conecte-se conosco


Polícia Federal

PF deflagra operação para combater exploração ilegal de madeiras em áreas demarcadas

Publicado

Porto Velho/RO – A Polícia Federal deflagrou hoje (17/3) a Operação Deforest 2, para dar continuidade a investigações a respeito de um grupo criminoso dedicado à exploração ilegal de madeira das áreas de preservação demarcadas na região da Ponta do Abunã, distrito de Porto Velho/RO.

Policiais federais dão cumprimento a 20 mandados de busca e apreensão e a 20 mandados de bloqueio e sequestro de bens, nas cidades de Porto Velho/RO, Ariquemes/RO, Lábrea/AM e Rio Branco/AC. As medidas judiciais foram expedidas pela 3ª Vara da Justiça Federal em Porto Velho/RO.

As investigações iniciaram a partir de denúncias e relatórios de fiscalização dos órgãos ambientais, além de informações obtidas em operações anteriores. Foi apurada a prática reiterada da extração ilegal de madeira das Terras Indígenas, Florestas e Parques Nacionais no entorno do distrito de Vista Alegre do Abunã/RO.

 A partir da notícia crime encaminhada à Polícia Federal, foi possível a identificação de pessoas físicas, madeireiros, “laranjas” e “toreiros”, bem como pessoas jurídicas (madeireiras), que criaram uma estrutura criminosa para a retirada ilegal de madeira da reserva, falsificação de créditos florestais e lavagem de dinheiro decorrente dessas infrações.

 Durante as investigações da Operação Deforest 2, constatou-se que as madeiras beneficiadas por serrarias situadas no Distrito de Vista Alegre do Abunã/RO vinham, em sua maioria, das áreas de preservação da União. Após beneficiadas, as madeiras extraídas da reserva indígena ou parque nacional eram comercializadas, com lastro em DOFs que continham informações falsas acerca de sua origem.

 Os indiciados serão ouvidos na sede da Polícia Federal e responderão, na medida de sua participação, pelos crimes de organização criminosa, extração ilegal de madeira, falsidade ideológica, inserção de dados falsos e lavagem de capitais.

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Rondônia/RO

Contato (69) 3216-6242

 

*** O termo “Deforest” é uma alusão a atividade de desmatamento ilegal, um dos principais objetivos da organização criminosa, e decorreu da análise e compartilhamento das informações arrecadadas na fase 1, deflagrada em outubro de 2019.

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Polícia Federal

PF investiga crime contra a economia popular

Publicado


.

Altamira/PA – A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (26/5) a Operação “Plata o plomo”, com o objetivo de desarticular atividade criminosa tipificada como crime contra economia popular, na modalidade de usura pecuniária ou real, que é a cobrança extorsiva de juros, em empréstimos concedidos a pequenos comerciantes.

Foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão em Altamira/PA.

A expressão “Plata o plomo” é uma referência a forma de negociar do narcotraficante, Pablo Escobar, dinheiro ou chumbo.

Comunicação Social da Polícia Federal no Pará

Continue lendo

Polícia Federal

PF investiga homem suspeito de envolvimento disseminação de pornografia infantil

Publicado


.

Araguaína/TO – A Polícia Federal cumpriu nesta terça-feira (26/5) um mandado de busca e apreensão na residência de um indivíduo investigado por compartilhar conteúdo pornográfico envolvendo criança e adolescente por meio de um aplicativo de mensagens. 

A conduta configura crime previsto no artigo 241-A do Estatuto da Criança e Adolescente – ECA. Se condenado, o investigado poderá cumprir pena de até 6 anos de reclusão, além de multa.

A ação da Polícia Federal ocorreu no mês em que se completa 20 anos da promulgação da Lei n° 9.970/2000, que institui o dia 18 de maio como o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

Seguindo todos os protocolos de cuidados do Ministério da Saúde em face à pandemia da Covid-19, a Polícia Federal continua trabalhando para a manutenção da lei e da ordem, preservando o estado democrático de direito.

 

Comunicação Social da Polícia Federal no Tocantins

Contato: (63) 3236-5440

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana