conecte-se conosco


Polícia Federal

PF deflagra Operação Pentaedro do Fogo no sul do Amazonas

Publicado


Manicoré/AM – A Polícia Federal, com apoio logístico do Exército Brasileiro e da Força Aérea Brasileira, deflagrou nesta terça-feira (20/4) a Operação Pentaedro do Fogo, com o objetivo de investigar, entre outros ilícitos, práticas de queimada, desmatamento ilegal e usurpação de Terras da União nos municípios de Apuí, Manicoré (Santo Antônio do Matupi) e Maués, todos no sul do Amazonas.

Durante a operação, foram cumpridos 27 mandados de busca e apreensão, sendo 10 em Apuí/AM, 4 no Distrito de Santo Antônio do Matupi (Manicoré/AM), 4 em Novo Aripuanã/AM, 2 em Maués/AM, 1 em Humaitá/AM, 1 em Porto Velho/RO, 1 em Alta Floresta/MT, 1 em Balneário Camboriú/SC e 3 em Porto União/SC.

 ENTENDA O CASO

Segundo as investigações, após diligências em campo e análise de imagens de satélite pelo sistema Planet, de alta precisão, foram identificados 10.093 focos de incêndio em municípios do sul do Amazonas no período de 01/08/2020 a 20/08/2020.

Analisando as propriedades de onde emanaram os focos de incêndio, foram descobertas sobreposições de Cadastro Ambiental Rural (CAR), nas quais um mesmo CAR englobava mais de uma propriedade. Por meio de análise da sequência temporal das imagens de satélite, foi possível identificar a origem da queimada e, com levantamentos em banco de dados, descobrir a identidade dos responsáveis.

Essa metodologia inédita da Polícia Federal, a partir de investigações retrospectivas sobre práticas de incêndios, também tem por objetivo a prevenção a esse tipo de ilícito na região, uma vez que afasta a esperança de impunidade.

Além disso, a PF reuniu provas e fortes indícios de possíveis casos de usurpação de terras da união e falsidade ideológica, visto que fazendas com aparência de propriedade única foram parceladas como se fossem propriedades distintas e, assim, violar a legislação que rege a regularização fundiária no país, principalmente no tange às vedações e ao limite de hectares (artigo 5°, inciso II e artigo 6°, §1° da Lei 11.952 de 2009, respectivamente). A título de exemplo, em uma das fazendas investigadas, há uma extensa área rural de pelo menos 3.871 hectares, associada a três integrantes de uma mesma família, sendo que, embora tenham sido cadastrados três CARs distintos, tudo indica que se trata de um único imóvel rural, que foi indevidamente parcelado com o intuito de burlar o limite descrito na lei, que são de 2.500 ha (dois mil e quinhentos hectares).

Os investigados poderão responder, na medida de suas responsabilidades, pela prática de queimadas, desmatamento ilegal e usurpação de terras da união, entre outros possíveis crimes. Se condenados, poderão cumprir pena de até 15 anos de prisão.

O nome da operação faz referência aos elementos necessários a dar início à combustão, conhecidos como “tetraedro do fogo”, que são: combustível, comburente, calor e reação em cadeia. No caso das queimadas ilegais, entretanto, há um quinto elemento: a AÇÃO HUMANA. Daí advém, portanto, o nome da operação, Pentaedro do Fogo.

Comunicação Social da Polícia Federal no Amazonas

Instagram: @pfmazonas | Facebook: /pfamazonas Youtube: /pfamazonas | Twitter: /pfamazonas

[email protected] | www.pf.gov.br

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia Federal

Polícia Federal desarticula organização criminosa especializada no tráfico de drogas em Cruzeiro do Sul/AC

Publicado


Cruzeiro do Sul/AC – A Polícia Federal, em ação conjunta com a Polícia Civil do Estado do Acre, deflagrou nesta terça-feira (11/5) a Operação CRIMINALIS NEXUM 2, que busca desarticular organização criminosa voltada, principalmente, ao tráfico de drogas na cidade de Cruzeiro do Sul/AC, além de outros crimes.

Ao todo foram cumpridos seis mandados de busca e apreensão e cinco mandados de prisão preventiva. Os mandados foram expedidos pela Vara de Delitos de Organizações Criminosas da Comarca de Rio Branco. Participaram da operação 20 policiais federais e 6 policiais civis.

Durante a ação, uma pistola Glock 380 foi apreendida. Os alvos foram conduzidos à Delegacia de Polícia Federal para a adoção dos procedimentos de polícia judiciária e, posteriormente, encaminhados à Unidade Penitenciária Manoel Néri da Silva – UPMN, em Cruzeiro do Sul/AC, para ficarem à disposição da Justiça.

A investigação conduzida pela Polícia Federal no Acre foi denominada de CRIMINALIS NEXUM, do latim conexão criminosa, faz referência à troca de mensagens de cunho criminoso recuperadas pela Polícia Federal de celulares encontrados dentro de celas do presídio Manoel Neri, em que membros faccionados presos eram mandantes e organizadores da organização criminosa.

Em consideração a pandemia causada pela COVID-19, todas as cautelas foram tomadas, para a segurança de todos os envolvidos.

Comunicação Social da Polícia Federal no Acre

Fone: (68) 3212-1200 / 3212-1211/ 3212-1213
E-mail: [email protected]

Continue lendo

Polícia Federal

Polícia Federal apreende 200 kg de maconha em Três Lagoas/MS

Publicado


Três Lagoas/MS – A Polícia Federal, em continuidade aos trabalhos de repressão ao tráfico ilícito de drogas, prendeu em flagrante, nesta terça-feira (11/5), um suspeito do crime de tráfico interestadual de drogas.

Após recebimento de informações, a equipe policial diligenciou no município, identificando o veículo que seria utilizado para transportar a carga. O suspeito foi abordado já na Rodovia Marechal Rondon, no interior paulista.

Em vistoria veicular, foram encontrados diversos tabletes de maconha separados em fardos, nos bancos traseiros e porta-malas, que pesaram aproximadamente 200 kg.

O abordado foi levado para a Delegacia de Polícia Federal de Três Lagoas/MS, onde informou ter sido contratado para conduzir o veículo carregado com a droga de Três Lagoas/MS até o interior de São Paulo, sendo autuado em flagrante por tráfico interestadual de droga.

Comunicação Social da Polícia Federal no Mato Grosso do Sul

 Fone: (67) 3368-1105

[email protected] / www.pf.gov.br

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana