conecte-se conosco


Polícia Federal

PF desarticula organização criminosa que atuava como banco paralelo financiando atividades criminosas

Publicado


Rondonópolis/MT – A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (1º/12) a Operação Argentarius, que tem o objetivo de desestruturar uma organização criminosa que atuava como um banco paralelo financiando atividades criminosas como tráfico de drogas, contrabando de agrotóxico, roubo e adulteração de carga de insumos agrícolas.

Estão sendo cumpridos 29 mandados de busca e apreensão nas cidades de Rondonópolis/MT (23), Cuiabá/MT (4), Paranavaí/PR (1) e Santana do Araguaia/PA (1).

As investigações mostraram que foram movimentados mais de meio bilhão de reais. Apenas entre os dois principais alvos, as movimentações superaram R$ 220 milhões. Foi constatado que os valores movimentados e os bens são incompatíveis com a renda declarada pelos envolvidos aumentando as suspeitas de que sejam produto de atividades criminosas.

Verificou-se também a existência de laranjas que emprestavam suas contas para ocultar a origem e destino dos valores. Da mesma forma, essas pessoas não possuem poder econômico para tais movimentações.

Também foi verificada a existência de várias empresas de fachada, as quais não possuíam nenhum funcionário registrado e indicavam endereços inexistentes.

O nome da operação faz referência aos Argentarius, que eram personagens do Império Romano responsáveis por bancos de depósito e operações de câmbio. Eram bancos particulares, com atuação, portanto, semelhante ao do principal alvo da Operação.

Comunicação Social da Polícia Federal em Mato Grosso

Fone: (65) 99284-8987
E-mail: [email protected]

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia Federal

Polícia Federal prende comprador de cédulas falsas em Navegantes/SC

Publicado


Navegantes/SC – A Polícia Federal prendeu em flagrante na tarde desta sexta-feira (21/01) um morador do bairro Gravatá, em Navegantes, que adquiriu cédulas falsas de real e as recebeu via Correios.

Trabalho de triagem realizado pelos Correios e pela Polícia Federal identificou que a encomenda, postada em outro Estado, conteria cédulas possivelmente falsas de real. Diante desses fatos, uma equipe de policiais federais aguardou que o adquirente recebesse sua encomenda e realizou a abordagem.

No objeto postal havia 26 cédulas falsas no valor de R$ 20 e 10 cédulas falsas no valor de R$ 50. Preso em flagrante, o comprador confessou os fatos delituosos, afirmando que comprou as notas de uma pessoa que conheceu pela internet.

Delegacia de Polícia Federal em Itajaí
[email protected] | www.pf.gov.br
47-3249-6796

Continue lendo

Polícia Federal

PF cumpre mandados em endereços ligados a homem assassinado no Recreio

Publicado


Rio de Janeiro/RJ – A Polícia Federal, em operação conjunta com o Gaeco/MP/RJ, cumpriu nesta sexta-feira (21/01) quatro mandados de busca e apreensão em endereços vinculados a um homem assassinado, na madrugada de ontem (20/01), na saída de uma casa noturna no Recreio, zona oeste do Rio.

Na ação, os policiais federais apreenderam quatro veículos de luxo, avaliados em aproximadamente R$ 1 milhão, além de documentos relacionados às suas empreitadas criminosas e dinheiro. Além disso, foi determinado bloqueio de todas as contas a ele vinculadas.

Os mandados foram cumpridos em três endereços no Recreio dos Bandeirantes, sendo uma residência, em condomínio de luxo, e outros dois, em prédios comerciais. Além de um galpão, em Olaria, zona norte do Rio.

Durante o cumprimento do mandado em residência localizada no bairro Recreio dos Bandeirantes, um homem de 63 anos foi preso, em flagrante, na posse irregular de três armas de fogo.

O assassinado era investigado por organização criminosa, lavagem de capitais, crime contra a economia popular e porte ilegal de arma de fogo.

Comunicação Social da Polícia Federal no Rio de Janeiro
[email protected] | www.gov.br/pf
(21) 2203-4404 / 4405 / 4406 / 4407

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana