conecte-se conosco


Polícia Federal

PF desarticula organização criminosa voltada ao tráfico

Publicado

Cuiabá/MT. A Polícia Federal cumpre, na manhã desta terça-feira (14), 2 mandados de prisão e 3 mandados de busca e apreensão para desarticular associação criminosa que realizava o tráfico interestadual de drogas, tendo como origem os estados de Rondônia e Mato Grosso e como destino São Paulo.

As investigações iniciaram-se quando dois integrantes da associação criminosa foram presos em flagrante transportando 594kg de cocaína e de pasta base de cocaína, em janeiro de 2022, no município de Porto Esperidião/MT.

Os presos em flagrante possuíam vinculo familiar, sendo que o pai era o motorista do veículo batedor e o filho exercia a função de motorista do automóvel que transportava o entorpecente.

Com o aprofundar das investigações, foi identificado que, além dos presos em flagrantes, havia colaboração de outros dois familiares que davam suporte logístico e financeiro.

Foram expedidos 2 mandados de prisões e 3 mandados de busca e apreensão a serem realizados na cidade de Cacoal/RO.

Além disso, foi determinado pela Justiça Estadual de Mato Grosso, a ordem de bloqueio de todos os veículos identificados, bem como o bloqueio de valores em até R$ 9.711.400,07 (nove milhões, setecentos e onze mil, quatrocentos reais e sete centavos).

As investigações terão continuidade para identificar novos envolvidos e descapitalizar toda essa associação criminosa.

O nome da operação faz referência ao vínculo familiar dos associados para o tráfico interestadual de drogas.

Comunicação Social da Polícia Federal em Mato Grosso

[email protected]

(65) 992848987

Instagram: @policiafederal_mt

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Polícia Federal

Polícia Federal deflagra operação de repressão ao contrabando e descaminho na fronteira com o Uruguai

Publicado

Santana do Livramento/RS – A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (5/7) deflagrou nesta terça-feira (5/7) a Operação Fruto Proibido, para apurar a internalização de mercadorias ilícitas provenientes do Uruguai. Foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão na cidade de Santana do Livramento.

O Inquérito Policial teve início em junho de 2018, após a prisão em flagrante de um indivíduo que transportava acessórios de armas, drogas, equipamentos eletrônicos, suplementos alimentares, equipamentos médicos e roupas. A mercadoria estava em um caminhão e tinha valor estimado em R$ 1,5 milhão.

A investigação aponta que os membros do grupo criminoso atuam na logística do transporte dos produtos ilícitos desde 2009. A apuração também indica a participação de outros indivíduos especializados na internalização de mercadorias sem o devido cumprimento da legislação brasileira.

A Operação foi denominada como Fruto Proibido uma vez que foi identificado que o grupo criminoso também foi responsável pela internalização de laranjas provenientes do Uruguai, sem o cumprimento das regras sanitárias.

Comunicação Social da Polícia Federal em Santana do Livramento

Fone: (55) 3241-9000/(55) 99125-9987

Fonte: Polícia Federal

Continue lendo

Polícia Federal

PF investiga roubo de encomendas postais

Publicado

Vila Velha/ES – A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (5/7) a Operação Nuntio, com o cumprimento de um mandado de prisão e um mandado de busca e apreensão no município Guarapari. A ação contou com o apoio de policiais militares, que ajudaram na localização do preso.

A investigação busca determinar a participação de outras pessoas no roubo de encomendas postais, em especial de telefones celulares, além dos receptadores desses materiais.

 

ENTENDA O CASO

No dia 16 de fevereiro deste ano, um homem armado assaltou um veículo dos Correios que realizava entregas na Praia do Morro em Guarapari. Após a ação violenta contra o funcionário, o criminoso fugiu do local em direção à Rodovia do Sol levando o veículo e toda sua carga.

As investigações então levaram a um indivíduo, de 32 anos, com três registros anteriores por roubo, um por receptação e um por posse de drogas.  Ele não reagiu à prisão e aos policiais confirmou ser o autor do crime ocorrido em fevereiro. Além disso, em sua casa foram encontrados objetos roubados à época.

A PF agora prosseguirá com a análise do material apreendido, buscando revelar a exata extensão dos crimes praticados pelo preso e se haveria participação de outras pessoas.

CRIMES INVESTIGADOS

O preso responderá pela prática de roubo e poderá receber uma pena de 4 a 10 anos de reclusão com aumento de pena de 2/3 em razão do emprego de arma de fogo.

 

A PARCERIA COM OS CORREIOS

A Polícia Federal trabalha em parceria permanente com a área de segurança dos Correios e vem atuando para evitar o cometimento de crimes contra seus funcionários e garantir o transporte seguro de suas encomendas.

ALERTA

A Polícia Federal faz um alerta para a pessoas que adquirem produtos com valores muito abaixo dos praticados pelo comércio formal, em especial os telefones celulares, pois podem estar adquirindo produtos oriundo de crime.

A Polícia tem como chegar a estes aparelhos e, a depender das circunstâncias, o comprador poderá também responder pelo crime de receptação.

 Busque saber a procedência desses produtos, exija nota fiscal e, do contrário, não adquira, pois é a aquisição deles que movimenta a ação dos criminosos que se dispõe a furtar e a roubar esses objetos.

 

Comunicação Social da Polícia Federal no Espírito Santo
Telefones: (27) 3041-8051/8029

Celular: (27) 99941-0650

Fonte: Polícia Federal

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana