conecte-se conosco


Polícia Federal

PF apura possível desvio de cota parlamentar no Amapá

Publicado


Macapá/AP – A Polícia Federal deflagrou na manhã deste sábado (26/11) a Operação En Passant*, para cumprimento de 15 mandados de busca e apreensão, em investigação que apura desvio de cota parlamentar de deputado da Assembleia Legislativa do Amapá – ALAP.

Cerca de 40 policiais federais cumpriram as medidas cautelares expedidas pelo Tribunal de Justiça do Amapá – TJAP, e resultaram na ação que ocorre no município de Macapá, em residências e empresas dos investigados.

A Investigação é um desdobramento da Operação Terça Parte, deflagrada em 14/05/2021, que apurava suposto esquema criminoso comandado por um deputado estadual, envolvido em indícios de prática de crimes de corrupção eleitoral, peculato, falsidade ideológica, lavagem de capitais e organização criminosa, por meio da nomeação de funcionários fantasmas e retenção de parte da remuneração de assessores (rachadinha).

Com a avanço das investigações, a PF identificou indícios de um esquema de desvio de valores, que ocorrem pelo menos desde 2019, por parte do deputado, que deveriam custear despesas típicas do exercício do mandado parlamentar (CEAP).

No esquema criminoso, o parlamentar solicitava o ressarcimento desta verba, em proveito próprio, de gastos inexistentes e contava com a participação de diversas pessoas físicas e empresas que emitiam notas fiscais frias em troca de parte do valor.

Apurou-se ainda, que um dos principais articuladores para funcionamento do esquema, seria uma funcionária do gabinete do parlamentar, que já havia sido afastada judicialmente pelo TRE/AP, na deflagração da Operação Terça Parte, por indícios de participação na rachadinha. Uma das empresas que emitiam as notas fiscais ideologicamente falsas, em troca de comissão, era do marido dela.

Os investigados utilizavam empresas de locação de veículo e embarcação, escritório de contabilidade e advocacia e serviço de comunicação social (mídia), com a emissão das notas frias, para justificar os gastos inexistentes.

A PF estima que pelo menos R$ 360 mil por ano foram desviados com as ações (R$ 30 mil por mês), totalizando o valor aproximado de R$ 1 milhão, tendo em vista os indícios de que a fraude ocorre desde o ano de 2019.

O TJAP impôs ainda, o afastamento do deputado do mandato. Inicialmente, os envolvidos podem responder pelos crimes de associação criminosa, peculato, falsidade ideológica e duplicata simulada. As penas somadas podem chegar a 22 anos de reclusão e pagamento de multa.

En Passant*: En Passant é uma jogada do xadrez na qual uma peça tira proveito de um avanço inesperado do fluxo da peça adversária, enganando o movimento natural dela e capturando-a. No caso da investigação, o principal investigado engana o fluxo financeiro da cota parlamentar, mediante emissão de notas fiscais frias, desviando os recursos em proveito próprio e alheio.

Comunicação Social da Polícia Federal no Amapá
[email protected]
(96) 3213.7500

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia Federal

Em ação integrada, BPFRON e Polícia Federal apreendem veículos com cigarros contrabandeados do Paraguai

Publicado


Guaíra/PR – Na noite de segunda feira (24/1), na zona rural de Terra Roxa, policiais federais, em ação conjunta com policiais militares do BPFron, localizaram, em estado de abandono em meio uma plantação de soja, um veículo carregado com cigarros de origem estrangeira.  

Após consultas em sistemas policiais, foi constatado que o automóvel utilizado pelos contrabandistas possuía alerta de roubo. Foram realizadas buscas pela região, porém o responsável pelo veículo não foi localizado.

Já, na madrugada de segunda para terça-feira (25/1), após uma denúncia de que havia um depósito de mercadorias ilícitas na região de Altônia/PR, uma equipe policial se deslocou até a região e logrou êxito em localizar um comboio de carros suspeitos em alta velocidade em uma estrada rural. Após acompanhamento tático dos veículos a equipe logrou êxito em apreender um veículo carregado de contrabando.

O veículo e os materiais apreendidos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Federal em Guaíra/PR para as diligências de praxe.

Fazem parte do Programa V.I.G.I.A. nessa operação interagências equipes do BPFRON e demais Unidades da PMPR, Polícia Federal, PCPR, RECEITA FEDERAL e EXÉRCITO BRASILEIRO, com apoio da SEOPI – Secretaria de Operações Integradas/MJSP.

As ações integradas dos órgãos de segurança pública federais e estaduais também fazem parte do PPIF – Programa de Proteção Integrada de Fronteiras, coordenado pelo GSI – PR que busca integrar e articular ações de segurança pública, inteligência, controle aduaneiro e das Forças Armadas com as ações dos estados e municípios situados na faixa de fronteira e divisas, incluídas suas águas interiores e costa marítima.

Comunicação Social da Polícia Federal em Guaíra/PR

Contato: (44) 3642-9131

Continue lendo

Polícia Federal

Polícia Federal cumpre mandado de prisão contra um cidadão boliviano foragido da Justiça boliviana

Publicado


Campo Grande/MS – Na manhã desta terça-feira (25/1/), após recebimento de mandado judicial expedido pelo Ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, policiais federais efetuaram a prisão de cidadão de nacionalidade boliviana.

O cidadão boliviano e seu irmão são suspeitos de liderarem grupo que criou dados fantasmas na Prefeitura de Santa Cruz de La Sierra, com vistas a auferir ganhos ilícitos. Inclusive, o irmão já havia sido preso no Panamá, em dezembro do ano passado, após divulgação de alerta vermelho pela Interpol.

A prisão do foragido foi possível graças à troca de informações entre os policiais federais de Corumbá, a Adidância da PF na Bolívia, o escritório central da Interpol em Brasília e do Centro de Cooperação Internacional localizado na Polícia Federal no Rio de Janeiro.

Ele aguardará preso enquanto o pedido de extradição pelo governo boliviano é avaliado pela justiça brasileira.

Comunicação Social da Polícia Federal de Mato Grosso do Sul

Contato: (67) 3368-1105

[email protected] / www.pf.gov.br

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana