drogas que, segundo informações, teriam como destino a cidade Campos/RJ.

 Os presos foram encaminhados com a droga e os veículos apreendidos para formalização do Auto de Prisão em Flagrante na Delegacia de Polícia Federal em Macaé/RJ.

 

Comunicação Social da Polícia Federal no Rio de Janeiro

[email protected] | www.pf.gov.br

(21) 2203-4404 / 4405 / 4406 / 4407

Continue lendo

Polícia Federal

PF combate circulação de moeda falsa em Congonhas/MG

Publicado


.

Belo Horizonte/MG – A Polícia Federal deflagrou hoje, 10/7/2020, a Operação Policial “Argentum Profhetas”, para combater o crime de moeda falsa na cidade mineira de Congonhas/MG.

A PF representou por quatro mandados de busca e apreensão, todos expedidos pela 9ª Vara da Justiça Federal em Belo Horizonte e cumpridos em Congonhas.

As investigações, que tiveram início em abril deste ano, identificaram uma quadrilha especializada no derrame de cédulas falsas naquela cidade e em vários estados da Federação. Restou apurado que os investigados colocavam em circulação cerca de 60 mil reais em moeda falsa por mês.

Durante a deflagração, foram apreendidos dois envelopes, contendo cerca de 3.500 reais em cédulas falsas. As apurações e demais diligências prosseguem.

Seguindo todos os protocolos de cuidados do Ministério da Saúde em face da pandemia do Covid-19, a Polícia Federal continua trabalhando para a manutenção da lei e da ordem, preservando o estado democrático de direito.

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Minas Gerais

[email protected] | www.pf.gov.br

(31) 3330-5270

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana