conecte-se conosco


Polícia Federal

PF, em operação conjunta, prende suspeitos do homicídio de um servidor federal

Publicado


.

Palmas/TO – A Polícia Federal informa a prisão dos envolvidos no assassinato de servidor federal, encontrado morto em sua propriedade rural próxima ao município de Aparecida do Rio Negro, na tarde da última quarta-feira (9/9).

Os supostos autores do crime fugiram do local levando pertences da vítima, sua arma e seu veículo.

Logo em seguida iniciaram-se as buscas por todas as Forças Policiais, sendo que a primeira prisão foi realizada pela Polícia Civil na sexta-feira (11) em Porto Nacional. O segundo suposto envolvido no crime, o caseiro da propriedade da vítima, que havia fugido e se escondido na mata desde então, foi localizado pela equipe da Polícia Federal em zona rural entre os municípios de Silvanópolis e Monte do Carmo.

Preso, o caseiro confessou o cometimento do crime e relatou que a arma roubada estaria escondida em um estabelecimento comercial em Silvanópolis. Diligências foram efetuadas imediatamente, a arma foi localizada e a pessoa que estava na posse do armamento foi encaminhada para a central de flagrantes.

Os dois envolvidos com o assassinato do servidor da Polícia Federal e o envolvido na guarda do armamento roubado foram presos e se encontram recolhidos na Casa de Prisão Provisória de Palmas.

A Polícia Federal agradece o valioso apoio prestado pela Polícia Militar, Polícia Civil e Polícia Rodoviária Federal na elucidação do caso e na prisão dos acusados.

 

Comunicação Social da Polícia Federal no Tocantins

Fone: (63) 3236-5440
E-mail: [email protected]pf.gov.br

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia Federal

PF incinera aproximadamente 800 kg de drogas no Rio Grande do Norte

Publicado


.

Natal/RN – A Polícia Federal, com a devida autorização da Justiça, e sob forte esquema de segurança, incinerou nesta quinta-feira, 24/9, no alto-forno de uma usina na Zona Rural de Arês, Região Metropolitana de Natal, aproximadamente 781 kg de drogas, entre maconha e cocaína, e mais 10 kg de fenacetina/tetracaína, que são substâncias comumente utilizadas pelos traficantes para misturar e acrescentar volume à cocaína.

O montante destruído é resultante de apreensões realizadas neste ano no Aeroporto Internacional Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante, bem como no Porto de Natal. Em tais ações, um total de nove suspeitos foram presos em flagrante.

Acompanharam a incineração, no dia de hoje, a Polícia Federal, um promotor de Justiça e fiscais da Vigilância Sanitária.
Somente em 2020, a PF já incinerou mais de duas toneladas de drogas apreendidas no Rio Grande do Norte.

 

Comunicação Social da Polícia Federal no Rio Grande do Norte

Fone: (84) 3204-5588

Continue lendo

Polícia Federal

Polícia Federal cumpre mandados em Salvador/BA visando combater o tráfico internacional de drogas

Publicado


.

Salvador/BA – A Polícia Federal deu cumprimento hoje (24/9) a três mandados de prisão temporária e cinco mandados de busca e apreensão na capital baiana, expedidos pela Justiça Federal de Salvador, visando desarticular organizações criminosas estabelecidas na Bahia especializadas no tráfico internacional de entorpecentes.

 As medidas são desdobramentos de investigações iniciadas a partir de grandes apreensões de cocaína no Porto de Salvador ocorridas nos últimos meses, que tinham como destino a Europa. Com o avanço das diligências, foram identificados os motoristas responsáveis pela introdução das drogas no porto, dentro de contêineres com produtos prontos para exportação.

Os motoristas eram cooptados e recebiam vultosos valores para que, após a saída da empresa exportadora, desviassem os caminhões até um local determinado pela quadrilha com o objetivo de inserir a droga nos contêineres junto com a carga lícita e posteriormente passar pela fiscalização do terminal portuário.

As apreensões que deram início às investigações decorreram de ações conjuntas de fiscalização da Polícia Federal com a Receita Federal no Porto de Salvador que resultaram na apreensão de quase 3 toneladas de cocaína. As diligências prosseguem para a identificação e responsabilização de outras pessoas envolvidas no esquema ilícito.

Os investigados serão indiciados pelos crimes de tráfico internacional de entorpecentes e organização criminosa.

Comunicação Social da Polícia Federal na Bahia

[email protected]

www.pf.gov.br

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana