conecte-se conosco


Polícia Federal

PF combate exploração sexual infantil na internet

Publicado

Belo Horizonte/MG. A Polícia Federal, em uma ação integrada da Superintendência Regional em Minas Gerais com todas as delegacias do estado, deflagrou na desta terça-feira, 31/5, a Operação SAINT NICOLAS II. O objetivo é coibir a prática do delito de exploração sexual infantil na internet. 

Cerca de 80 policiais federais cumpriram um mandado de prisão temporária e 14 mandados de busca e apreensão, expedidos pela 35ª Vara Federal de Belo Horizonte, nas cidades mineiras de Belo Horizonte, Sabará, Uberlândia, Uberaba, Juiz de Fora, Montes Claros, Divinópolis e Ipatinga.

As investigações tiveram início a partir do uso de ferramentas e técnicas investigativas que permitem a coleta de informações na internet e a identificação de usuários que frequentemente compartilham ou comercializam esse tipo de conteúdo na web.

A ação de hoje visa de reprimir o consumo e a disseminação de arquivos de imagem e vídeo, com cenas de abuso sexual infantil, na rede mundial de computadores em todo o Estado de Minas Gerais.

Os presos serão encaminhados para sistema prisional e ficarão à disposição da Justiça. Eles responderão por compartilhar arquivos que contenham cenas de sexo envolvendo criança ou adolescente e armazenar o mesmo tipo de conteúdo. São delitos previstos no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Em caso de condenação, as penas podem chegar a 10 anos de reclusão mais multa.

Comunicação Social – PF/MG

[email protected] | www.pf.gov.br

(31) 3330-5270

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Polícia Federal

Polícia Federal combate pornografia infantil

Publicado

Belo Horizonte/MG. A PF cumpriu, na manhã desta quinta-feira, 7/7, na cidade de Estiva/MG, mandados de prisão e de busca e apreensão expedidos pela 35ª Vara Federal em Belo Horizonte. A operação denominada Ácaro Rajado combate abuso sexual infantojuvenil.

Investigações revelaram que o preso fazia “upload” para servidor em “nuvem” de arquivos com imagens e vídeos de abuso sexual em jovens e crianças. Identificou-se, ainda, a possibilidade de ser o investigado o produtor deste material de abuso sexual, o que aumenta a gravidade do crime.

Durante o cumprimento dos mandados foi encontrado material relacionado ao crime, o que deu ensejo à prisão em flagrante. Foram apreendidos celular, dispositivos eletrônicos e de armazenamento utilizados para a prática do delito.

O preso foi conduzido para a Delegacia de Polícia Federal em Varginha/MG. Ele responderá pelo crime previsto de armazenar conteúdo explícito envolvendo criança e adolescente. Se condenado, poderá cumprir até 4 anos de reclusão.

A investigação prossegue com análise dos materiais apreendidos, com a confirmação da produção pelo próprio investigado de material relacionado ao abuso sexual infantojuvenil e com a busca e identificação de vítimas. Ele será encaminhado ao presídio, onde permanecerá à disposição da Justiça Federal.

Comunicação Social

Superintendência da Polícia Federal em Minas Gerais

[email protected]

www.pf.gov.br

(31) 3330-5270

Fonte: Polícia Federal

Continue lendo

Polícia Federal

Polícia Federal e Polícia Militar realizam operação contra tráfico de drogas

Publicado

Guarapuava/PR. Na manhã desta quinta-feira (7/7), a Polícia Federal, com o apoio do 16° Batalhão da Polícia Militar, deflagrou a Operação Naruto, dando cumprimento a dois mandados de prisão temporária e cinco mandados de busca e apreensão nos municípios de Santa Maria do Oeste/PR e em Guarapuava/PR.

Os mandados foram expedidos pela Vara Criminal da Justiça Estadual de Pitanga/PR, tendo como objetivo a coleta de novas provas dos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico contra os investigados e apurar a participação de outros envolvidos.

A investigação, que durou cerca de um ano, revelou que esse grupo criminoso era especializado na venda de diversos tipos de drogas ilícitas a um número bastante significativo de usuários, muitos dos quais menores.

*A operação teve essa denominação em alusão ao perfil em rede social do principal investigado ser uma figura do personagem fictício Naruto Uzumaki, da franquia de mangá e anime Naruto, criada por Masashi Kishimoto.

Delegacia da Polícia Federal em Guarapuava

(42) 3035-8701

Fonte: Polícia Federal

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana