conecte-se conosco


Polícia Federal

PF combate desvio de recursos públicos da União

Publicado

Maceió/AL – A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (10/9) a Operação Casmurros, em conjunto a Controladoria Geral da União em Alagoas e Ministério Público Federal, com o objetivo de apurar desvios de recursos públicos do Programa Nacional de Apoio ao Transporte do Escolar – PNATE e do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação Básica – FUNDEB, na Secretaria Estadual de Educação – SEDUC. A ação ocorre nas cidades de Maceió, Arapiraca, Boca da Mata, Rio Largo e São Miguel dos Campos.

Cerca de 114 policiais federais e 11 auditores da Controladoria Geral da União cumprem 26 mandados de busca e apreensão, 15 mandados de prisão temporária, bem como de afastamento temporário do cargo ou função pública de 7 servidores da Secretaria Estadual de Educação e da AMGESP, expedidos pelo Juízo da 13. ° Vara Federal do Estado de Alagoas.

De acordo com as investigações, que tiveram início em abril de 2019, após fiscalização da Controladoria Geral da União, a organização criminosa, mediante fraudes licitatórias, lograram contratos com a Secretaria de Educação do Estado de Alagoas para execução do Serviço de Transporte Escolar da rede Pública Estadual.

Os processos administrativos que antecederam contratos celebrados com as empresas que se revezaram, entre os ano de 2017 e 2019, apresentam indícios de dispensa indevida de licitação, direcionamento da contratação, fraude e manipulação processual, sobrepreço, subcontratação irregular, pagamentos sem cobertura contratual e pagamentos sem documento hábil para liquidação e fraudes com superfaturamento na execução dos contratos, causando prejuízo estimado aos cofres públicos de mais de R$ 8 milhões, podendo superar a R$ 21 milhões.

A participação de servidores públicos, por ação ou omissão, era condição necessária para o sucesso do esquema criminoso e se materializava na inobservância de requisitos exigidos para contratação das empresas, ausência de fiscalizações adequadas das execuções de contratos e até mesmo mediante falsidades ideológicas em atestos e/ou declarações inseridas em processos de pagamento e de dispensa emergencial de licitação.

Nome da operação: O adjetivo CASMURRO, embora nos remeta imediatamente ao apelido do personagem BENTINHO da Obra de Machado de Assis, qualifica o sujeito teimoso, obcecado, turrão etc. mesmas característica observadas em alguns dos servidores públicos envolvidos, que, a despeito de pareceres contrários da Procuradoria Geral do Estado para contratação das empresas investigadas, resistiam e insistiam em busca de brechas no processo administrativo que permitissem a contratação.

Será concedida entrevista coletiva, às 10h, no auditório da Superintendência Regional da Polícia Federal em Alagoas.

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia Federal

PF prende uma pessoa por compartilhamento de pornografia infantil

Publicado


Maringá/PR – A Polícia Federal cumpriu na tarde desta sexta-feira (15/10) um mandado de busca e apreensão, expedido em inquérito que tinha por objetivo investigar o compartilhamento de arquivos de pornografia infantil na internet.

Durante o cumprimento do mandado, foi realizada a prisão em flagrante de um indivíduo de 44 anos de idade, morador da cidade Maringá/PR, por posse e compartilhamento de pornografia infantil. Em verificação preliminar, foi constatado que ele armazenava mais de 7500 de arquivos de imagens e vídeos relacionados à exploração sexual de crianças e adolescentes.

Os materiais apreendidos serão submetidos a perícia técnica, a fim de que a investigação tenha continuidade em busca de informações que possam indicar o envolvimento do preso com a prática de outros crimes.

O indivíduo foi preso em flagrante pelos crimes de posse e armazenamento de arquivos de pornografia infantil, condutas tipificadas nos art. 241-A e 241-B do Estatuto da Criança e Adolescente.

Comunicação Social da Polícia Federal em Maringá/PR

Contato: (44) 3220-1436

Continue lendo

Polícia Federal

PF recaptura fugitivo investigado na Operação Grande Família, no Piauí

Publicado


Teresina/PI – A Polícia Federal deflagrou nesta tarde (15/10) a Operação Desgarrado, com o fim de recapturar um condenado da Justiça que fugiu da Casa de Custódia de Teresina no dia 02 de abril de 2021.

O fugitivo foi condenado pelos crimes de estelionato qualificado e organização criminosa, em ação penal que tramitou na 1ª Vara Federal de Teresina, decorrente das investigações realizadas na Operação Grande Família, deflagrada no dia 15 de maio de 2019.

Foram cumpridos dois mandados judiciais expedidos pelo Juízo da 1ª Vara Federal de Teresina/PI, sendo um mandado de prisão preventiva e um mandado de busca e apreensão em residência localizada em São Luís/MA.

O foragido foi preso e durante as buscas foram apreendidos dois aparelhos celulares utilizados por ele. O preso será interrogado e posteriormente será recolhido ao Sistema Prisional para cumprimento de sua pena, onde permanecerá à disposição da Justiça Federal.

Comunicação Social da Polícia Federal no Piauí

Contato: (86) 2106-4937/99451-8529

E-mail: [email protected]

***O nome da Operação Desgarrado decorre do fato de o preso já ter realizado outras fugas do Sistema Penal.

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana