conecte-se conosco


Polícia Federal

PF deflagra 3ª fase da operação Rota BR-090 para investigar esquema de desvios de recursos públicos

Publicado

Belo Horizonte/MG –  A Polícia Federal deflagrou nesta manhã (18/3)  a 3ª Fase da Operação Rota BR 090, denominada de “Zigzag”, em Minas Gerais. O objetivo é desarticular uma organização criminosa, formada por servidores e empresários, que conduz recursos públicos destinados a obras de manutenção rodoviária no Estado de Minas Gerais para regiões onde o esquema de corrupção encontra-se estabelecido e institucionalizado. Os trabalhos são realizados em parceria com a Controladoria Geral da União (CGU) e o Ministério Público Federal (MPF).

A fase “Zigzag” consiste no cumprimento de 13 mandados de busca e apreensão, bloqueio de bens de 10 pessoas físicas e jurídicas, impedimento das empresas envolvidas contratarem com órgãos públicos e afastamento cautelar de quatro servidores do DNIT/MG. O trabalho conta com a participação de 65 policiais federais e 8 auditores da CGU, nos municípios de Belo Horizonte/MG, Prata/MG, Teófilo Otoni/MG, Cássia/MG, Pará de Minas/MG, Uberlândia/MG, Vespasiano/MG e Governador Valadares/MG e em Brasília/DF.

Investigações realizadas pela PF, em parceria com a CGU, apuraram indícios de fraude ao caráter competitivo de processos licitatórios, recebimento de vantagens indevidas, bem como superfaturamento de contratos em unidades do DNIT em Minas Gerais, inclusive na Superintendência Regional. O DNIT/MG, desde 2014, celebrou contratos com as empresas envolvidas no total de R$ 413 milhões.

 Os investigados poderão responder por fraude ao caráter competitivo de procedimentos licitatórios e na execução dos contratos, corrupção ativa, corrupção passiva, peculato e organização criminosa, além das sanções previstas na lei nº 12.846/13 e na lei nº 8.666/93. As penas previstas para estes crimes, somadas, podem alcançar até 40 anos.

 

 

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Minas Gerais

[email protected] | www.pf.gov.br

(31) 3330-5270

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Polícia Federal

PF investiga crime contra a economia popular

Publicado


.

Altamira/PA – A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (26/5) a Operação “Plata o plomo”, com o objetivo de desarticular atividade criminosa tipificada como crime contra economia popular, na modalidade de usura pecuniária ou real, que é a cobrança extorsiva de juros, em empréstimos concedidos a pequenos comerciantes.

Foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão em Altamira/PA.

A expressão “Plata o plomo” é uma referência a forma de negociar do narcotraficante, Pablo Escobar, dinheiro ou chumbo.

Comunicação Social da Polícia Federal no Pará

Continue lendo

Polícia Federal

PF investiga homem suspeito de envolvimento disseminação de pornografia infantil

Publicado


.

Araguaína/TO – A Polícia Federal cumpriu nesta terça-feira (26/5) um mandado de busca e apreensão na residência de um indivíduo investigado por compartilhar conteúdo pornográfico envolvendo criança e adolescente por meio de um aplicativo de mensagens. 

A conduta configura crime previsto no artigo 241-A do Estatuto da Criança e Adolescente – ECA. Se condenado, o investigado poderá cumprir pena de até 6 anos de reclusão, além de multa.

A ação da Polícia Federal ocorreu no mês em que se completa 20 anos da promulgação da Lei n° 9.970/2000, que institui o dia 18 de maio como o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

Seguindo todos os protocolos de cuidados do Ministério da Saúde em face à pandemia da Covid-19, a Polícia Federal continua trabalhando para a manutenção da lei e da ordem, preservando o estado democrático de direito.

 

Comunicação Social da Polícia Federal no Tocantins

Contato: (63) 3236-5440

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana