conecte-se conosco


Polícia Federal

PF deflagra a 2ª fase da Operação Purificação

Publicado

Dourados/MS – A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (6/11) a segunda fase da Operação Purificação, em trabalho conjunto com a Controladoria Geral da União, o Ministério Público Federal e o Ministério Público Estadual. A investigação busca apurar desvios de verbas públicas federais na área da saúde, mais especificamente na contratação de serviços de transporte para Secretaria Municipal de Saúde e de serviços de informática para a Fundação de Serviços de Saúde de Dourados/MS – FUNSAUD. Com base na análise dos contratos públicos firmados, constatou-se o desvio de recursos em montante que ultrapassa de R$ 2 milhões.

Estão sendo cumpridos dois mandados de prisão preventiva e oito mandados de busca e apreensão, expedidos pela 1ª Vara Federal de Dourados/MS, no próprio município de Dourados/MS e em Presidente Epitáfio/SP. 

A investigação teve início em setembro de 2018, sendo que no seu curso restaram demonstrados indícios de que uma empresa, que fornecia refeições via contrato público por meio de dispensa de licitação para a Secretaria Municipal de Saúde, seria de propriedade de um ex-secretário de saúde e de outro servidor público municipal.

Leia Também:  Polícia Federal combate descaminho e fraude na venda de vinhos estrangeiros

Também estão sendo investigadas fraudes em certame licitatório, sendo descobertos indícios de direcionamento para contratação de determinada empresa para o serviço de transporte da Secretaria Municipal de Saúde. Outro vértice da investigação trata do direcionamento, em razão de dispensa de licitação, para contratação de empresa de informática para realização de serviços na FUNSAUD de Dourados/MS.

Os dados constantes da investigação apontam até o momento para indícios de desvios de verba pública, prática de crimes tipificados na Lei de Licitações e na Lei de Organização Criminosa.

O nome desta fase da operação faz referência ao trabalho conjunto das diferentes instituições, as quais estão atentas ao desvio de verbas públicas, visando ao bem estar da sociedade.

Será concedida entrevista coletiva, às 10h, na Delegacia de Polícia Federal em Dourados/MS.

 

Contato: (67) 3368-1105
E-mail: [email protected]

Fonte: Polícia Federal
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Polícia Federal

PF deflagra 2ª fase da Operação Ocidente

Publicado

Rio Branco/AC – A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (19/11) a segunda fase da Operação Ocidente, com o objetivo identificar membros de facções criminosas suspeitos de orquestrar diversos atos ilícitos em nome da organização criminosa, inclusive o crime de tortura, em razão de punição aplicada contra um faccionado que havia realizado ações sem aprovação do grupo.

Foram cumpridos sete mandados de prisão preventiva e uma ordem judicial de prisão temporária, além de seis mandados de busca e apreensão, nos municípios de Cruzeiro do Sul e Porto Walter.

Também estão sendo investigados os crimes de homicídios consumados e tentados perpetrados contra integrantes de facções rivais, posse ilegal de armas de fogo, além de condutas relacionadas ao tráfico de drogas e sua logística.

Durante o cumprimento dos mandados na casa de um dos investigados, em Porto Walter, foi encontrada uma pistola de calibre restrito.

 

Comunicação Social da Polícia Federal no Acre

Contato: (68) 3212-1200 / 3212-1211/ 3212-1213
E-mail: [email protected]

Fonte: Polícia Federal
Leia Também:  Operação Hórus apreende mais volumes de cigarros de origem paraguaia
Continue lendo

Polícia Federal

Polícia Federal deflagra operação que investiga esquema de venda de sentenças judiciais

Publicado

Salvador/BA – A Polícia Federal deflagrou, na manhã de hoje (19/11), a Operação FAROESTE com o objetivo de desarticular possível esquema criminoso voltado à venda de decisões judiciais por juízes e desembargadores do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia, além de corrupção ativa e passiva, lavagem de ativos, evasão de divisas, organização criminosa e tráfico influência.
Mais de 200 Policiais Federais, acompanhados de Procuradores da República, cumprem quatro mandados de prisão temporária e 40 mandados de busca e apreensão em gabinetes, fóruns, escritórios de advocacia, empresas e nas residências dos investigados, nas cidades de Salvador, Barreiras, Formosa do Rio Preto e Santa Rita de Cássia, na Bahia, e em Brasília.
Também estão sendo cumpridas determinações de afastamento de quatro desembargadores e dois juízes de Direito de suas funções.
Os mandados foram expedidos pelo Superior Tribunal de Justiça e têm por objetivo localizar e apreender provas complementares dos crimes praticados.

 

Comunicação Social da PF61 2024 8142

Fonte: Polícia Federal
Leia Também:  PF deflagra 3ª fase da Operação Stone
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana