conecte-se conosco


Polícia Federal

PF e CGU deflagram Operação Nota Zero

Publicado

Campo Grande/MS – A Polícia Federal (PF), com apoio técnico da Controladoria Geral da União (CGU), deflagrou nesta quarta-feira (8/5) a Operação Nota Zero, que objetiva desarticular organização criminosa especializada em fraudar licitações na construção e reforma de escolas estaduais no âmbito da Secretaria de Estado de Educação do Mato Grosso do Sul (SED/MS).

Cerca de 55 policiais federais e 8 servidores da CGU cumprem 12 mandados de busca e apreensão em Campo Grande/MS, expedidos pelo Juízo da 5ª Vara Federal, após manifestação do Ministério Público Federal. 

A investigação apura fraudes em contratos firmados pela SED/MS e empresas de construção civil, bem como colhe mais elementos de prova da prática de crimes de corrução passiva e ativa, peculato e organização criminosa, entre outros. O objetivo é demonstrar a existência de um grupo de empresas previamente escolhidas para vencer as licitações, obstando a participação de empresas idôneas que não participam do teatro criminoso, e que estabelecem um rodízio nos certames dentro da SED/MS.

 

Até o presente momento, constatou-se a prática ilícita envolvendo oito processos licitatórios abertos pela SED/MS: uma Concorrência de mais de R$ 2 milhões e outras sete Tomadas de Preços, que somam mais R$ 7 milhões. Deverão ser identificados, durante a investigação, os valores correspondentes às fraudes e às propinas pagas a integrantes da organização criminosa.

A operação foi denominada Nota Zero em alusão ao fato de as fraudes serem praticadas em licitações para a construção e reforma de escolas estaduais do Mato Grosso do Sul.

Será concedida entrevista coletiva, às 10h, no auditório da Superintendência Regional da Polícia Federal em Campo Grande/MS.

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia Federal

Polícia Federal resgata menores que haviam sido retirados ilegalmente do país

Publicado


Epitaciolândia/AC – A Polícia Federal encontrou, na tarde de ontem (16), próximo à fronteira com a Bolívia, duas crianças que eram procuradas no Brasil.

As crianças haviam sido retiradas do país pelo pai, que já tinha contra si um mandado de prisão, e estava extorquindo a mãe para retirar notícia de violência doméstica em seu desfavor, como meio de resgate para devolver os menores.

A mãe, que não havia consentido com a retirada do país, denunciou a extorsão à Polícia Federal, que prontamente diligenciou e acionou a Interpol, incluindo o mandado em difusão vermelha.

Em continuidade, a Policia Federal acionou suas adidâncias na Bolívia e na Colômbia, que agiram junto às policias locais para encontrar o paradeiro dos menores e do foragido.

Na tarde dessa sexta feira, a Polícia Federal obteve a informação que o fugitivo e as crianças haviam retornado ao Brasil, pela fronteira com a Bolívia. A equipe diligenciou até o local, vindo a encontrar os menores em uma fazenda. O procurado fugiu pela área de floresta em direção a Bolívia.

Após resgatados, os menores foram entregues à mãe.

Comunicação Social da PF

Continue lendo

Polícia Federal

PF apreende 7 mil reais em notas falsas

Publicado


Rio de Janeiro/RJ – Nesta sexta-feira (16/4), a Polícia Federal prendeu em flagrante, em uma agência dos Correios em Campo Grande, um homem que recebeu uma encomenda contendo grande quantidade de cédulas de 50 e 100 reais falsas, cujo montante chega aproximadamente a R$ 7 mil. O envolvido já havia sido preso anteriormente pela prática do mesmo delito.

A ação faz parte de um trabalho maior que visa coibir o comércio de moeda falsa pela internet, via Correios.

O homem foi conduzido para a Superintenderia da Polícia Federal no Rio de Janeiro, onde foi autuado pela prática do crime previsto no art. 289, § 1º, do Código Penal.

Comunicação Social da Polícia Federal no Rio de Janeiro

Fone: (21) 2203-4404 / 4405 / 4406 (atendimento à imprensa)
E-mail: [email protected]

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana