conecte-se conosco


Polícia Federal

PF desarticula organização criminosa que causou R$ 30 mi de prejuízo aos Correios

Publicado

Brasília/DF – A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (26/7) a Operação Rota de Flandres* para desarticular organização criminosa, formada por uma transportadora e por uma empresa de informática instaladas na região do Vale do Itajaí/SC, que teria se estruturado para fraudar a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos.

Policiais federais cumpriram um mandado de busca e apreensão no município de Gaspar/SC, expedido pela 1ª Vara Federal de Itajaí/SC. A operação se deu em parceira com a Diretoria de Segurança Corporativa dos Correios.

De acordo com as investigações, que foram iniciadas com com base em notícias-crimes enviadas pelos Correios, as empresas investigadas agiam em conexão com uma agência franqueada dos Correios em São Paulo/SP para coletar encomendas naquela região e transportá-las ilegalmente para a citada agência, como se as empresas estivessem instaladas em São Paulo/SP, o que não corresponderia à realidade. Em troca, a suposta organização criminosa receberia comissões referentes as encomendas levadas irregularmente para postagem na agência em São Paulo.

As encomendas transportadas de forma irregular podem ter somado em quatro anos até um milhão de envios, o que aumentou o faturamento desta agência, enquanto fazia diminuir consideravelmente o das agências instaladas no estado de Santa Catarina.

O grupo investigado fazia as empresas e indústrias da região do Vale do Itajaí/SC acreditarem que estavam negociando com representantes legítimos dos Correios, criando um falso programa denominado “Correio Nacional”, o qual, contudo, não existia.

Os delitos praticados podem ter resultado em prejuízo aos Correios na quantia estimada de R$ 30 milhões, devido ao transporte ilegal de suas encomendas, tendo os criminosos se passado por parceiros dos Correios, mantendo empresas em erro, principalmente da região do Vale do Itajaí/SC.  Pequenas agências franqueadas da região arcaram com prejuízos relevantes ou até fecharam por falta de encomendas postadas em sua circunscrição.

Os envolvidos poderão responder, além de ilícito contratual, pelos crimes de organização criminosa, estelionato em desfavor de entidade de direito público, concorrência desleal, sonegação tributária e apropriação indébita, podendo as penas somadas ultrapassarem 30 anos.

*O nome da operação advém das antigas rotas alternativas de especiarias que remontam à antiguidade greco-romana.

Coordenação-Geral de Comunicação Social da Polícia Federal
[email protected]
(61) 2024.8142

Fonte: Polícia Federal

publicidade
1 comentário

1 comentário

  1. Alexandre disse:

    Onde está a ilegalidade nisso? O pacote só será dos Correios a partir do momento que for postado. Antes disso, ele pertence a empresa vendedora, e ela tem o direito de postar onde ela quiser.
    A empresa de transporte em questão emite nota de serviço, conhecimento de frete, tudo na legalidade. Cadê a fraude nisso?

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Polícia Federal

PF prende estrangeira com cocaína no Aeroporto de Foz do Iguaçu/PR

Publicado

Foz do Iguaçu/PR – Policiais federais realizaram, na noite de ontem (6/8), a prisão de uma passageira estrangeira transportando cocaína, com passagem para Madrid, na Espanha.

Por volta das 19h, policiais federais realizavam fiscalização nos passageiros no Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu/PR. Ao abordar uma passageira de nacionalidade paraguaia, de 25 anos, os policiais notaram certo nervosismo e decidiram realizar uma revista.

Foram encontrados cerca de 2,5 kg de cocaína presos às pernas da passageira, envoltos com fitas plásticas. Após o flagrante, os policiais federais deram voz de prisão e encaminharam a passageira e a droga para a Delegacia de Polícia Federal em Foz do Iguaçu/PR, para a lavratura do flagrante.

Comunicação Social da Polícia Federal em Foz do Iguaçu/PR

CS/PF/Foz

[email protected]

Disque-Denúncia

(45) 99116-8691 (telefone/Whatsapp)

Fonte: Polícia Federal

Continue lendo

Polícia Federal

Polícia Federal apreende 47 kg de cocaína na BR 101

Publicado

Itajaí/SC – A Polícia Federal apreendeu na BR 101, na última sexta-feira (5/8), 47 kg de cocaína que estavam escondidos no tanque de combustível de um veículo proveniente do Mato Grosso do Sul.

O veículo vinha sendo acompanhado pela PF em razão da suspeita da prática de crimes por seu condutor e foi abordado quando transitava na BR 101, sentido norte-sul, na altura do km 122, em Itajaí.

 Na vistoria, foram encontrados 47 tabletes de cocaína ocultos no tanque de combustível. A droga teria sido trazida da fronteira brasileira com o Paraguai.

O motorista do veículo, que permaneceu em silêncio em seu interrogatório, foi preso em flagrante pelo crime de tráfico internacional de entorpecentes e se encontra à disposição da Vara Criminal Federal de Itajaí.

Comunicação Social da Polícia Federal em Itajaí

[email protected] | www.pf.gov.br

47-3249-6796

Fonte: Polícia Federal

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana