conecte-se conosco


Polícia Federal

PF combate disseminação de pornografia infantojuvenil

Publicado

Campo Grande/MS – A Polícia Federal cumpriu nesta quarta-feira (30/10) um mandado de busca e apreensão e um mandado de prisão preventiva, expedidos pela 5ª Vara Federal de Campo Grande/MS, no âmbito da Operação Aliquid. A ação tem por finalidade apurar a produção e divulgação na rede mundial de computadores de material pornográfico infanto-juvenil por parte do investigado.

O trabalho investigativo teve início em setembro de 2019, a partir de informes repassados pela National Center for Missing & Exploited Children – NCMED à Unidade de Repressão aos Crimes de Ódio e à Pornografia Infantil na Internet da Polícia Federal – URCOP, dando conta que um indivíduo residente em Campo Grande/MSm teria produzido material pornográfico com uma criança de seis anos. A vítima seria parente do investigado e o material transmitido pela internet, condutas estas que caracterizam os crimes previstos nos artigos 240, 241-A e 241-B do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Realizaram-se exaustivas investigações e, no decorrer do cumprimento do mandado de busca e apreensão, foram apreendidos materiais que apontam para o efetivo cometimento dos crimes investigados, inclusive com a prisão em flagrante delito do investigado pelo crime de armazenamento de material pornográfico infantojuvenil, previsto no artigo 241-B do ECA. O material apreendido será utilizado para a identificação de novas vítimas.

O detido foi conduzido para a Superintendência da Polícia Federal em Campo Grande/MS e estará à disposição da Justiça. Se condenado, poderá ter penas que podem alcançar 18 anos de prisão.

O nome da operação significa a palavra “parente” em latim e faz referência ao eventual grau de parentesco entre o investigado e sua vítima. Sempre é importante lembrar que o indivíduo que comete tais delitos não tem perfil e as famílias devem estar atentas a quaisquer mudanças de comportamento das crianças e adolescentes e procurar ajuda.

 

Contato: (67) 3368-1105
E-mail: [email protected]

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Polícia Federal

PF combate usurpação clandestina de manganês no Pará

Publicado


.

Marabá/PA  – A Polícia Federal cumpriu no sábado (4/7) mandado judicial de busca e apreensão no Porto de Vila do Conde, em Barcarena. A ação ocorreu dentro do contexto da Operação Verde Brasil 2, dando continuidade à Operação Mn25, deflagrada no dia 23/6, com o objetivo de desarticular grupo criminoso responsável pela usurpação clandestina de manganês, com fim de exportação, no Estado do Pará.

Foram apreendidas 8 mil toneladas de minério manganês. Parte da carga se encontrava no porto esperando ser carregada no navio que já estava aguardando atracado e pronto para exportação. Estima-se que o valor dessa apreensão possa chegar a mais de R$ 8 milhões.  

As investigações tiveram início no ano de 2018, após a deflagração da Operação Migrador, destinada ao mesmo fim e com cumprimento de 111 mandados judiciais. Com a análise dos documentos e informações coletadas, além de diversas ações investigativas realizadas, constatou-se que existe na região uma verdadeira ação articulada de pessoas e empresas para extração, beneficiamento, transporte e exportação de minério, através da falsificação de documentos públicos e fiscais, com o intuito de dar aparência de licitude a atividade criminosa.

As diligências apontam que um grupo de empresas e pessoas físicas vem de forma reiterada usurpando minério de manganês extraído, sem autorização dos órgãos competentes, sendo destinados majoritariamente à exportação, tendo seu escoamento feito pelo porto de Vila do Conde, em Barcarena/PA.

Os investigados irão responder pelo crime previsto no artigo 2º, §1° da lei n° 8176/91, com pena prevista de até 5 anos de detenção, além do artigo 55 da lei de crimes ambientais ( lei n° 9.605), com pena de detenção de até 1 ano, e parágrafo 1° do art. 180 do Código Penal, com pena de reclusão de até 8 anos.

Continue lendo

Polícia Federal

PF, em ação conjunta, apreende caminhão carregado com cigarros contrabandeados

Publicado


.

Guaíra/PR – Na madrugada deste domingo, dia 5/7, mais uma grande apreensão foi realizada por equipes que participam da OPERAÇÃO HÓRUS, integrada pela POLÍCIA FEDERAL, COE/BOPE e COBRA/BPFRON da PMPR, TIGRE/PCPR, BOPE/PMMS, FORÇA NACIONAL e pelo EXÉRCITO BRASILEIRO, com apoio da SEOPI – Secretaria de Operações Integradas/MJSP.

Durante patrulhamento de rotina na zona rural de Guaíra/PR, policiais desta integração visualizaram movimentação suspeita em propriedade rural da região e resolveram realizar aproximação para fiscalização. A equipe policial começou um acompanhamento tático do caminhão, mas os criminosos fugiram em meio a plantação de milho, não sendo localizados.

Foi apreendido um caminhão graneleiro carregado com aproximadamente 300 caixas de cigarros contrabandeados do Paraguai.

Os materiais apreendidos foram encaminhados à Delegacia de Polícia Federal de Guaíra, para os procedimentos de praxe.

 

Comunicação Social da Polícia Federal de Guaíra/PR
Disque denúncia: (44) 3642-9131

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana